Top 5: Nirvana

Hey pessoas!! Como vão??

 

Se existem duas datas no calendário de qualquer fã do bom e velho rock’n’roll que sempre significarão alguma coisa, independente do ano, são 20 de fevereiro e 05 de abril.

Isso porque, em 20 de fevereiro de 1967, nascia na cidade de Alberdeen em Washington o cara que revolucionaria a cena do punk rock mundial e se tornaria uma das maiores lendas do rock: Kurt Donald Cobain. E apenas 27 anos depois, em 05 de abril de 1994, esse mesmo cara daria fim à própria vida, deixando uma carta de suicídio onde dizia que “era melhor queimar de uma vez, do que ir se apagando aos poucos”, algo sobre morrer no auge em vez de arriscar cair no esquecimento…

Quando o Nirvana estava no auge eu ainda era um bebê e só fui conhecer sua obra uns 15 anos depois. Não vou mentir e dizer que é a minha banda favorita (eu prefiro Foo Fighters e Red Hot), mas é impossível para mim gostar de rock e ignorar tudo o que o Nirvana significa. Acho que, se existisse uma escola que ensinasse como ser um roqueiro de verdade, haveria uma matéria toda dedicada ao impacto que o Nirvana teve no mundo da música e uma outra inteiramente dedicada a tentar entender como funcionava a cabeça perturbada e genial de Kurt Cobain.

E como eu sou uma pessoa mais propensa a comemorar nascimentos, fica para hoje, dia em que Kurt comemoraria 50 anos de vida, o Top 5 inteiramente dedicado à maior banda do movimento punk/grunge de todos os tempos.

Senhoras e senhores, com vocês, as minhas cinco músicas favoritas do Nirvana!

 

5. Lithium

 

4. Sliver

 

3. Pennyroyal Tea

 

2. Smells Like Teen Spirit

Porque hino é hino…

 

1. Come As You Are

Mais conhecida como uma das poucas músicas que eu sei tocar no violão…

 

Pronto! Essas são minhas cinco músicas favoritas do Nirvana! Lembrando que esta lista é totalmente baseada no meu gosto pessoal e não tem nada de técnico ou profissional, beleza? É tudo na base do ouvido mesmo…

Agora me contem, vocês curtem Nirvana? Qual sua música favorita e por quê? Deixem nos comentários!

kurtgif

Por hoje é isso e keep exploring!

assinaturajubs

Top 5: Músicas Emocionantes

Hey pessoas!! Como vão??

 

O Top 5 da semana passada trouxe músicas carregadas de mensagens de força e perseverança e nada melhor do que isso para a gente conseguir prosseguir nesse restinho de 2016, né?

Bom, eu acredito muito que o dever da música seja esse. Nos entreter, nos divertir mas também nos fazer refletir e nos emocionar. E, de vez em quando, a gente tem que deixar um pouco a força de lado e permitir que a emoção tome conta…

Acho que quando a pressão do dia a dia é demais, a gente precisa descarregar as emoções para poder aliviar e ficar pronto pra outra! Vai, confessa. Você já se sentiu mais leve depois de extravasar suas emoções com uma boa chorada? Eu já! E tem umas músicas, meus amigos, que me emocionam e me fazem chorar igual um bebê, hahahah!

Então, para aqueles momentos em que você precisar descarregar, pegue seus lencinhos e confere esse Top 5 de hoje…
1. Creed – With Arms Wide Open

Desde a minha adolescência, quando essa música fazia parte da trilha sonora da Malhação, eu sempre a achei muito forte. Depois fui ver a letra e descobri que ela foi escrita pelo Scott, vocalista da banda, quando ele descobriu que iria ser pai e aí ela passou a me emocionar muito mais…

Letra e tradução

 

2. Christina Aguilera – The Voice Wittin

Nesse caso aqui, o que me emociona é a interpretação da Christina nessa música tão forte, que fala sobre confiar na intuição em momentos de fraqueza…

Letra e tradução

 

3. Emicida – Crisântemo

Eu sempre falo que o Emicida arrasa nas letras, né? Então não tinha como ser diferente ao falar de seu falecido pai e de como ele era ausente, mesmo quando estava presente. Ouçam até o final, porque as palavras da Dona Jacira, mãe do Emicida, no final são de cortar até coração de pedra…

Letra

 

4. Adele – Someone Like You

Aoooow, sofrência!!! Hahahah… Quem nunca ouviu essa música no repeat para tenta curar um coração partido ou postou a letra no Face pra mandar aquela indireta pro ex?

Letra e tradução

 

5. Evanescence – My Immortal

Vai dizer que na adolescência você não chorou nem uma vezinha ao som da voz de Amy Lee??

Letra e tradução

 

Nossa, não vou mentir, rolaram umas lagriminhas básicas aqui para escrever este post, hahaha… Mas as lágrimas fazem parte da vida tanto quanto os sorrisos, né?

Agora me digam, quais músicas fazem vocês chorarem feito bebezinhos? Vamos compartilhar essa sofrência, meu povo!

 

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas

Top 5: Motivação

Hey pessoas!! Como vão??

 

Vou ser bem sincera com vocês: os últimos dias não têm sido nada fáceis…

Não bastasse a minha criatividade resolver ir dar um rolê sei lá onde, me deixando sem ideias há dias, eu fiquei extremamente sensibilizada com toda a tragédia que aconteceu em Chapecó e isso também tirou um pouco da minha vontade de escrever…

Mas, em um desses dias de letargia que me ocorreram semana passada, eu comecei a lembrar de uma parte da letra da música “Foco, Força e Fé” do Projota que diz “o sofá é um péssimo vício, vai te acomodar, eu prefiro um precipício pra me ensinar a voar” e isso me fez levantar do sofá, trocar de roupa e ir à academia onde eu tive a ideia de fazer o Top 5 de hoje, só com músicas cujas letras têm o poder de nos motivar.

Então, chega de moleza e tristeza! Que tal entrarmos no último mês desse ano que já deu o que tinha que dar com motivação e força para seguirmos até o fim?

 

1. Projota – Foco, Força e Fé

Claro que não podia faltar a música que inspirou esta playlist…

Melhor trecho: “A vida é sacrificio, fechar os olhos e se entregar
No ínicio é díficil, mas vai se acostumar
O sofá é um péssimo vício, vai te acomodar
Eu prefiro um precipício pra me ensinar a voar”

 

2. Karol Conká – É O Poder

Melhor trecho: “Se não tá no meu lugar então não fale meu
Se for fazer pela metade não vale
Eu vivo com doses de só Deus que sabe
O resto ninguém sabe
Quebro tudo pra que todos se calem
Quem vem? Só quem tem coragem vai
Já falei que quem nasceu pra ser do topo nunca cai”

 

3. Beyoncé – Formation

Melhor trecho: “Eu vejo, eu quero

Dou meu máximo, sou negra

Eu sonho, eu trabalho duro

Eu me esforço até conseguir”

4. Gabriel, O Pensador – Fé na Luta

Melhor trecho: “Escuta o conselho
Entra com foco no ringue
Não perde o suingue, protege a cabeça
Guarda o que é bom no seu peito
E o que for ruim ou suspeito, esqueça
Pensa no tempo, não esquece do tempo
Não há tesouro maior”

 

5. Destiny’s Child – Survivor

Melhor trecho: “Eu sou uma sobrevivente

Eu não vou desistir
Eu não vou parar
Eu vou trabalhar mais duro
Eu sou um sobrevivente 
Eu vou chegar lá
Eu vou sobreviver 
Continuo sobrevivendo”

 

Pronto, exploradores! Agora, devidamente energizados e motivados, acho que conseguimos chegar até o final desse ano surpreendente com um pouco mais de força, né??

E aí, qual a música que te ajuda a ter motivação para vencer os desafios? Conta pra mim nos comentários!

 

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas

Top 5: Consciência Negra

Hey pessoas!! Como vão??

 

Estavam com saudades das nossas playlists?

Pois então, dando continuidade à nossa Semana da Consciência Negra aqui no L’Explorateur, hoje vamos de Top 5 com músicas que falam tanto sobre racismo quanto sobre empoderamento negro.

Nessas músicas vocês vão encontrar letras que falem tanto sobre os percalços presentes na vida dos negros, quanto do orgulho que nós sentimos da nossa cor, nossa cultura e da herança de nossos antepassados…

Se preparem porque vai ser surra de negritude! ❤

 

1. Beyoncé – Formation

Vamos começar com tiro? Aqui a Queen Bey grita aos quatro ventos o orgulho que tem de sua raça e suas origens.

Melhor trecho: “Eu gosto do cabelo da minha filha, com o cabelo de bebê e afro
Eu gosto do meu nariz de negro como manda o Jackson Five”

 

2. Sandra de Sá – Olhos Coloridos

Nesse clássico da música negra brasileira, Sandra de Sá fala sobre o amor que tem por suas características, como o cabelo afro.

Melhor trecho: “A verdade é que você
Tem sangue crioulo
Tem cabelo duro
Sarará crioulo…”

 

3. Jorge Aragão – Identidade

Essa música marcou muito minha infância. Quando ela foi lançada eu tinha apenas 9 anos e foi a primeira vez que eu prestei atenção em uma letra e entendi a mensagem…

Melhor trecho: “Quem cede a vez não quer vitória
Somos herança da memória
Temos a cor da noite
Filhos de todo açoite
Fato real de nossa história”

 

4. Emicida – Boa Esperança

Várias verdades jogadas na cara da sociedade nessa música. Aqui você vai ouvir sobre como o racismo ainda está presente na sociedade moderna e sobre as humilhações sofridas pelos negros em seu dia a dia.

Melhor trecho: “Por mais que você corra, irmão
Pra sua guerra vão nem se lixar
Esse é o xis da questão
Já viu eles chorar pela cor do orixá?
E os camburão o que são?
Negreiros a retraficar
Favela ainda é senzala, Jão
Bomba-relógio prestes a estourar”

 

5. Racionais MC’s – Racistas Otários

Nesse clássico dos Racionais, a mensagem é clara: racistas otários, nos deixem em paz!

Melhor trecho: “Os poderosos são covardes desleais
Espancam negros nas ruas por motivos banais
E nossos ancestrais
Por igualdade lutaram
Se rebelaram morreram
E hoje o que fazemos
Assistimos a tudo de braços cruzados
Até parece que nem somos nós os prejudicados
Enquanto você sossegado foge da questão
Eles circulam na rua com uma descrição
Que é parecida com a sua
Cabelo cor e feição
Será que eles veem em nós um marginal padrão?

 

E aí, exploradores, concordam com as músicas? Lembram de mais alguma que fale sobre o assunto? Deixem comentários para que a gente possa conversar mais sobre isso ao longo dessa semana, beleza?

Amanhã tem mais Semana da Consciência Negra!

 

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas

Top 5: Caveiras

Hey pessoas!! Como vão??

 

Seguindo a onda da semana passada de falar de Halloween sem falar propriamente de Halloween, que tal umas caveirinhas para deixar seu Dia das Bruxas um pouco mais interessante?

Confesso que até que gosto de caveiras. Daquelas bonitas, estampadas em camisetas e bolsas, sabe? Mas, você sabe qual o significado delas?

Bom, não duvido nada que você associe o símbolo da caveira a coisas ruins, tipo perigo ou morte, mas sabia que elas também podem significar coisas boas?

O símbolo da caveira pode significar renovação, força e o melhor de tudo: significa que por dentro somos todos iguais, independente de raça, sexo, idade ou religião. Maneiro, né? Então, com isso em mente, bora curtir umas musiquinhas legais com caveiras no clipe?

 

1. Lady Gaga – Born This Way

Parece que Gaga captou bem o significado das caveiras…

 

2. Daft Punk – Around the World

Repare bem que cada grupo de personagens do clipe dança no ritmo de um instrumento… Legal, né?

 

3. The Killers – Bones

Tem como não amar um clipe dirigido pelo Tim Burton? E essa música?? ❤ ❤ ❤

 

4. Michael Jackson – Ghosts

Essa coreografia ❤

 

5. Marilyn Manson – This is Halloween

Tem como falar de Halloween e não lembrar da caveira mais querida do rolê? Junte-se a Jack Skellington e toda turma da cidade do Halloween para cantar o hino oficial do Dia das Bruxas!

 

E aí, arrepiados?? Pois, deixem a bad vibe de lado e aproveitem esse Dia das Bruxas para brincar e se divertir!! É como diria um bruxo muito sábio chamado Alvo Dumbledore: “não tenha medo dos mortos. Tenha medo dos vivos e, principalmente, dos que vivem sem amor”!

 

Por hoje é isso e Happy Halloween!

Assinaturas

Top 5: Divas para inspirar sua fantasia de Halloween

Hey pessoas!! Como vão??

 

Tava aqui pensando que diacho eu poderia postar nessa semana que antecede o Halloween que não fosse um “Top 5 Halloween” porque este post já existe (para relembrar clique aqui)…

Depois de pensar e pensar, eu resolvi me inspirar em um post que foi ao ar no começo desse ano, onde a gente viu cinco clipes musicais que poderiam nos dar inspiração para nossas fantasias de Carnaval, lembram?

Pois é… Recriar o post mudando apenas os clipes e a data comemorativa seria muito fácil para mim, então, como na hora em que eu estava pensando no post de hoje, eu estava vendo um clipe da Adele, comecei a pensar: e se alguém quiser se fantasiar como a diva pop que mais o representa?

Bam! Just like that, temos o Top 5 de hoje com os clipes de cinco divas da música pop para inspirar sua fantasia de Halloween! 😉

 

1. Adele – Rolling in the Deep

Vestido preto, coque alto, delineado gatinho e pronto!

 

2. Beyoncé – Single Ladies

Se você se garante o suficiente, pode trazer 2009 de volta botando um maiô preto, um saltão e dizendo que é a Queen Bey em Single Ladies…

 

3. Katy Perry – Last Friday Night (T.G.I.F.)

Macacão jeans, blusa rosa, óculos fundo de garrafa e, se você estiver muito a fim de investir, um aparelho falso feito de arame. Pronto, você é Katy Perry em Last Friday Night!

 

4. Taylor Swift – Shake it Off

Taylor dá tantas ideias aqui que tudo o que você tem que fazer é escolher uma…

 

5. Lady Gaga – A-Yo

Você está a uma jaqueta brilhante e um chapéu rosa de distância de representar a nova fase da Lady Gaga no Halloween desse ano! E aí, vai encarar?

 

Pronto, estão vendo só?? Se algum de vocês aí foi convidado para uma festa à fantasia e não faz ideia do que vestir, que tal tirar a inspiração de um clipe? Assim fica fácil, né?

Alguém aí arriscaria uma das cinco indicações ou iria como alguma outra diva?

 

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas

 

 

 

Barulho: Uma infância em músicas

Hey pessoas!! Como vão??

 

Que tal darmos uma pausa nos últimos lançamentos do mundo da música e voltarmos umas décadas atrás para eu poder contar para vocês sobre as músicas que mais marcaram minha infância?

Pois é, hoje, no dia das crianças, eu resolvi compartilhar com vocês um pouco de tudo o que eu cresci ouvindo e que acabou formando o meu gosto musical, do qual eu tenho bastante orgulho, hehehe…

Então, comecemos lá no início dos anos noventa, quando eu ainda não tinha autonomia para ouvir o que eu quisesse e ainda nem sabia do que gostava. Sempre que eu ouvia música, era porque meus pais estavam ouvindo. E se hoje em dia eu não consigo passar um dia sem ligar o som aqui de casa, é porque eles me ensinaram assim…

Bom, meus pais curtem samba e foi isso que eu cresci ouvindo. Hoje em dia eu prefiro outros ritmos, mas aqueles churrascos de domingo em família, onde o samba rolava solto, fizeram com que eu admirasse e respeitasse muito alguns nomes como Jorge Aragão, Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Martinho da Vila e Fundo de Quintal…

Nos tais almoços de domingo, também rolava um pouco do bom e velho Samba Rock regado a histórias sobre a juventude dos meus pais…

Mas não era só isso, não! Meus pais tinham muitos discos de vinil e nós tínhamos um aparelho de rádio onde eles colocavam alguns desses Lp’s pra tocar. Nesses momentos, rolava o som de grandes nomes do MPB e da música soul brasileira…

E é claro que tinham alguns nomes internacionais…

Meu irmão chegou na adolescência e começou a ouvir coisas diferentes também. Foi com ele que eu aprendi a ouvir rap e black…

Um tempo depois, eu comecei a assistir à MTV e com ela descobri que minha formação era sambista, mas minha alma era roqueira… O ano era 1999 e eu conheci o Red Hot Chili Peppers…

Mais ou menos nessa época, eu conheci e perdi minha musa Cássia Eller…

Mais tarde, em 2002, um colega de sala estava se desfazendo de alguns cds e acabou de dando um bem interessante, de uma banda brasileira que tinha um som que mesclava rock, reggae e rap… E assim eu conheci o Charlie Brown Jr…

E foi a porta de entrada para minha fase roqueira! Veio a adolescência e com ela nomes como Foo Fighters, Linkin Park, Evanescence. Aliás, “Numb” foi a primeira letra de música em inglês que eu decorei…

Mas meu lado “black” nunca ficou esquecido… Em meados de 2003, uma certa estrela começava a entrar em ascensão e eu mal sabia o quanto ela viria a significar pra mim…

Teve até uma fase em que eu fiz aulas de break dance…

Cerca de 3 anos mais tarde, vieram Pitty, Nx Zero, Forfun, Strike, Fresno e uma adolescência regada a festivais de rock!

 

E o resto é história…

Hoje em dia eu ouço um pouco de tudo isso e muito mais. Todo esse meus passado musical é o motivo pelo qual hoje você encontra de Foo Fighters à Beyoncé, de System of a Down à Jorge Vercilo nas minhas playlists e isso é um orgulho que eu carrego e é grande responsável por quem eu sou hoje, afinal, a música foi o jeito que a gente encontrou de falar quando faltam palavras…

Agora digam aí, o que vocês ouviam quando eram crianças?

 

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas

bannerpostagemcoletiva