Filme: Esquadrão Suicida #BEDA05

Hey people, aqui é a Pâmella!

 

Ontem foi a estreia do filme mais aguardo do ano e , como não poderia deixar de ser, o L’Explorateur foi lá conferir e veio rapidinho aqui contar tudo para quem ainda não viu…

Ai, gente… O que dizer sobre esse filme que mal estreou e eu já considero pakas? ❤ (insira aqui um suspiro apaixonado).

Gente, eu sou mais do que suspeita para falar dele pelo simples fato de ter a participação da Arlequina e do Coringa mas, eu juro que vou tentar fazer o meu melhor por vocês aqui, ok? Então, tá. Respira fundo e vem comigo…

 

Esquadrão Suicida

524164

“Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de meta-humanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das “convocadas” por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar o amor de sua vida: Arlequina.”

O filme tá tipo, FODA!!! Não tem outra palavra para descrever e, sim, eu sei que a crítica anda detonando, falando mal para caramba mas, fala sério, ele está tudo de bom!! A trilha sonora é um espetáculo e vocês sabem o quanto a gente ama música por aqui, né? Eu achei que depois de 50 Tons de Cinza nenhum outro filme iria me ganhar no quesito trilha sonora mas me enganei PROFUNDAMENTE!

Tem humor, tem ação (colega, a quantidade de tiros disparados nesse filme, não dá nem pra começar a imaginar, é de deixar o Rambo morrendo de recalque), tem magia, tem superação, tem prova de amizade e laços familiares e, como não poderia faltar, tem romance (sim, vai ter romance entre Coringa e Arlequina, sim e se reclamarem, eles ainda casam e vão ter dois filhos).

Teve uma coisa que eu reparei no filme e que, se vocês prestarem um pouco de atenção, também vão reparar. Algumas cenas que foram para o trailer não foram para o filme. Agora me explica uma coisinha, pra que fazer isso? Pra que colocar no trailer e não colocar no filme? A gente quer ver essa bagaça completa. Me ajuda ai né, colega?

160824693_ffb7c0

Eu sou apaixonada pelo casal Coringa e Arlequina e, durante o filme, tem algumas cenas que são somente deles dois, no mundinho deles e que mostram que, mesmo o Coringa sendo um tremendo louco FDP, ele realmente gosta da Arlequina e faz de um tudo pra ter ela de volta. Fora que o filme explica (pra quem não sabe) como eles se conheceram e como surgiu esse caso de amor e ódio que paira sobre eles. É muito amor por um casal de vilões! ❤ ❤

GIF_suicide_squad_first_look_7

Você sabe o que eles dizem sobre os loucos…

Falando sobre Coringa, a interpretação do Jared Letto foi espetacular! Adorei vê-lo fazendo o papel do #MeuMalvadoFavorito no cinema e o melhor de tudo é que ele não desmereceu os anteriores, muito pelo contrário, ele manteve o nível. Acho que cada filme tem o Coringa que precisa e cada ator que o interpreta, coloca uma “essência” de si diferente no personagem e a do Jared fez meu coraçãozinho morrer de amores, com sua pegada menos dark do que a do Heath Ledger (saudades), um pouco mais “clean” e engraçada, mas não tão puxada para a comédia, como a do Jack Nicholson, até porque, são Coringas diferentes, de universos distintos. O do Esquadrão Suicida, por exemplo, é mais puxado para um gângster, é um vilão no auge da vilania, por cima da carne seca, mais malvado e embriagado pelo poder do que um palhaço sociopata louco.

A Amanda Waller da Viola Davis também é outra que rouba a cena do filme. Mano, ela dá mais medo do que a vilã em si. Cada vez que aparece, ela comprova que não liga de passar por cima do que ou de quem for para conseguir o que quer e muito menos tem medo de enfrentar adversários maiores do que ela. A mulher é uma rocha, mano… Dá medo real!

Amanda-Waller-suicide-squad-39485751-480-200

Agora, outra que deu o nome realmente nesse filme foi a Margot Robbie com sua Arlequina. Mesclando momentos de loucura, com momentos de lucidez e até amor pelo próximo, ela roubou a cena e nos deixou caidinhos por ela…

rVVbO_

Agora, vamos falar um pouco sobre os pontos em eu acho que a crítica especializada teve razão:

  • A apresentação dos personagens ficou um tanto quanto apressada. Ela acontece na forma de flashbacks, enquanto a personagem de Viola Davis apresenta seu plano de formar o Esquadrão. Só que não precisava ser tão flash assim, né? Tem umas animações no meio que ressaltam alguns pontos sobre os personagens e elas aparecem tão rápido, que mal deu tempo de ler.
  • A edição não é das melhores. Caso você não saiba, algumas partes do filme forma refilmadas e ele ganhou cenas novas também. Acho que isso tudo ficou meio jogado na tela em uma tentativa de última hora de melhorar o que poderia já estar muito bom.
  • A vilã não está a altura do Esquadrão e a explicação dos motivos de suas maldades é um tanto fraca. Concordo com alguns críticos que disseram que talvez um ditador sanguinário tentando derrubar os Estados Unidos tivesse um efeito melhor. Ou o próprio Coringa como vilão e ter a Arlequina dividida entre pará-lo e ajudá-lo seria mais empolgante.
  • Existiam personagens que só estavam ali para morrer mesmo e eu achei uma perda de tempo divulgá-los tanto quanto os outros.
  • O 3D é completamente dispensável. Para mim, até atrapalhou um pouco, já que a fotografia dark do filme por si só já dificulta enxergar algumas coisas.

Eu até entendo porque os verdadeiros fãs da DC e dos personagens ficaram meio decepcionados. Falta roteiro sim, falta aprofundamento, cuidado, carinho. Dá pra ver direitinho o quanto eles tentaram superar Deadpool, porém, em um balanço final, se você não leu os HQs e só quer ver mais um filme muito, mas muito maneiro mesmo de super-heróis, vale o ingresso sim! O meu valeu! E valerá de novo, porque eu vou voltar ao cinema por esse filme, porque fazia muito tempo que um filme não me deixava de boca aberta no cinema, querendo mais. Os pontos negativos estão aí mas não atrapalham em nada o divertimento.

Agora, se você esteve perdido em algum lugar na Lua e não viu o trailer, confere aí abaixo e dá só uma olhada no que te aguarda na telona mais próxima:

Agora só nos resta aguardar da maneira mais calma possível, o filme sair em DVD e BlueRay para a felicidade ser completa.

W4YBody

Aguardando de boas aqui…

E só pra deixarem vocês com um gostinho do que você vai ouvir pelo cinema, sente essa batida …

Eu não sei porque, mas esse clipe tem uma pegada de Bad Blood da Taylor Swift. Acho que é só pelo fato dela também ter um Squad! 

PS: FICA DEPOIS DO FIM QUE TEM CENA PÓS CRÉDITO!

Se você ainda não foi ver, corre pros cinemas porque o filme, em termos de entretenimento, tá espetacular! Valeu a espera…

BEDA2016

AssinaturaPamella

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s