Feel Good: GORDURA X PESO

Oi gente! Tudo bem??

 

Antes de mais nada: FELIZ 2017!!!! Sim, eu sei que está mega atrasado, mas antes tarde do que nunca, né?? E como não estamos com tempo a perder, vamos logo ao que interessa?

Você se alimenta corretamente, treina pra caramba e mesmo assim os ponteiros da balança parecem não baixar nunca?

É desesperador: você se consulta com a nutricionista, se matricula na academia, começa a fazer musculação, dá o seu máximo no treino aeróbico e, quando encara a balança… Surpresa! Seu peso continua o mesmo, ou até aumentou!?

Calma, respira, não se desespere! Antes que você pense em desistir de uma vida ativa e saudável, entenda como o seu corpo funciona em relação ao peso.

Sua massa corporal (seu peso) é composta por ossos, músculos, gordura e outras partes vitais. E por isso, a balança não é a melhor forma de avaliar seu progresso, já que ela não identifica quanto você possui de massa gorda (gordura) e massa magra (livre de gordura e constituída por músculos, água e ossos).

Se as roupas estão cada vez mais largas, você se enxerga mais fino, as pessoas comentam que você emagreceu, mas o seu peso permanece igual ou está subindo, não se preocupe. A resposta do seu corpo ao seu novo estilo de vida não poderia ser melhor e provavelmente o seu peso não baixa porque você está ganhando massa magra, o que é sinônimo de beleza e saúde.

cintura

Mas talvez, você ainda não tenha entendido como é possível emagrecer e reduzir medidas sem que o peso na balança diminua. A explicação é simples: 1kg de chumbo é mais pesado que 1kg de penas? Não! Um quilo é sempre um quilo, seja ele composto de chumbo ou de penas. E isso também acontece com o músculo e a gordura. A diferença é que o músculo é mais compacto, e isso significa que a massa magra ocupa menos espaço no corpo do que a massa gorda. Está aí a explicação de como é possível reduzir medidas e manter ou aumentar o peso.

Meu conselho? Tire o foco da balança e procure um profissional habilitado para avaliar sua composição corporal utilizando aparelhos, como adipômetro e fita métrica. Afinal, adequar medidas é mais significativo esteticamente e reduzir o percentual de gordura é o mais indicado em termos de saúde.

E aí? Feliz por saber que seu esforço não tem sido em vão? Deseja potencializar os seus resultados? Somente uma avaliação física e nutricional poderá te dar um parecer concreto, então não se desespere, ok?

Espero ter esclarecido algumas coisas para vocês, mas se tiverem dúvidas, deixem nos comentários!

 

Beijos e até a próxima!

assinaturavitoria2017

www.vitoriatembenutri.com

Grupo “Vai Um Café?”: Por que/ Para quem eu escrevo? #PostagemColetiva

Hey pessoas!! Como vão??

 

Olha quem está de volta depois de looongas férias!!! \o/\o/\o/

É gente, não teve jeito. 2016 foi um ano tão complicado que eu precisei tirar um tempo de folga para me recompor (e quem não precisou?) e botar as ideias no lugar.

Era pra ser só por alguns dias, mas eu aproveitei o tempo para repensar alguns itens do design do blog (gostaram?) e criar conteúdo novo e fresquinho para vocês! Yay!

Mas enfim, 2017 está aqui, com direito até a gravidez da Queen Bey e, se até ela está trabalhando, quem sou eu pra ficar de bobeira, né?

E como primeira postagem de 2017, hoje não vai ter playlist, não. Mas em compensação vai ter post feito em conjunto com a galera esperta do “Vai Um Café?”!!

Você já parou para pensar por que o seu blogueiro ou blogueira, autor ou autora favorito (a) escreve? Qual a motivação por trás de uma pessoa que decide colocar suas ideias e sentimentos no papel ou na tela de um computador? Como eles fazem para superar a vergonha de divulgar seus trabalhos?

Bom, eu só posso falar por mim, mas escrever é uma forma de organizar os sentimentos, fazendo com que fique mais fácil compreendê-los.

A vida é corrida, as coisas não são fáceis, temos decisões a tomar, escolhas a fazer, partidos para tomar, é muita informação o tempo todo sendo jogada em cima de nós… Você às vezes não sente que sua cabeça poderia explodir?

Pois é, amigo, quando eu sinto isso sabe o que eu faço? Eu escrevo.

E o mais engraçado é que eu nem me lembro de quando comecei a usar a escrita como válvula de escape para as agonias do cotidiano. Quando dei por mim, já tinha diários e cadernos e arquivos no computador cheios de ideias aleatórias.

Tem um poema do Paulo Leminski que representa bem minha relação com a escrita:

“Razão de ser

Escrevo. E pronto.
Escrevo porque preciso
preciso porque estou tonto.
Ninguém tem nada com isso.
Escrevo porque amanhece.
E as estrelas lá no céu
Lembram letras no papel,
Quando o poema me anoitece.
A aranha tece teias.
O peixe beija e morde o que vê.
Eu escrevo apenas.
Tem que ter por quê?”

Quando leio este poema, eu entendo que Leminski quis dizer que, da mesma forma que uma aranha tece teias porque é isso que ela faz, ele escreve porque é isso o que ele faz. É como se ele dissesse que a escrita é uma coisa tão natural para ele, que não tem razão de ser. Apenas acontece, como um reflexo.

E é assim que eu me sinto, sabe? Eu escrevo porque é isso que eu faço, é isso que eu sou.

Quanto à parte do “para quem eu escrevo”, lembro que o primeiro post do blog falou um pouco sobre isso. Lá, eu dizia que, se apenas uma pessoa se interessasse pelo que eu tinha a dizer, então era para essa pessoa que eu escreveria.

Hoje, quase três anos depois, nada mudou. É claro que uma parte de mim quer o reconhecimento, quer ver cada vez mais pessoas se beneficiando de tudo aquilo que eu trabalho tão duro para colocar aqui de uma maneira legal, quer, quem sabe um dia, publicar até um livro. Mas tem outra parte, a parte que escreve por reflexo, que não se importa se ninguém ler. Ela só quer botar em palavras o que não cabe mais no coração…

Escrever é e sempre será, para mim, talvez o lado mais importante de todos os lados que compõem quem eu sou.

E com isso dito, tudo o que vocês podem esperar é que venha muita coisa boa por aí nesse 2017 que mal começou e eu já considero pakas…

Por hoje é isso e keep exploring

bannerpostagemcoletiva

assinaturajubs

Barulho: Novidades Lady Gaga e Fergie

Hey pessoas!! Como vão??

 

Enquanto houver 2016, vai ter artista lançando coisa nova, sim! E hoje é dia de falar dos mais recentes lançamentos de duas divas do pop!

A primeira delas é a Fergie, que decidiu seguir um rumo totalmente oposto ao que nós vimos em “M.I.L.F.$”… Com uma pegadinha mais pop e mais parecida com o que estamos acostumados a ouvir, ela lançou há alguns dias “Life Goes On”.

Era esse o tipo de coisa que eu estava esperando quando soube que a Fergie ia voltar! “M.I.L.F.$.” foi uma tentativa até que válida, mas convenhamos, era apelativa demais. Já “Life Goes On” tem frescor, mas com aquele leve aroma de músicas que a gente já conhece e ama, como “Big Girls Don’t Cry”…

Enfim, sabe como eu sei que gostei de uma música? Quando o refrão dela fica na cabeça mesmo depois de um tempo que eu ouvi e foi o caso aqui… Achei uma boa pedida para as nossas playlists de verão… #ficadica

Agora, numa pegada mais deprêzinha, mas totalmente maravilhosa, temos a Mother Monster que você mais respeita. Lady Gaga apresenta: “Million Reasons”!

No caso de Gaga, a música em si não é novidade, já que ela vinha apresentando-a em alguns pequenos shows que tem feito para divulgar a turnê, mas mano, que música boa do caramba!

Ela é crua, simples, dolorosa e linda! E não vou nem me dar ao trabalho de falar sobre a voz da Gaga, porque é só você ouvir para se arrepiar e entender… Sabe qual o nome disso, amigo? Qualidade! Artigo que anda bem em falta no mundo pop ultimamente…

O clipe é tipo uma continuação de “Perfect Illusion” e eu entendi que Gaga quis passar que depois de toda aquela explosão, veio o choque de realidade e, com ele, a depressão. Tenso, né?

Mas digam aí, o que vocês acharam das músicas? Qual das duas divas do pop se saiu melhor nas novidades?

 

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas

Feel Good: 7 Alimentos Funcionais Para Consumir Nesse Verão

Oi, gente! Tudo bem??

 

O verão começa amanhã, mas eu sei muito bem que já deve ter bastante gente focada no projeto verão 2017 há muito tempo, né?

Pois bem, só os exercícios físicos ou dietas não vão funcionar se você não souber usar os alimentos a seu favor. Para isso, os alimentos funcionais são uma ótima pedida!

Alimentos funcionais são aqueles que oferecem benefícios à saúde, além das suas funções nutricionais básicas e eles devem compor as nossas refeições diariamente. Mas alguns deles são fundamentais principalmente para a nova estação que começa amanhã.

Confira agora a lista com os 7 alimentos que devem ser presença VIP no seu prato, para que você possa tirar maior proveito deles neste verão.

 

1. Frutas vermelhas

beneficios-das-frutas-vermelhas

As frutas vermelhas são fontes de antioxidantes que combatem os radicais livres (muitas vezes induzidos pela exposição solar), amenizando os danos à pele, tais como o envelhecimento, aparecimento de manchas e flacidez. Ainda, auxiliam na prevenção de câncer de pele, apresentando efeito foto-protetor. Os antioxidantes também são essenciais na destoxificação hepática e eliminação de toxinas do organismo.

Mirtilo, amora, framboesa, cereja, morangos, açaí, ameixa e a famosa “gojiberry” são alguns representantes desse grupo de alimentos. O ideal é consumir 3 xícaras de chá dessas frutas por semana. Podem ser consumidas in natura, secas ou congeladas, e utilizadas no preparo de sucos, smoothies, vitaminas e no preparo de sobremesas saudáveis.

 

2. Cacau e chocolate amargo

cacau-chocolate

O chocolate com 70% de cacau ou mais, também apresenta função antioxidante  e tem propriedades foto-protetoras e hidratantes para a pele. Ele ainda é uma fonte do aminoácido L-Triptofano, que estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar e controle do apetite, principalmente por doces. O consumo diário deve ser de 30g de chocolate com 70% de cacau ou mais. O cacau em pó também pode ser utilizado na preparação de vitaminas, bolos e biscoitos, ou ainda combinado à frutas e cereais integrais.

 

3. Ervas aromáticas, especiarias e condimentos

ervas

Utilizar ervas, especiarias e condimentos pode ajudar a reduzir o consumo do sal de cozinha. O consumo excessivo de sódio esta relacionado ao aumento da retenção de líquidos e inchaço, e isso contribui com o desenvolvimento da lipodistrofia ginóide (celulite). Salsa, alecrim, manjericão, orégano, gengibre, alho, açafrão, são algumas dessas muitas ervas, especiarias e condimentos que apresentam efeito laxativo, diurético, anti-inflamatório e antimicrobiano. Você pode usá-las frescas, secas ou congeladas para realçar o sabor dos alimentos, assim como no preparo de sucos e azeites aromáticos.

 

4. Castanhas e Amêndoas

mixed-nuts-kernels

São excelentes fontes de gorduras boas e vitaminas com potente ação antioxidante e foto-protetora, que garantem a manutenção da firmeza, hidratação e turgor da pele. São conhecidas também por seu alto poder anti-inflamatório, que é eficaz no tratamento de acne inflamatória, psoríase e rosácea.

Um porção de amêndoas, castanhas, pistache e macadâmia equivale, aproximadamente, a 5 unidades grandes ou 8 unidades pequenas. Que podem ser consumidas em pequenos lanches, incorporados à saladas, vitaminas, iogurtes, cereais, e até mesmo no preparo de pratos quentes.

 

5. Vegetais Verde-escuro

folhas-verdes
O espinafre, assim como o brócolis, a rúcula, o agrião e a couve são ótimas fontes de fibras que favorecem o funcionamento intestinal. É recomendado o consumo de 2 porções diárias, que podem ser incluídas nas saladas.

 

6. Peixes ricos em Ômega-3

alimentos-ricos-em-omega-3
Atum, salmão e a sardinha compõem esse grupo especial que oferece ao nosso corpo, o famoso ômega-3. Esse nutriente evita o desenvolvimento de processos inflamatórios no organismo e melhora o funcionamento das atividades cerebrais. O consumo ideal é o de 2 a 3 porções semanais.

 

7. Mamão, Cenoura, Laranja e Abóbora

suco-detox-laranja

São riquíssimos em betacaroteno, que é a substância que ajuda a manter o bronzeado da pele por mais tempo, além de combater os radicais livres, estimular o sistema imunológico e garantir a saúde de todos os tecidos do corpo. Consumir uma porção diariamente já garante os benefícios.

 

Bom, é isso gente! Essa foi nossa última conversa sobre alimentação de 2016!! Ano que vem eu estarei de volta com muito mais posts bacanas sempre focados em mostrar para vocês tudo o que os alimentos tem de melhor a oferecer!

Espero que vocês tenham um lindo Natal e um Ano Novo cheio de saúde!

 

Beijos e até a próxima!

AssinaturaVitória

CRN3 41074

www.vitoriatembenutri.com

Top 10: As Melhores de 2016 (na minha humilde opinião)

Hey pessoas!! Como vão??

 

Chegou aquela época do ano em que a gente faz um balanço geral de tudo o que aconteceu de bom ou ruim nas nossas vidas, né?

Bom, 2016 foi um ano puxado no quesito político, social e econômico, mas pelo menos no mundo da música as coisas foram um pouquinho melhores.

Tivemos algumas importantes perdas musicais sim, mas tivemos bastante coisa nova e de qualidade chegando. E como não poderia deixar de ser, aqui no L’Explorateur vai rolar a já tradicional lista das 10 melhores músicas lançadas no ano!!

Já vou avisando que esta lista é muito pessoal, então não estranhem se não rolarem por aqui músicas que estão bombando nas rádios, porque vai ser uma questão de gosto mesmo, ok?

Vamos começar?

 

10. The Chainsmokers feat. Halsey – Closer

Escolhida por 10 entre 10 blogueiras famosinhas como trilha sonora de seus vídeos, eu confesso que nunca na minha vida tinha ouvido falar em The Chainsmokers antes de Closer. Comecei a gostar há pouco tempo, um pouco mais tarde do que a maioria das pessoas, mas a música é boa e cativante, por isso entrou na lista! 😉

 

9. Blink 182 – Bored to Death

Entre os muitos lançamentos do ano, estão os de bandas já consagradíssimas que resolveram voltar à ativa com tudo! Esse foi o caso do Blink com sua Bored to Death que gruda na cabeça e me fez cantar alto várias vezes durante o ano…

 

8. Adele – Send My Love (To Your New Lover)

Adele foi uma das que guardou seu retorno bombástico para 2016 e não fez feio! Todo mundo sabe que ela é a rainha das músicas de fossa, mas sabe que eu gosto mais quando ela deixa a depressão de lado e canta com atitude?

 

7. Karol Conká – É o Poder

Já gostava dela, mas esse ano Karol Conká, a musa do empoderamento feminino, garantiu espaço vitalício no meu coração!

 

6. Rihanna feat. Drake – Work

Você ainda aguenta ouvir Work? Hahahaha… Eu não aguento mais e é de tanto já ter ouvido que ela não poderia faltar nessa lista, né?

 

5. Braza – Embrasa

Quando Forfun se dissolveu e acabou, deixou muitos órfãos por aí. Mas a tristeza durou pouco, porque logo veio Braza contando com três integrantes da extinta banda e trazendo muita bagagem forfunática… Embrasa não é nem de longe a melhor música do primeiro álbum dos caras, mas entrou na lista por ter sido o carro-chefe que coroou essa nova fase…

 

4. Bruno Mars – 24K Magic

Mais um dos grandes retornos de 2016! Adoro quando o artista já chega chegando, cheio de qualidade e tenho certeza de que ainda vamos dançar muito ao som de 24K Magic em 2017…

 

3. Green Day – Bang Bang

Uma das melhores coisas desse ano foi redescobrir meu amor de adolescência pelo Green Day. A cada lançamento eu sentia um misto de surpresa e reconhecimento que só uma banda muito boa e com muitos anos de estrada é capaz de proporcionar…

 

2. The Weeknd – Starboy

Sabe quando você conhece e curte meia dúzia de músicas de um artista e é só isso? Posso dizer com a boca cheia que minha relação com The Weeknd mudou completamente esse ano exatamente por causa dessa música aí… Se meu cachorro falasse, ele confirmaria para vocês que eu canto e danço feito louca toda vez que Starboy começa a tocar…

 

1. Beyoncé – Formation

Alguma dúvida de que essa seria a melhor música de 2016 na minha opinião? Queen Bey não só lançou um álbum maravilhoso, acompanhado de um filme-manifesto tão maravilhoso quanto, como também teve o poder de elevar a autoestima do povo negro que andou tão precisado desse boost de confiança… Não só Formation, como o Lemonade inteiro é, com certeza, a melhor coisa que me aconteceu em 2016…

 

E pronto! Essas são minhas melhores músicas de 2016! Cara, foi muito difícil diminuir a lista para só 10, mas eu estou satisfeita com as escolhidas…

Agora me conta aí, concorda com as minhas escolhas? Quem você acha que foi o maior nome no mundo da música em 2016? Que nomes não poderiam faltar na sua lista?

 

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas

Top 5: Músicas Emocionantes

Hey pessoas!! Como vão??

 

O Top 5 da semana passada trouxe músicas carregadas de mensagens de força e perseverança e nada melhor do que isso para a gente conseguir prosseguir nesse restinho de 2016, né?

Bom, eu acredito muito que o dever da música seja esse. Nos entreter, nos divertir mas também nos fazer refletir e nos emocionar. E, de vez em quando, a gente tem que deixar um pouco a força de lado e permitir que a emoção tome conta…

Acho que quando a pressão do dia a dia é demais, a gente precisa descarregar as emoções para poder aliviar e ficar pronto pra outra! Vai, confessa. Você já se sentiu mais leve depois de extravasar suas emoções com uma boa chorada? Eu já! E tem umas músicas, meus amigos, que me emocionam e me fazem chorar igual um bebê, hahahah!

Então, para aqueles momentos em que você precisar descarregar, pegue seus lencinhos e confere esse Top 5 de hoje…
1. Creed – With Arms Wide Open

Desde a minha adolescência, quando essa música fazia parte da trilha sonora da Malhação, eu sempre a achei muito forte. Depois fui ver a letra e descobri que ela foi escrita pelo Scott, vocalista da banda, quando ele descobriu que iria ser pai e aí ela passou a me emocionar muito mais…

Letra e tradução

 

2. Christina Aguilera – The Voice Wittin

Nesse caso aqui, o que me emociona é a interpretação da Christina nessa música tão forte, que fala sobre confiar na intuição em momentos de fraqueza…

Letra e tradução

 

3. Emicida – Crisântemo

Eu sempre falo que o Emicida arrasa nas letras, né? Então não tinha como ser diferente ao falar de seu falecido pai e de como ele era ausente, mesmo quando estava presente. Ouçam até o final, porque as palavras da Dona Jacira, mãe do Emicida, no final são de cortar até coração de pedra…

Letra

 

4. Adele – Someone Like You

Aoooow, sofrência!!! Hahahah… Quem nunca ouviu essa música no repeat para tenta curar um coração partido ou postou a letra no Face pra mandar aquela indireta pro ex?

Letra e tradução

 

5. Evanescence – My Immortal

Vai dizer que na adolescência você não chorou nem uma vezinha ao som da voz de Amy Lee??

Letra e tradução

 

Nossa, não vou mentir, rolaram umas lagriminhas básicas aqui para escrever este post, hahaha… Mas as lágrimas fazem parte da vida tanto quanto os sorrisos, né?

Agora me digam, quais músicas fazem vocês chorarem feito bebezinhos? Vamos compartilhar essa sofrência, meu povo!

 

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas

Livro: Sou Fã! E Agora? – Frini Georgakopoulos

Hey pessoas!! Como vão??

 

Hoje eu vim aqui pra falar com vocês sobre o livro perfeito para nós, leitores vorazes, apaixonados por sagas, loucos por séries…

Um livro feito para quem ama histórias, gosta de acompanhar seus artistas favoritos, sofre quando um personagem legal de um livro/filme/série morre, enfim… Duvido você não se identificar nem um pouquinho com ele…

Exploradores, hora de botar seu lado fã pra fora com força e sem medo de ser feliz!

 

Sou Fã! E Agora?

foto-08-12-16-18-59-12

“Com uma linguagem rápida e divertida, este livro é uma mistura de artigos breves e atividades interativas que te convidam a refletir e discutir o que todos nós, fãs, mais amamos: as histórias.
Escrito por uma fã de carteirinha, “Sou fã! E agora?” faz um verdadeiro raio X da literatura jovem adulta, analisa os principais elementos das narrativas e a relação intensa que se desenvolve entre os fãs e as histórias. A autora ainda dá algumas dicas valiosas para você conseguir extravasar todo o seu amor, como criar seu próprio cosplay, escrever uma fanfic, organizar um evento, começar um blog ou canal e muito mais!”

Para tudo o que você está fazendo! Para inclusive de ler o livro que você está lendo atualmente e vem ler essa resenha aqui, porque eu prometo que vai valer a pena! É que depois de conhecer um pouco do livro da Frini, sua relação com a literatura (e até mesmo o cinema e a televisão) vai mudar…

De uma maneira divertida e certeira, Frini Georgakopoulos nos explica um pouco de como funciona o universo dos fanáticos por personagens, fazendo com que a gente se identifique a cada linha e não se sinta assim tão sozinho na “dura” realidade de quem ama se perder em histórias e ficções.

Tô falando sério, gente! Se você ama de paixão algum personagem, livro, série, saga ou filme, vai se ver incluído em cada página desse livro! E, como se não bastasse, a Frini explica o que está por trás de termos como Young Adult, New Adult, shippar, fanfic, cosplay, fandom, enfim… Tudo aquilo que compõe o universo de um fã de carteirinha…

foto-08-12-16-18-59-27

Como se não bastasse, “Sou Fã! E Agora?” ainda é um livro interativo que te faz refletir sobre sua relação com seus livros e os personagens que você tanto ama. E a Frini ainda “fala” com você ao longo da leitura, com suas frases engraçadinhas e anotações pessoais que te fazem gargalhar enquanto lê (sério, esse livro me fez rir alto em público)!

O mais legal é que eu li este livro bem na época em que Animais Fantásticos e Onde Habitam estreou e que eu fui para uma festa temática do Harry Potter. Eu estava me achando meio velha para ficar correndo atrás dessas coisas, mas a Frini me mostrou que não tem idade certa para se entusiasmar com coisas que a gente gosta e, principalmente, que não devemos deixar a magia morrer dentro de nós.

foto-08-12-16-18-58-37

Olha que lindo ele “posando” com as minhas sagas favoritas! Hahahah

Ah! Deu pra aprender muito com esse livro também. É que a Frini explica um pouco do processo de criação de uma história, algumas técnicas de escrita, itens que não podem faltar em uma boa trama… Eu JURO que li essa parte do livro anotando as dicas freneticamente! Vai que… Né? Hahahahahaha…

Enfim, este é um livro de fã para fã (Frini organizava eventos literários). Um livro que vai te ensinar a abraçar seu fanatismo e ainda canalizá-lo, transformando-o em criatividade!

E qual o nível de amor por “Sou Fã! E Agora?“?

5corações

Cinco coraçõezinhos cheinhos de amor por quem entende que não tem nada demais em ser fã

Para comprar o seu, clique aqui.

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas