Feel Good: GORDURA X PESO

Oi gente! Tudo bem??

 

Antes de mais nada: FELIZ 2017!!!! Sim, eu sei que está mega atrasado, mas antes tarde do que nunca, né?? E como não estamos com tempo a perder, vamos logo ao que interessa?

Você se alimenta corretamente, treina pra caramba e mesmo assim os ponteiros da balança parecem não baixar nunca?

É desesperador: você se consulta com a nutricionista, se matricula na academia, começa a fazer musculação, dá o seu máximo no treino aeróbico e, quando encara a balança… Surpresa! Seu peso continua o mesmo, ou até aumentou!?

Calma, respira, não se desespere! Antes que você pense em desistir de uma vida ativa e saudável, entenda como o seu corpo funciona em relação ao peso.

Sua massa corporal (seu peso) é composta por ossos, músculos, gordura e outras partes vitais. E por isso, a balança não é a melhor forma de avaliar seu progresso, já que ela não identifica quanto você possui de massa gorda (gordura) e massa magra (livre de gordura e constituída por músculos, água e ossos).

Se as roupas estão cada vez mais largas, você se enxerga mais fino, as pessoas comentam que você emagreceu, mas o seu peso permanece igual ou está subindo, não se preocupe. A resposta do seu corpo ao seu novo estilo de vida não poderia ser melhor e provavelmente o seu peso não baixa porque você está ganhando massa magra, o que é sinônimo de beleza e saúde.

cintura

Mas talvez, você ainda não tenha entendido como é possível emagrecer e reduzir medidas sem que o peso na balança diminua. A explicação é simples: 1kg de chumbo é mais pesado que 1kg de penas? Não! Um quilo é sempre um quilo, seja ele composto de chumbo ou de penas. E isso também acontece com o músculo e a gordura. A diferença é que o músculo é mais compacto, e isso significa que a massa magra ocupa menos espaço no corpo do que a massa gorda. Está aí a explicação de como é possível reduzir medidas e manter ou aumentar o peso.

Meu conselho? Tire o foco da balança e procure um profissional habilitado para avaliar sua composição corporal utilizando aparelhos, como adipômetro e fita métrica. Afinal, adequar medidas é mais significativo esteticamente e reduzir o percentual de gordura é o mais indicado em termos de saúde.

E aí? Feliz por saber que seu esforço não tem sido em vão? Deseja potencializar os seus resultados? Somente uma avaliação física e nutricional poderá te dar um parecer concreto, então não se desespere, ok?

Espero ter esclarecido algumas coisas para vocês, mas se tiverem dúvidas, deixem nos comentários!

 

Beijos e até a próxima!

assinaturavitoria2017

www.vitoriatembenutri.com

Feel Good: 7 Alimentos Funcionais Para Consumir Nesse Verão

Oi, gente! Tudo bem??

 

O verão começa amanhã, mas eu sei muito bem que já deve ter bastante gente focada no projeto verão 2017 há muito tempo, né?

Pois bem, só os exercícios físicos ou dietas não vão funcionar se você não souber usar os alimentos a seu favor. Para isso, os alimentos funcionais são uma ótima pedida!

Alimentos funcionais são aqueles que oferecem benefícios à saúde, além das suas funções nutricionais básicas e eles devem compor as nossas refeições diariamente. Mas alguns deles são fundamentais principalmente para a nova estação que começa amanhã.

Confira agora a lista com os 7 alimentos que devem ser presença VIP no seu prato, para que você possa tirar maior proveito deles neste verão.

 

1. Frutas vermelhas

beneficios-das-frutas-vermelhas

As frutas vermelhas são fontes de antioxidantes que combatem os radicais livres (muitas vezes induzidos pela exposição solar), amenizando os danos à pele, tais como o envelhecimento, aparecimento de manchas e flacidez. Ainda, auxiliam na prevenção de câncer de pele, apresentando efeito foto-protetor. Os antioxidantes também são essenciais na destoxificação hepática e eliminação de toxinas do organismo.

Mirtilo, amora, framboesa, cereja, morangos, açaí, ameixa e a famosa “gojiberry” são alguns representantes desse grupo de alimentos. O ideal é consumir 3 xícaras de chá dessas frutas por semana. Podem ser consumidas in natura, secas ou congeladas, e utilizadas no preparo de sucos, smoothies, vitaminas e no preparo de sobremesas saudáveis.

 

2. Cacau e chocolate amargo

cacau-chocolate

O chocolate com 70% de cacau ou mais, também apresenta função antioxidante  e tem propriedades foto-protetoras e hidratantes para a pele. Ele ainda é uma fonte do aminoácido L-Triptofano, que estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar e controle do apetite, principalmente por doces. O consumo diário deve ser de 30g de chocolate com 70% de cacau ou mais. O cacau em pó também pode ser utilizado na preparação de vitaminas, bolos e biscoitos, ou ainda combinado à frutas e cereais integrais.

 

3. Ervas aromáticas, especiarias e condimentos

ervas

Utilizar ervas, especiarias e condimentos pode ajudar a reduzir o consumo do sal de cozinha. O consumo excessivo de sódio esta relacionado ao aumento da retenção de líquidos e inchaço, e isso contribui com o desenvolvimento da lipodistrofia ginóide (celulite). Salsa, alecrim, manjericão, orégano, gengibre, alho, açafrão, são algumas dessas muitas ervas, especiarias e condimentos que apresentam efeito laxativo, diurético, anti-inflamatório e antimicrobiano. Você pode usá-las frescas, secas ou congeladas para realçar o sabor dos alimentos, assim como no preparo de sucos e azeites aromáticos.

 

4. Castanhas e Amêndoas

mixed-nuts-kernels

São excelentes fontes de gorduras boas e vitaminas com potente ação antioxidante e foto-protetora, que garantem a manutenção da firmeza, hidratação e turgor da pele. São conhecidas também por seu alto poder anti-inflamatório, que é eficaz no tratamento de acne inflamatória, psoríase e rosácea.

Um porção de amêndoas, castanhas, pistache e macadâmia equivale, aproximadamente, a 5 unidades grandes ou 8 unidades pequenas. Que podem ser consumidas em pequenos lanches, incorporados à saladas, vitaminas, iogurtes, cereais, e até mesmo no preparo de pratos quentes.

 

5. Vegetais Verde-escuro

folhas-verdes
O espinafre, assim como o brócolis, a rúcula, o agrião e a couve são ótimas fontes de fibras que favorecem o funcionamento intestinal. É recomendado o consumo de 2 porções diárias, que podem ser incluídas nas saladas.

 

6. Peixes ricos em Ômega-3

alimentos-ricos-em-omega-3
Atum, salmão e a sardinha compõem esse grupo especial que oferece ao nosso corpo, o famoso ômega-3. Esse nutriente evita o desenvolvimento de processos inflamatórios no organismo e melhora o funcionamento das atividades cerebrais. O consumo ideal é o de 2 a 3 porções semanais.

 

7. Mamão, Cenoura, Laranja e Abóbora

suco-detox-laranja

São riquíssimos em betacaroteno, que é a substância que ajuda a manter o bronzeado da pele por mais tempo, além de combater os radicais livres, estimular o sistema imunológico e garantir a saúde de todos os tecidos do corpo. Consumir uma porção diariamente já garante os benefícios.

 

Bom, é isso gente! Essa foi nossa última conversa sobre alimentação de 2016!! Ano que vem eu estarei de volta com muito mais posts bacanas sempre focados em mostrar para vocês tudo o que os alimentos tem de melhor a oferecer!

Espero que vocês tenham um lindo Natal e um Ano Novo cheio de saúde!

 

Beijos e até a próxima!

AssinaturaVitória

CRN3 41074

www.vitoriatembenutri.com

Feel Good: #ProjetoMenosVinte

Hey pessoas!! Como vão??

 

Uma das coisas mais difíceis nessa vida é refletir sobre hábitos que nos acompanham há tempos, né? Mudar esses hábitos, então… Nossa! Preguiça só de pensar no assunto…

Aí a gente começa a pensar em desculpas para não ter que mudar coisas que a gente sabe que não nos fazem bem, começa a culpar a rotina, a falta de tempo, de dinheiro, etc…

Bom, o negócio é o seguinte: eu não sou uma mulher magra. Nunca fui e isso nunca foi um problema para mim. Eu nunca deixei de fazer nada por causa do excesso de peso e tive uma infância e adolescência normais, com tudo o que eu tinha direito.

Roupas? Simplesmente comprava um número que me servisse, não importando o quanto eu tivesse que procurar. Nunca deixei de usar jeans skinny, por exemplo, por causa do meu quadril largo e coxas grossas… Ah, a saúde? Vai bem, obrigada. No último check up descobri que tenho uma saúde de ferro. Nada de colesterol alto, nada de diabetes, nenhum problema de pressão…

“Mas Juliana, se está tudo tão bem assim, qual o propósito deste post?”

A questão, amigos, é que o tempo não para. Eu tenho 27 anos e, por mais que esteja saudável, o excesso de peso traz lá suas consequências, né? E eu não estou disposta a esperar que essas consequências se apresentem de uma maneira mais agressiva para começar a fazer alguma coisa a respeito…

Por isso, aproveitando que eu não estou trabalhando e tenho muito tempo livre, está inaugurado a partir deste post o #ProjetoMenosVinte!

header

Bom, como vocês sabem, o L’Explorateur conta com a participação esporádica da nutricionista (e minha amiga de infância) Vitória Tembe. O mais legal do estilo de trabalho da Vitória é que ele não é tão restritivo quanto o estilo das nutricionistas que a gente está acostumado a ver por aí, o que é ótimo pra mim, porque eu AMO comer, hahaha…

Então, a gente resolveu estender um pouco mais essa parceria e ir além: eu vou ser atendida pela Vitória e, juntas, nós vamos começar uma caminhada rumo ao meu peso ideal.

Aliás, quando eu digo ideal, não estou falando de um peso igual ao de uma atriz/cantora/blogueira x, y ou z que eu queira imitar. Eu já me consultei com a Vitória e nós descobrimos que o meu “peso saudável”, aquele que é perfeito para a minha altura e meu tipo físico é de 81kg. Atualmente eu peso 103kg distribuídos em 1,66 de altura, daí o nome do projeto, já que eu vou ter que perder 22kg.

Por enquanto não haverá uma meta relacionada a quanto tempo eu tenho para perder os tais 20kg, porque este é o primeiro mês de projeto. Nós precisamos ver como meu organismo se comporta nesse começo de reeducação alimentar. Não vou postar minha nova rotina alimentar aqui porque não quero ninguém fazendo igual sem orientação, já que tudo o que entrará no meu cardápio foi estudado e indicado pela Vitória especialmente para mim.

Aliado a isso, eu comecei a fazer exercícios físicos, uma coisa que eu nunca gostei, e não é que me surpreendi? Estou gostando bastante de frequentar a academia, me divertindo com alguns aparelhos e já comecei a perceber mudanças positivas em coisas como o meu humor, minha disposição e até minha criatividade…

Mas vocês vão poder acompanhar um pouco dessa minha nova rotina por aqui e também no meu Instagram (@jubsmiranda) e Snapchat (jubs.miranda).

Por fim, eu só gostaria de deixar claro para vocês que eu não pretendo ser a próxima Pugliesi e muito menos ficar contando as calorias de tudo o que eu comer. Com a orientação da minha super compreensiva nutri, vou reeducar meus hábitos alimentares sem perder tudo aquilo que eu mais gosto!

Então, fiquem ligados nas cenas dos próximos capítulos dessa nova etapa da minha vida e boa sorte para mim!

Se você quiser ver os posts que a Vitória fez sobre alimentação saudável para o blog, clique aqui. Para visitar o site da Vitória e conhecer um pouco mais sobre o trabalho dela, clique aqui.

Rumo aos menos vinte!

 

Por hoje é isso e keep exploring!

Assinaturas

Feel Good: Workshop Viva Leve

Oi gente! Tudo bem?

 

Ao longo dos últimos meses eu venho dando dicas aqui de como melhorar nossa relação com a alimentação, né?

E se eu disser para vocês que, em vez de ter que esperar de duas em duas semanas para ver meus posts aqui, vocês tivessem uma oportunidade única de adquirir um pouco mais de conhecimento sobre os assuntos que tratamos aqui?

Pois é, hoje eu vim aqui apresentar para vocês o Workshop Viva Leve. E vou usar este post para contar um pouco de como será esse evento incrível, 100% online, gratuito e exclusivo para mulheres, que terá início na próxima segunda-feira, 07 de novembro.

capa2

Bom, eu sou nutricionista, atendo em consultório e a minha missão é ajudar pessoas a melhorarem a qualidade de sua alimentação e alcançar o tão sonhado peso ideal de forma saudável e definitiva. Foi pensando nisso que o Workshop nasceu, o nosso grande objetivo é ajudar mulheres que querem emagrecer sem fazer dietas restritivas, sem estresse e, principalmente, sem passar fome.

Para alguns essa ideia pode parecer impossível, mas vou contar em detalhes como isso já se realizou na vida muitas pessoas e pode se realizar na sua também. Eu desenvolvi um método baseado na nutrição humana e comportamental que trabalha a mudança de hábitos e permite que você alcance seus objetivos de saúde e estética sem nenhum tipo de privação ou sofrimento.

O workshop foi planejado para atender exclusivamente as mulheres para que elas se sintam mais à vontade em trocar experiências, aprender juntas e principalmente estar em um grupo de pessoas que as entende, que sabe muito bem pelo o que elas passam, que compartilham talvez as mesmas dificuldades e que têm o mesmo sonho, que é alcançar o tão desejado peso ideal.

Eu também vou disponibilizar o meu canal direto de contato, onde essas mulheres podem dividir comigo suas preocupações e suas expectativas, sem ter que se preocupar com a exposição pessoal.

E essa experiência incrível começa no momento em que você finaliza a sua inscrição. Você receberá em seu e-mail dois desafios e um presente maravilhoso.

Conte sobre essa grande oportunidade para aquela sua amiga querida, para que ela aproveite tanto quanto você todas as dicas para emagrecer de forma saudável e definitiva.

Esse workshop pode começar a mudar a sua vida ou a de alguém que você ama, só depende de você!

Inscreva-se agora, através do link www.vitoriatembenutri.com

Eu espero por vocês!

 

Beijos e até a próxima!

AssinaturaVitória

CRN3 41074

Feel Good: Top 6 Alimentos Amigos da Pele

Oi, gente! Tudo bem??

 

No meu último post eu contei para vocês quais sãos os 10 alimentos mais indicados para quem está a fim de dar um boost na saúde dos cabelos, certo? E lembram que eu também falei que de nada adianta o melhor tratamento no salão, se sua alimentação não ajuda seus fios a já nascerem fortes e saudáveis?

Pois bem, eu fiquei pensando no que escrever hoje e aí percebi que tudo o que aprendemos na nossa última conversa também vale quando o assunto é a nossa pele, né?

Então, no post de hoje, vocês vão conhecer seis alimentos que podem ser seus grandes aliados na hora de deixar sua pele bonita, jovem, livre de manchas, excesso de oleosidade e acne.

Vem comigo descobrir o que não pode faltar para transformar suas refeições em um verdadeiro ritual de beleza. 😉

 

1. Açaí

acai

Auxilia no tratamento da acne, na diminuição das cicatrizes, no controle da oleosidade e no combate dos radicais livres, reduzindo os danos à pele, tais como o envelhecimento, aparecimento de manchas e flacidez cutânea.

 

2. Chocolate amargo

chocolate-amargo

O cacau é capaz de inativar os radicais livres induzidos pela exposição solar, aumentar a circulação sanguínea e hidratação da pele. O consumo diário de, 30 gramas de chocolate 70% cacau, garante todos os seus benefícios.

 

3. Amêndoas e castanhas

oleaginosas

Amêndoas, castanhas, pistache e macadâmia são capazes de manter a firmeza e hidratação da pele. E seu alto poder anti-inflamatório, é eficaz no tratamento de acne inflamatória.

 

4. Quinua

quinua

É um dos alimentos mais completos que existem e auxilia na manutenção das proteínas do organismo, incluindo as fibras de sustentação da pele, colágeno e elastina.

 

5. Água de coco

agua-de-coco

Essa bebida tem alta capacidade hidratante e auxilia na redução do inchaço, contribuindo no tratamento da celulite.

 

6. Agrião

agriao

Atua no processo de cicatrização, contribuído para o tratamento da acne e também previne o envelhecimento da pele.

 

Tá vendo só, pessoal? Nenhum dos alimentos acima é impossível de encontrar e muito menos de inserir na sua alimentação, então, vocês estão esperando o que para começar a cuidar do maior órgão do seu corpo de dentro para fora?

Dúvidas e sugestões de temas, é só deixar nos comentários, beleza?

 

Beijos e até a próxima!

AssinaturaVitória

CRN3 41074

www.vitoriatembenutri.com

Feel Good: Top 10 Alimentos Amigos do Cabelo

Oi gente!! Tudo bem??

 

Que tal começar o mês de outubro com um post super útil para você que está deixando o cabelo crescer? A gente sabe que não é a coisa mais fácil do mundo e só a força de vontade e os shampoos que a gente compra não são o suficiente para atingir nosso objetivo, então, hoje eu vim te dar mais uma alternativa para você que está focada no Projeto Rapunzel!

O grande segredo para garantir a saúde do couro cabeludo e fazer com que os fios cresçam fortes e bonitos é a alimentação. Não adianta nada investir em ótimos cosméticos e frequentar os melhores salões, se o seu consumo de água, proteínas, vitaminas e minerais for insuficiente. Esses nutrientes interferem no brilho, maciez, quebra, queda e até mesmo no crescimento do cabelo.

Quer saber quais alimentos são amigos do cabelo e devem estar presentes no seu prato? Eu tenho uma lista com 10 deles aqui para você, olha só:

 

1. Soja

É uma ótima fonte de proteínas, que são essenciais para a produção de novos fios que substituem aqueles que caíram. Além disso, oferece biotina e ferro, nutrientes envolvidos no desenvolvimento e nutrição dos folículos capilares. Garantindo fios fortes, com brilho e bem hidratados.

Quantidade ideal: 3 colheres de sopa por dia.

 

2. Iogurte e Leite Desnatado

Além de oferecer proteínas, são fontes de cálcio, que é um mineral importante para o crescimento dos cabelos e de vitaminas do complexo B, que são essenciais para que os fios cresçam rápido e de forma saudável e favorecem o depósito de queratina nos fios, deixando-os mais encorpados e resistentes.

Quantidade ideal: 1 copo (200 ml) por dia.

 

3. Espinafre

Rico em ferro, vitaminas do complexo B e clorofila, o espinafre combate a perda de brilho, ressecamento, fraqueza e até queda capilar. A clorofila ajuda a equilibrar a oleosidade do couro cabeludo, fortalecer a raiz e normalizar o ciclo de crescimento dos fios.

Quantidade ideal: 1 prato de sobremesa por dia.

espinafre

4. Castanha-do-pará

Fonte de zinco que ajuda a reduzir a oleosidade excessiva, previne a formação de caspa e melhora o crescimento e desenvolvimento capilar. Além disso, oferece vitamine E, que reduz a queda do cabelo, por estar envolvida na formação dos capilares sanguíneos, que favorecem a circulação sanguínea na região.

Quantidade ideal: 2 unidades por dia.

 

5. Agrião

Contém a forma biodisponível do enxofre, que é necessário para a produção e manutenção da queratina e ajuda a evitar descamação no couro cabeludo.

Quantidade ideal: 1 xícara de chá por dia.

 

6. Cenoura

O betacaroteno presente em alimentos alaranjados, como a cenoura, atua no controle da produção sebácea e da oleosidade excessiva do couro cabeludo, além de evitar a queda e a perda de pigmentos que deixa os fios grisalhos. A vitamina A presente nesse alimento nutre as células do couro cabeludo e mantém a oleosidade natural dos fios.

Quantidade ideal: 1 unidade média por dia.

cenoura1

7. Aveia

Os grãos integrais são fontes de zinco, que atua no controle sobre as mudanças hormonais, que podem levar à queda e aos fios brancos antes do tempo. Mas a aveia, em especial, contém silício, que é um mineral capaz de estruturar a proteína que forma o cabelo, a queratina.

Quantidade ideal: 2 colheres de sopa por dia.

 

8. Laranja

As fibras presentes na parte branca que envolve os gomos, ajudam na eliminação de toxinas que contribuem para o aumento da oleosidade e o aparecimento da caspa. A laranja e outras frutas cítricas, também são ricas em vitamina C, que é essencial na produção de colágeno e potencializa a absorção do ferro.

Quantidade ideal: 1 unidade por dia.

 

9. Banana

Ótima fonte de magnésio que atua na formação da queratina e de uma película ao redor do fio, que garante a ele proteção e elasticidade.

Quantidade ideal: 1 unidade por dia.

 

10. Salmão

Além de conter uma grande quantidade de proteínas de altíssima qualidade, estão presentes nesse peixe boa quantidade de ácido graxo ômega 3, selênio e vitamina B3, que combatem inflamações, protegem o couro cabeludo contra a radiação ultravioleta, melhoram a circulação e facilitam a chegada de nutrientes ao bulbo capilar. Carne bovina e de aves também são boas opções de proteína magra.

Quantidade ideal: 1 filé médio pelo menos três vezes por semana.

 

salmao-beneficios-nutrientes-e-propriedades

Bom, como vocês podem ver, os alimentos dessa lista são simples de serem encontrados e muito saborosos, ou seja, inseri-los na sua alimentação não vai ser nenhum bicho de sete cabeças, né?

E vale comentar que essas dicas valem não só para quem está deixando os cabelos crescerem, mas também para quem ama ter os cabelos curtos e quer ver seus fios cada vez mais fortes e saudáveis! 😉

E então, vamos nos cuidar?

 

Beijos e até a próxima!

AssinaturaVitória

CRN3 41074

Feel Good: Seis Truques Simples para Comer com Atenção #BEDA30

Oi gente, tudo bem?

 

Vocês repararam como a gente aproveitou esse BEDA para aprender um pouco sobre como melhorar a nossa relação com a comida e usá-la a nosso favor para atingirmos nossos objetivos?

Bom, para não perder o fio da meada e fechar esse assunto com chave de ouro, hoje eu quero compartilhar com vocês seis estratégias que tem tudo a ver com o que a gente já viu por aqui e vão nos  ajudar a não exagerar no momento da refeição.

Eliminar os quilos em excesso sem sofrer com dietas radicais – ou seja, sem passar fome – está muito ligado com a forma com que você se relaciona com a comida. Se você costuma comer assistindo televisão, lendo jornal ou se atualizando nas redes sociais, é bom rever esse comportamento.

Quando não voltamos nossa total atenção para a comida, acabamos por comer porções cada vez maiores, sem considerar o sinal de saciedade enviado pelo corpo. Já aconteceu de você terminar a refeição e sentir o estômago estufado? Sabe aquele mal-estar que faz você se perguntar o por que comeu tanto?  O que aconteceu é algo fácil de se explicar. Em algum momento dessa refeição, o seu corpo indicou que já estava saciado, ou seja, que você já poderia parar de comer, mas provavelmente você estava distraído demais para perceber esse sinal…

E o comer em excesso tem como consequência os quilos em excesso. É uma lógica simples. Nosso organismo possui mecanismos eficientes de controle de peso, mas devemos saber usá-los. Então, utilizando tudo que já aprendemos até agora sobre alimentação, aqui vão os seis truques definitivos para não exagerar na hora da refeição…

 

1. Separe um tempo para suas refeições

Reserve em sua agenda diária, no mínimo, 25 minutos para cada refeição. E se possível, sente-se à mesa em companhia de pessoas queridas.

 

2. Desconecte-se

Se afaste de tudo o que pode distrair sua atenção: desligue a televisão e o tablet, guarde o jornal para mais tarde, desconecte o Facebook e o Instagram, e silencie o WhatsApp.

mulher-comendo-salada-mulher-saudavel-1386882374364_956x500-e14132179547111

3. Reduza o tamanho das porções

A gente já falou isso por aqui, lembram? Então, vamos recapitular: utilize pratos, copos e talheres menores. Sirva-se da metade da porção que esta acostumado. Coma e só então, se necessário, sirva-se novamente. Não há necessidade de encher o prato de comida, isso muitas vezes nos leva a comer além do necessário para que não haja desperdício, por isso reduza as porções.
4. Abuse das cores

Um prato colorido oferece uma grande diversidade de nutrientes ao organismo e a oportunidade de experimentar e combinar novos sabores. Para relembrar como montar o prato ideal, clique aqui.

prato-saud-vel (1)

5 . Desacelere

Leve à boca pequenas quantidades de alimento, descanse os talheres no prato e mastigue lentamente.

6. Desfrute

Saboreie os alimentos, observe suas cores, as diferentes texturas e aromas. Faça da refeição uma experiência memorável.

 

E é isso, pessoal! Dicas devidamente recapituladas e anotadas? Então, bora colocar em prática!

 

Beijos e até a próxima!

BEDA2016

Assinaturas