Livro: Harry Potter and The Cursed Child (Com Spoilers) Parte I

Hey pessoas!! Como vão??

 

Chegou a hora que os ansiosos tanto esperaram!! Depois da resenha spoiler free postada ontem sobre o mais novo livro do bruxinho mais amado do mundo, chegou a hora de conhecer a história do oitavo livro da saga Harry Potter com todos os spoilers a que um Potterhead ansioso tem direito! Só que tem tanta, mas tanta coisa para contar, que eu tive que dividir este post em duas partes.

Então, se você não quer estragar a surpresa e prefere esperar para ler o novo livro, pare por aqui porque não haverá segredos nesse post! Mas para não te deixar na mão, clique aqui para ser direcionado para a resenha sem spoilers.

Vale avisar que isso não é uma resenha e sim um resumão da história do livro, ok? E agora, com a galera anti-spoiler sã e salva, Potterheads ansiosos, a conversa é só entre vocês e eu…

 

***** ÚLTIMO ALERTA DE SPOILERS *****

harry_potter_and_the_cursed_child_special_rehearsal_edition_book_cover

A Oitava História. Dezenove Anos Depois.
Baseado em uma nova história original escrita por J.K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany, uma nova peça escrita por Jack Thorne, Harry Potter and the Cursed Child é a oitava história da série Harry Potter, a primeira história oficial de Harry Potter a ser apresentada no palco.
Sempre foi difícil ser Harry Potter e não está muito mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, um marido e um pai de três crianças em idade escolar.
Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar onde deve, seu filho mais novo Alvo tem dificuldades com o peso de um legado de família que ele nunca quis. Quando passado e presente se fundem sinistramente, pai e filho aprendem uma verdade desconfortável: às vezes, a escuridão vem de lugares inesperados.

Bom, sem mais delongas, vamos aos fatos porque a história é comprida.

Harry Potter and The Cursed Child começa exatamente no epílogo do sétimo livro da saga, onde Harry se despede de dois de seus filho antes deles embarcarem rumo à Hogwarts.

Como já sabemos, Alvo, o filho do meio, está receoso em ir para a escola por ter medo não se encaixar nos padrões de sua família, como ser da Grifinória, por exemplo. Harry conversa com o filho e o acalma, assim, Alvo embarca no expresso de Hogwarts, acompanhado por seu irmão mais velho Tiago (que já está em seu segundo ano) e por Rosa, filha de Rony e Hermione.

Era de se esperar que os três andassem juntos por aí como seus pais faziam nos tempos de escola, mas adivinha qual é a primeira amizade que Alvo faz logo que escolhe uma cabine para sentar no trem? Escórpio Malfoy! Sim, o filho de um dos piores desafetos de seu pai, Draco Malfoy.

Acontece que Escórpio, apesar de se parecer muito com o pai no quesito físico, parece não ter herdado nenhum traço da arrogância tão característica de sua família e assim, ele e Alvo ficam amigos logo de cara, para desgosto de Rosa, que parece ter dificuldades em acreditar que possa existir um Malfoy capaz de ser legal. Escórpio é um menino doce, inteligente e engraçado, que sofre com a saúde frágil da mãe e os rumores de que ele seria, na verdade, filho de Voldemort, uma vez que Draco e sua esposa tiveram bastante dificuldade para engravidar, devido às condições físicas de Astoria Malfoy.

Chegando na escola, temos um dos momentos mais aguardados da história: a hora de saber para qual casa o filho do meio de Harry Potter vai ser selecionado. Nesse ponto da sua vida, se você já leu os outros livros do Harry Potter, sabe que, só pra contrariar, a probabilidade de Alvo ir parar na Sonserina é 10 vezes maior do que a dele parar na Grifinória e é exatamente isso que acaba acontecendo, Alvo é o primeiro Potter a ser selecionado para ser da Sonserina. Escórpio é selecionado para a Sonserina também e fica extasiado por estar na mesma casa do novo amigo.

Alvo, por sua vez, fica meio sem saber o que sentir, achando que mal pisou na escola e já está decepcionando sua família. Para piorar mais um pouquinho, parece que o garoto não herdou nenhum milésimo sequer da aptidão para Quadribol de seus pais e seu irmão mais velho, o que já é o suficiente para que ele comece a virar motivo de chacota entre os colegas e aproximá-lo cada vez mais de Escórpio, seu único amigo.

Um ano se passa, Alvo vai ficando mais revoltado e distante da família. Mais um ano se passa e Alvo continua fazendo de tudo para não se parecer com o pai, fazendo questão de odiar tudo o que ele amava quando estava em Hogwarts, como o passeio à Hogsmeade. Para piorar, Lílian, sua irmã mais nova inicia seu primeiro ano na escola e vai para a Grifinória, como era de se esperar. Nesse meio tempo, a mãe de Escórpio morre e a necessidade de um amigo faz com que ele e Alvo fiquem cada vez mais próximos.

De volta ao mundo dos adultos, Harry é agora um importante e sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia que descobre depois de uma investigação, que existem Vira-Tempos sendo comercializados de forma clandestina, uma vez que todos foram destruídos e proibidos depois da derrota de Voldemort. Só que o artefato confiscado por Harry não é igual ao que Hermione, que agora é Ministra da Magia, usou anos atrás e sim, uma versão aparentemente mais poderosa.

Harry e sua família estão em casa quando uma visita inesperada aparece: Amos Diggory, pai do falecido Cedrico. Acontece que Amos ouviu os rumores sobre o suposto Vira-Tempo e vai atrás de Harry pedir (exigir seria mais correto) que ele o use para voltar no tempo e salvar Cedrico, já que Amos acredita que o filho não precisava ter morrido e só morreu por culpa de Harry.

Só que, por mais que se sinta mesmo muito culpado pela morte prematura de Cedrico, Harry sabe que não se deve mexer no passado e recusa o pedido de Amos, dizendo que os rumores sobre o Vira-Tempo são falsos. O que Harry não sabe é que seu filho do meio esteve escutando a conversa o tempo todo e é nesse momento que Alvo conhece Delphi Diggory, uma moça de vinte e poucos anos que se apresenta como sobrinha e enfermeira de Amos.

Um tempo depois, é véspera do embarque para o novo ano letivo em Hogwarts, Harry decide que é hora de distribuir alguns de seus pertences mais preciosos entre os filhos. Tiago fica com a Capa da Invisibilidade que pertenceu ao avô e depois ao pai. Já para Alvo, Harry reservou algo que para ele tem muito mais valor: o cobertorzinho no qual ele estava enrolado quando foi deixado na porta dos Dursley e que é a única coisa que sobrou de sua infância.

É claro que Alvo não enxerga o valor do presente e se ressente ainda mais com o pai. Isso acaba por fazê-los discutir e Alvo acaba provocando Harry ao ponto de fazê-lo dizer que preferia que ele não fosse seu filho. Pra piorar, Alvo derruba o frasco da Poção do Amor que Rony mandou de brincadeira (ele agora gerencia a “Gemialidades Weasley”) em cima do cobertor de Harry.

Ele parte rumo à Hogwarts para o quarto ano com uma ideia na cabeça que vai ajudá-lo a se provar quanto bruxo. Para isso, ele precisará da ajuda de seu melhor amigo, Escórpio. Nesse meio tempo, Harry tem um sonho estranho, sobre sua infância e o momento em que ele descobriu que era um bruxo e o sonho termina com a voz de Voldemort chamando seu nome, o que faz com que a cicatriz de Harry doa pela primeira vez em vinte e dois anos e isso acende nele a desconfiança de que algo de ruim está para acontecer…

Já no Expresso de Hogwarts, Alvo encontra Escórpio e conta para ele seu plano. Ele acaba convencendo o amigo de que eles precisam voltar ao passado para corrigir os erros de seu pai e assim, decidem escapar do trem que está levando-os para a escola. Mas é claro que isso não seria nada fácil. Sabem a bruxa dos doces? Aquela com o carrinho cheio de guloseimas que circula pelo Expresso? Na verdade ela é a guardiã do Expresso de Hogwarts e sua missão é garantir que todos os alunos cheguem à escola e, quando Alvo e Escórpio sobem no teto do trem para pular, ela vai atrás e se transforma em um monstro pronto para impedi-los de concluir seus planos. Os garotos pulam do trem para escapar da bruxa e usam magia para aterrizar em segurança. A próxima etapa do plano é ir até o retiro para bruxos idosos onde Amos Diggory vive.

Enquanto isso, Hermione, quanto Ministra da Magia, convoca uma assembléia para discutir a possibilidade de uma nova movimentação nas artes das trevas, por causa do sonho de Harry e sua cicatriz que voltou a doer, e do Vira-Tempo confiscado por ele. Claro que todos ficam céticos, pois Voldemort está morto há anos, e Draco Malfoy acusa Harry de estar tentando chamar a atenção para voltar aos holofotes (oi?), sendo assim, a reunião vai por água abaixo.

Na residência dos Potter, Harry e Gina recebem uma coruja da Profª McGonagall informando que Alvo e Escórpio não chegaram à escola. Já no retiro para bruxo idosos, Alvo encontra Delphi e conta para ela que vai fazer o que Amos pediu a Harry, vai trazer Cedrico de volta à vida. Para isso, com a ajuda de Delphi, os meninos preparam uma poção Polissuco, se transformam em Harry (Escórpio), Rony (Alvo) e Hermione (Delphi) e vão ao Ministério pegar o Vira-Tempo que está escondido na sala da Hermione.

Só que essa não é uma missão nada fácil e eles acabam esbarrando nos Harry e Hermione verdadeiros. Eles conseguem despistá-los mas as coisas não ficam mais fáceis porque o Vira-Tempo está escondido em um dos muitos livros na sala da Hermione. E para achá-lo, eles têm que responder algumas charadas e, enquanto não conseguem, vão sendo tragados pela estante! No fim, a inteligência e nerdice do Escórpio valem a pena e eles conseguem pegar o Vira-Tempo, agora só resta concluir o plano. Enquanto isso, Harry tem mais um sonho relacionado à sua infância, que termina novamente com a voz de Voldemort chamando-o, só que dessa vez, ele vê Alvo e no sonho ele está vestindo o uniforme de Durmstrang. Ao acordar, Harry já sabe onde o filho foi parar, assim, ele e a esposa, acompanhados de Rony, Hermione e Draco, se reúnem com a Profª McGonagall (agora diretora de Hogwarts) e todos partem rumo à Floresta Proibida para procurar pelos meninos.

Enquanto isso, Alvo e Escórpio partem rumo à primeira prova do Torneio Tribruxo disfarçados de estudantes da Durmstrang. Delphi fica para trás por ser muito velha para se passar por estudante. Os meninos giram a ampulheta e são transportados para o dia da primeira prova do Torneio. No tempo presente, Harry esbarra em um centauro na Floresta Proibida e ele o avisa que vê uma nuvem negra se aproximando de Alvo, deixando Harry ainda mais preocupado e certo de que a tal nuvem negra só pode ser Escórpio, o filho de um ex-Comensal da Morte.

De volta a 1994, os meninos decidem atrapalhar Cedrico na primeira prova para que ele não avance no torneio e não alcance a Taça, que era a chave de portal que levou-o a Voldemort. Eles até conseguem, mas acabam esbarrando na Hermione jovem, que fica muito desconfiada. Só que o Vira-Tempo tem um limite e eles são transportados de volta para o presente. Alvo se feriu na viagem no tempo e é levado para a Ala Hospitalar, lá ele descobre que as coisas estão um pouco diferentes…

Para começar, Harry está mais autoritário e decide que Alvo não pode mais ser amigo de Escórpio. Ele ameaça a Profª McGonagall para que ela fique de olho nos meninos. Rony e Hermione não são mais casados e isso significa que Rosa não nasceu. Rony é casado com Padma Patil e Hermione é professora de Defesa Contra as Artes das Trevas, ela se tornou uma mulher amarga e ressentida.

Na cozinha da casa dos Potter, Draco faz uma visita nada cortês e Harry deixa implícito que acha que a “aventura” dos meninos foi ideia do Escórpio e diz que precisa afastá-los. Draco, que surpreendentemente é um ótimo pai, defende o filho e os dois acabam brigando.

Delphi vai até Hogwarts procurar Escórpio para fazer com que ele e Alvo voltem a se falar. Os dois meninos sentem falta um do outro e se encontram acidentalmente na biblioteca. Lá eles conversam sobre o que deu errado no plano. Acontece que fazer Cedrico perder a primeira prova só fez com que ele ficasse mais determinado a vencer a segunda, por isso ele morreu do mesmo jeito. Já Hermione, como viu os dois vestidos de estudantes da Durmstrang, desconfiou da sabotagem que atrapalhou Cedrico e recusou o convite do Vitor Krum para ir ao Baile de Inverno. Com isso, ela acabou indo com Rony como amigos e eles nunca descobriram que estavam apaixonados, porque o Rony não teve motivo para sentir ciúmes e acabou não enxergando Hermione com outros olhos. Sendo assim, eles nunca se casaram…

Convencidos de que devem tentar de novo, os meninos criam uma nova estratégia: eles devem voltar até a segunda tarefa e humilhar Cedrico publicamente para que ele perca a vontade de competir. Eles vão até o banheiro feminino no segundo andar (o banheiro da Murta Que Geme) e usam o Vira-Tempo para voltar para o Lago onde a segunda tarefa aconteceu. A ideia é fazer o feitiço Cabeça de Bolha que Cedrico dar errado e a cabeça dele inchar, humilhando-o na frente de todo mundo. O plano dá certo e, de quebra, eles ainda fazem com que fogos de artifício explodam no ar com os dizeres “Rony ama Hermione”, para tentar consertar as coisas entre os dois.

Na volta ao futuro, Alvo desapareceu, deixando Escórpio confuso no meio do Lago. E sabem em quem ele esbarra? Dolores Umbridge, agora diretora de Hogwarts! Através dela, ele descobre que Alvo não sumiu e sim nunca existiu, simplesmente porque Harry Potter está morto, Voldemort venceu a Batalha de Hogwarts…

FIM DA PARTE I (Continua em 1 hora)

Assinaturas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s