Fim do #BEDA2016 e Sorteio de Aniversário #BEDA31

Hey pessoas!! Como Vão??

 

Caramba, amigos! Quem diria, lá no comecinho do mês, que a gente conseguiria realizar essa loucura que é arrumar um assunto para falar todos os dias de um mês, hein? Ainda mais em agosto, que é esse mês eterno, né? Hahahaha…

Pois a gente não só conseguiu cumprir nossos objetivos como, de quebra, ainda ganhamos mais experiência no mundo “blogosférico”, conhecemos melhor colegas blogueiros e seus blogs incríveis, ganhamos elogios de quem nos acompanhou e ainda conseguimos sair dessa experiência com um saldo positivo de criatividade para novos posts, ou seja, só coisas boas!

Muitos de vocês não sabem, mas nós só entramos nessa onda de BEDA porque em agosto o L’Explotareur completou 2 anos de vida e a gente não conseguiu pensar em nada melhor para comemorar a data do que simplesmente blogando… Muito… Hahahaha…

Mas é claro que não vai ficar só nisso, né? Para fechar esse mês de festa com chave de ouro e abrir as portas para setembro, que é outro mês de festa (meu aniversário ❤ ), vamos de sorteio?

Bom, como vocês sabem, somos maníacas por livros por aqui e, como não poderia deixar de ser, estamos animadíssimas com a Bienal do Livro de São Paulo. Bom, eu já dei uma passada por lá, posso dizer que está incrível e trouxe uma coisinha para os apaixonados por livros que ainda não foram ou não vão poder ir:

IMG_0336

Siiim se, além de amante de livros, você ainda for Potterhead, amigo, não fica aí de bobeira e participe do nosso sorteio para ganhar essa sacola do novo livro do universo do bruxinho mais querido do mundo! Mas é claro que não é só isso!

Dentro da sacola vão estar esperando por você:

  • 20 marcadores de páginas coletados por mim ao longo do meu rolê pela Bienal;
  • 2 livros (A Teoria de Tudo e Divergente);
  • Guloseimas para você aproveitar enquanto lê ❤

Para participar é moleza. Basta preencher o formulário abaixo e dar um curtir na fanpage do blog no Facebook.

O resultado sai no dia 20 de setembro e só pode participar quem mora no Brasil, beleza?

E para finalizar, caso você tenha perdido alguma postagem do BEDA 2016, ou queira relembrar alguma que gostou muito mesmo, pode clicar aqui.

Então é isso, exploradores! Participem do sorteio, cruzem os dedinhos e boa sorte!

 

Por hoje é isso e keep exploring!

BEDA2016

Assinaturas

Anúncios

Feel Good: Seis Truques Simples para Comer com Atenção #BEDA30

Oi gente, tudo bem?

 

Vocês repararam como a gente aproveitou esse BEDA para aprender um pouco sobre como melhorar a nossa relação com a comida e usá-la a nosso favor para atingirmos nossos objetivos?

Bom, para não perder o fio da meada e fechar esse assunto com chave de ouro, hoje eu quero compartilhar com vocês seis estratégias que tem tudo a ver com o que a gente já viu por aqui e vão nos  ajudar a não exagerar no momento da refeição.

Eliminar os quilos em excesso sem sofrer com dietas radicais – ou seja, sem passar fome – está muito ligado com a forma com que você se relaciona com a comida. Se você costuma comer assistindo televisão, lendo jornal ou se atualizando nas redes sociais, é bom rever esse comportamento.

Quando não voltamos nossa total atenção para a comida, acabamos por comer porções cada vez maiores, sem considerar o sinal de saciedade enviado pelo corpo. Já aconteceu de você terminar a refeição e sentir o estômago estufado? Sabe aquele mal-estar que faz você se perguntar o por que comeu tanto?  O que aconteceu é algo fácil de se explicar. Em algum momento dessa refeição, o seu corpo indicou que já estava saciado, ou seja, que você já poderia parar de comer, mas provavelmente você estava distraído demais para perceber esse sinal…

E o comer em excesso tem como consequência os quilos em excesso. É uma lógica simples. Nosso organismo possui mecanismos eficientes de controle de peso, mas devemos saber usá-los. Então, utilizando tudo que já aprendemos até agora sobre alimentação, aqui vão os seis truques definitivos para não exagerar na hora da refeição…

 

1. Separe um tempo para suas refeições

Reserve em sua agenda diária, no mínimo, 25 minutos para cada refeição. E se possível, sente-se à mesa em companhia de pessoas queridas.

 

2. Desconecte-se

Se afaste de tudo o que pode distrair sua atenção: desligue a televisão e o tablet, guarde o jornal para mais tarde, desconecte o Facebook e o Instagram, e silencie o WhatsApp.

mulher-comendo-salada-mulher-saudavel-1386882374364_956x500-e14132179547111

3. Reduza o tamanho das porções

A gente já falou isso por aqui, lembram? Então, vamos recapitular: utilize pratos, copos e talheres menores. Sirva-se da metade da porção que esta acostumado. Coma e só então, se necessário, sirva-se novamente. Não há necessidade de encher o prato de comida, isso muitas vezes nos leva a comer além do necessário para que não haja desperdício, por isso reduza as porções.
4. Abuse das cores

Um prato colorido oferece uma grande diversidade de nutrientes ao organismo e a oportunidade de experimentar e combinar novos sabores. Para relembrar como montar o prato ideal, clique aqui.

prato-saud-vel (1)

5 . Desacelere

Leve à boca pequenas quantidades de alimento, descanse os talheres no prato e mastigue lentamente.

6. Desfrute

Saboreie os alimentos, observe suas cores, as diferentes texturas e aromas. Faça da refeição uma experiência memorável.

 

E é isso, pessoal! Dicas devidamente recapituladas e anotadas? Então, bora colocar em prática!

 

Beijos e até a próxima!

BEDA2016

Assinaturas

Top 5: Músicas que eu não lembrava que gostava #BEDA29

Hey pessoas!! Como vão??

 

Não vou começar a encher o saco de vocês falando sobre como música é um troço muito importante na minha vida porque isso todo mundo já está cansado de saber, né?

Todo viciado em música como eu vai se identificar quando eu disser que eu estou sempre atrás de novidades para as minhas playlists e isso acaba fazendo com que algumas músicas, que já foram muito importantes para mim um dia, acabem ficando esquecidas, afinal, o velho precisa sair para dar lugar ao novo, né?

E foi num desses rolês pela internet atrás de músicas novas que eu me deparei com umas mais antiguinhas e que eu nem lembrava mais do quanto eu gostava. E quando eu digo gostava, eu REALMENTE gostava, tipo, ouvia todo santo dia…

Bora descobrir meus tesouros escondidos?

 

1. Kaiser Chiefs – Ruby

Essa daqui vem para o topo da lista porque eu amava essa música na época do colégio e depois parei completamente de ouvir… Aí, depois de um tempão, quando eu ouvi de novo, foi uma explosão, como se fosse a primeira vez… ❤

 

2. Shakira – Las de La Intuición

Meu Deus!! Eu amava essa música!!

 

3. The Killers – Read My Mind

Essa daqui me acompanhou durante todo o meu primeiro ano de faculdade…

 

4. Daft Punk – One More Time

Teve uma época de minha vida em que eu estava muito ligada em música eletrônica e essa era uma das minhas favoritas…

 

5. T.I. feat. Keri Hilson – Got Your Back

Sabe quando você vê o nome de uma música, sabe que conhece, mas não se lembra de como ela é? Aí você coloca para tocar e descobre que lembra a letra TODA! Hahaha… Amava essa música…

 

Caramba, como é bom relembrar as coisas, né? Principalmente porque algumas dessas músicas marcaram épocas bem importantes da minha vida, então, quando eu as ouvi depois de um tempão, foi como ver aquelas épocas passando na minha frente…

E aí, tem alguma música que vocês costumavam amar mas não ouvem faz um tempão? Conta aí nos comentários…

 

Por hoje é isso e keep exploring!

BEDA2016

Assinaturas

 

Larica: Brigadeiro de Doce de Leite #BEDA28

Hey pessoas!! Como vão??

 

Bem-vindos à última Larica dessa nossa loucura chamada BEDA 2016!

Eu já conheço a receita de hoje há bastante tempo, o problema foi o sumiço do cabo da bendita da minha câmera (sim, eu sou old school o bastante para usar uma câmera) que me impediu de passar as fotos da receita para o computador e postar antes…

O motivo pelo qual eu decidi resgatar essa receita para postar e tirar novas fotos (dessa vez, com o meu celular) é que, já que esta é a última Larica do mês, e este foi o mês de aniversário do blog, por que não uma receita um tanto… Festiva, por assim dizer?

Afinal, quem não gosta de brigadeiros, né?

 

Brigadeiro de Doce de Leite

1 lata de leite condensado

200g de doce de leite

1 colher de manteiga ou margarina

Coco ralado para decorar

 

Modo de preparo

 

1. Com o fogo baixo, derreta a manteiga/margarina em uma panela.

IMG_0318

2. Acrescente o doce de leite e o leite condensado e mexa sem parar.

2016-08-27

3. Mantenha o fogo baixo e continue mexendo até o ponto de brigadeiro, que é quando a mistura fica um pouco mais escura e começa a desgrudar da panela quando você a vira levemente.

IMG_0325

4. Coloque em um prato e deixe esfriar completamente.

IMG_0326

5. Depois de frio, é só enrolar e passar no coco ralado…

IMG_0328

6. E pronto!

IMG_0330

 

Agora é só chamar geral para se acabar de comer esses brigadeiros deliciosos!

Sabem… Por mais que o BEDA seja uma correria, eu até que vou sentir falta de ter uma desculpa para postar essas delícias aqui todo domingo…

Bom… Quem sabe elas não continuam aparecendo por aqui de vez em quando, né? 😉

 

Por hoje é isso e keep exploring!

BEDA2016

Assinaturas

 

Bienal do Livro 2016: Nós Vamos #BEDA27

Hey people, aqui é a Pâmella…

 

Esse ano tem aquele evento que é bem bestinha aos olhos de muitos mas que, para mim, é o maior evento da terra! E como não poderia deixar de ser, nós do L’Explorateur iremos até lá, porém, já aviso de antemão: não iremos como blogueiras (claro que iremos contar tudo pra vocês aqui depois), iremos como as leitoras viciadas que somos.

Por conta disso, decidi vir compartilhar com vocês a pequena lista de livros que tenho em mente. Não que eu vá comprar TODOS eles de uma vez, até porque somos um pouquinho desprovidas de dinheiro por aqui, sabe? E não dá pra sustentar todos os nossos vícios de uma vez só… #TodasSofrem.

Dá só uma olhadinha no que pode vir por aí…

 A Mulher Perfeita é Uma Vaca
(Guia de Sobrevivência Para Mulheres Normais) – 
Anne Sophie Girard

amulherperfeita

“Todo mundo conhece uma mulher perfeita, aquela de modos requintados, corpo esbelto, ativa, culta, sem olheiras… E insuportável. Já você passa a vida toda lutando contra a balança, o chocolate, a preguiça de ir à academia, a falta de tempo, os planos que não dão certo. Você está sempre em busca da perfeição e, no fim, só o que consegue é se sentir infeliz. Pois saiba que ser perfeita é uma ilusão — e o pior: não evita celulite nem flacidez. Ao contrário, pode fazer muito mal à saúde e causar depressão.
Este livro é o guia definitivo para as mulheres imperfeitas — ou seja, para todas as mulheres. Com ele você aprenderá a enxergar em si mesma as qualidades que a mulher perfeita jamais terá: por exemplo, saber como manter a dignidade mesmo estando de pileque, ter a consciência de que um quilinho extra pesa menos em uma alma mais leve e que para conseguir as respostas certas basta não fazer as perguntas erradas.
Um manual prático e infalível criado pelas gêmeas Anne-Sophie e Marie-Aldine Girard, que reuniram nessas páginas todo um vasto conhecimento obtido a partir de extensas pesquisas, levantamentos detalhadíssimos e muitos happy hours com as amigas. As duas abusam da ironia e do humor ácido para derrubar os complexos que mais atormentam as mulheres e ensinar a cultivar uma autoestima indestrutível. Leia e entre definitivamente no mundo das mulheres imperfeitas que sabem desfrutar a vida!” 

A Menina Submersa (Memórias) – Caitlin R. Kiernan

timthumb

” A Menina Submersa: Memórias é um verdadeiro conto de fadas, uma história de fantasmas habitada por sereias e licantropos. Mas antes de tudo uma grande história de amor construída como um quebra-cabeça pós-moderno, uma viagem através do labirinto de uma crescente doença mental. Um romance repleto de camadas, mitos e mistério, beleza e horror, em um fluxo de arquétipos que desafiam a primazia do “real” sobre o “verdadeiro” e resultam em uma das mais poderosas fantasias dark dos últimos anos. Considerado uma “obra-prima do terror” da nova geração, o romance é repleto de elementos de realismo mágico e foi indicado a mais de cinco prêmios de literatura fantástica, e vencedor do importante Bram Stoker Awards 2013. O trabalho cuidadoso de Caitlín R. Kiernan é nos guiar pela mente de sua personagem India Morgan Phelps, ou Imp, uma menina que tem nos livros os grandes companheiros na luta contra seu histórico genético esquizofrênico e paranoico. Filha e neta de mulheres que buscaram o suicídio como única alternativa, Imp começa a escrever um livro de memórias para tentar reconstruir seus pensamentos e lutar contra o que seria “a maldição da família Phelps”, além de buscar suas lembranças sobre a inusitada Eva Canning, sua relação com a namorada e consigo mesma, que evoca em muitos momentos a atmosfera de filmes como Azul é a Cor mais Quente (Palma de Ouro em Cannes, 2013) e Almas Gêmeas (1994), de Peter Jackson. Não se assuste: é um livro dentro de um livro, e a incoerência uma isca para uma viagem mais profunda, onde a autora se aproxima de grandes nomes como Edgar Allan Poe e HP Lovecraft, que enxergaram o terror em um universo simples e trivial – na rua ao lado ou nas plácidas águas escuras do rio que passa perto de casa –, e sabem que o medo real nos habita. Caitlín dialoga ainda com o universo insólito de artistas como P.G. Wodehouse, David Lynch e Tim Burton, e o enigmático personagem Sandman, de Neil Gaiman, com quem aliás, trabalhou, escrevendo The Dreaming, spin-off derivado da obra-prima de Gaiman. A Menina Submersa evoca também as obras de Lewis Carrol, Emily Dickinson e a Ofélia, de Hamlet, clássica peça de Shakespeare, além de referências diretas a artistas mulheres que deram um fim trágico à sua existência, como a escritora Virginia Woolf. Com uma narração intrigante, não linear e uma prosa magnífica, Caitlín vai moldando a sua obsessiva personagem. Imp é uma narradora não confiável e que testa o leitor durante toda a viagem, interrompe a si mesma, insere contos que escreveu, pedaços de poesia, descrições de quadros e referências a artistas reais e imaginários durante a narrativa. Ao fazer isso, a autora consegue criar algo inteiramente novo dentro do mundo do horror, da fantasia e do thriller psicológico. A epígrafe do livro, retirada de uma música da banda Radiohead – “There There” –, diz muito sobre o que nos espera: “Sempre ha´ um canto de sereia que te seduz para o naufra´gio”. A Menina Submersa é como esse canto, que nos hipnotiza até que tenhamos virado a última página, e fica conosco para sempre ao lado de nossas melhores lembranças.” 

Lugares Escuros – Gillian Flynn

CAPA-Lugares-Escuros

“Libby Day tinha apenas sete anos quando testemunhou o brutal assassinato da mãe e das duas irmãs na fazenda da família. O acusado do crime foi seu irmão mais velho, que acabou condenado à prisão perpétua.
Desde aquele dia, Libby passou a viver sem rumo. Uma vida paralisada no tempo, sem amigos, família ou trabalho. Mas, vinte e quatro anos depois, quando é procurada por um grupo de pessoas convencidas da inocência de seu irmão, Libby começa a se fazer as perguntas que até então nunca ousara formular. Será que a voz que ouviu naquela noite era mesmo a do irmão? Ben era considerado um desajustado na pequena cidade em que viviam, mas ele seria mesmo capaz de matar? Existiria algum segredo por trás daqueles assassinatos?
Gillian Flynn intercala a trajetória detetivesca de Libby com flashbacks dos acontecimentos do dia dos crimes com tanta habilidade que o leitor é levado a diferentes direções. Escrito com primor, Lugares escuros não só mostra como a memória é passível de falhas, mas também evidencia as mentiras que uma criança pode contar a si mesma para superar um trauma.”

Objetos Cortantes – Gillian Flynn

Objetos-Cortantes

“Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.
Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado.
Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas.”

O Adulto – Gillian Flynn

download (1)

“Uma jovem ganha a vida praticando pequenas fraudes. Seu principal talento é a capacidade de dizer às pessoas exatamente o que elas querem ouvir, e sua mais recente ocupação consiste em se passar por vidente, oferecendo o serviço de leitura de aura para donas de casa ricas e tristes.
Certo dia, ela atende Susan Burkes, que se mudou há pouco tempo para a cidade com o marido, o filho pequeno e o enteado adolescente. Experiente observadora do comportamento humano, a falsa sensitiva logo enxerga em Susan uma mulher desesperada por injetar um pouco de emoção em sua vida monótona e planeja tirar vantagem da situação.
No entanto, quando visita a impressionante mansão dos Burke, que Susan acredita ser a causa de seus problemas, e se depara com acontecimentos aterrorizantes, a jovem se convence de que há algo tenebroso à espreita. Agora, ela precisa descobrir onde o mal se esconde, e como escapar dele. Se é que há alguma chance.”

Peter Pan Tem que Morrer – John Verdon

peter-pan-tem-que-morrer-minha-vida-literaria

“No mais tortuoso romance policial escrito por John Verdon, o especialista em mistérios David Gurney dedica sua mente brilhante à análise de um assassinato terrível que não pode ter sido cometido da forma como os investigadores responsáveis pelo caso afirmam que foi.
Detetive aposentado do Departamento de Polícia de Nova York, ele precisa cumprir uma espinhosa tarefa: determinar a culpa ou a inocência de uma mulher condenada pela morte do próprio marido.
Ao descascar as diversas camadas do caso, Dave logo se vê travando uma perigosa guerra de inteligência contra um investigador corrupto, um cordial e desconcertante chefe da máfia, uma jovem linda e sedutora e um assassino bizarro que tem a altura e os traços de uma criança – aparência que lhe rendeu o apelido de Peter Pan.
A uma velocidade assombrosa, reviravoltas assustadoras começam a ocorrer e Dave é sugado com força cada vez maior para dentro de um dos casos mais sombrios de sua carreira.”

O Que Fez Minha Melhor Amiga – Lucy Dawson

download

Alice está cansada de ver sua vida social sendo tomada por fins de semana em casamentos e chás de bebê. E quando ela conhece a impulsiva Gretchen, sua vida ganha novos ares e fantásticas possibilidades. Porém, antes que Alice se dê conta, a nova amiga vira seu mundo de cabeça para baixo. Mas Gretchen não é o que aparentava ser e esconde um terrível segredo, que pode colocar muita coisa a perder e ensinar às duas bem mais do que elas desejaram saber sobre os desencontros das amizades femininas.” 

Você (Não) é o Homem da Minha Vida – Alexandra Potter

voce-nao-e-o-homem-da-minha-vida-minha-vida-literaria

“O sonho da maioria das mulheres é encontrar o homem da sua vida. Lucy só quer se livrar dele.
No instante em que Lucy conhece Nate em Veneza, durante o intercâmbio da faculdade, ela tem certeza de que é o amor da sua vida. Com toda a magia do primeiro amor, eles se beijam ao pôr do sol sob a Ponte dos Suspiros, o que, segundo a lenda local, os uniria para sempre.
Passados dez anos, porém, eles perderam contato por completo. Até que Lucy se muda para Nova York, e o destino faz com que se reencontrem. E se reencontrem. E se reencontrem. Mas o Nate atual é muito diferente do que ela conheceu aos 19 anos, e Lucy preferia o antigo.
Será que ele é mesmo sua alma gêmea? Como ela conseguirá se livrar dele? Afinal “para sempre” pode ser muito tempo…
Uma comédia romântica original e mágica sobre o que acontece quando o sonho de toda menina de encontrar sua alma gêmea se torna verdade.”

Garoto Encontra Garoto – David Levithan

Garoto-encontra-garoto

“Paul estuda em uma escola nada convencional. Líderes de torcida andam de moto, a rainha do baile é uma quarterback drag-queen, e a aliança entre gays e héteros ajudou os garotos héteros a aprenderem a dançar. Paul conhece Noah, o cara dos seus sonhos, mas estraga tudo de forma espetacular. E agora precisa vencer alguns desafios antes de reconquistá-lo: ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais ultrarreligiosos que desaprovam sua orientação sexual, lidar com o fato de a sua melhor amiga estar namorando o maior babaca da escola e, enfim, acreditar no amor o bastante para recuperar Noah.”

Dois Garotos Se Beijando – David Levithan

CAPA-Dois-Garotos-se-Beijando

“Do lado de fora da escola, ao ar livre, rodeados por câmeras e por uma multidão que, em parte apoia e em parte repudia o que estão fazendo, Craig e Harry estão tentando quebrar o recorde mundial do beijo mais longo. Craig e Harry não são mais um casal, mas já foram um dia. Peter e Neil são um casal. Seus beijos são diferentes.
Avery acaba de conhecer Ryan e precisa decidir sobre como contar para ele que é transexual, mas está com medo de não ser aceito depois disso.
Cooper está sozinho. Passa suas noites em claro, no computador, criando vidas falsas online e seduzindo homens que jamais conhecerá na vida real. Mas quando seus pais descobrem seu passatempo proibido, o mundo dele desaba.
Cada um desses meninos tem uma situação diferente. Alguns contam com o apoio incondicional da família, outros não. Alguns sofrem com o bullying na escola, outros, com o coração partido.
Mas bem no centro de todas essas histórias paralelas está o amor. E, através dele, a coragem para lutar por um mundo onde esse sentimento nunca seja sinônimo de tabu.”

Bela Distração: Irmãos Maddox – Jamie McGuire

Bela distracao-Irmãos Maddox-Jamie McGuire-Verus Editora-MLNET

“Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga.
Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora.
Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door.
Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez.”

Bela Redenção: Irmãos Maddox – Jamie McGuire

download

“Liis Lindy é uma agente do FBI decidida a se casar apenas com o trabalho. Ela adora sua mesa, está em um relacionamento sério com seu laptop e sonha em ser cumprimentada pelo diretor depois de solucionar um caso difícil.
O agente especial Thomas Maddox é arrogante e implacável, um dos melhores que o FBI tem a oferecer — e chefe de Liis.
Quando Liis e Thomas são encarregados de uma missão em que precisam fingir ser um casal, a atração entre eles chega ao limite — e os leva a questionar quanto realmente estavam fingindo.
Bela redenção é o segundo volume da série que narra a excitante, romântica e por vezes volátil jornada dos Maddox rumo ao amor. Chegou a hora de conhecer o mundo misterioso do esquivo Thomas e descobrir como a paixão pode ser intensa quando você não é a primeira, e sim a última. Além, é claro, de rever os outros irmãos da família Maddox.”

Belo Sacrificio: Irmãos Maddox – Jamie McGuire

FB_IMG_1455648274371

“Falyn Fairchild abandonou seu carro, seus estudos e até seus pais. Filha do próximo governador do Colorado, ela está de volta à sua cidade natal, falida e trabalhando como garçonete em um café. Ao fim de cada turno, ela guarda o que recebeu, esperando um dia ter o suficiente para comprar uma passagem para o único lugar onde pode encontrar redenção: Eakins, Illinois. No instante em que Taylor Maddox entra no café, Falyn sabe que ele trará problemas. Taylor é charmoso, não cumpre promessas e é lindo mesmo coberto de fuligem, fazendo dele tudo o que Falyn acredita que um bombeiro de sucesso deve ser. Mas ela não está interessada em se tornar mais uma em sua lista — e, para um dos Maddox, uma garota desinteressada é o desafio mais atraente de todos. Neste novo livro da série, o foco agora é Taylor, um dos gêmeos, que se envolve com uma garota cheia de segredos — e, pela primeira vez, pode ser ele quem sairá machucado dessa história.”

Beautiful Burn: Irmãos Maddox – Jamie McGuire
(ainda sem título em português)

Beautiful-Burn-Official-Cover

“Recém-saída da faculdade, Ellison Edson caiu até o fundo do poço. Enquanto estava na casa de férias da sua família em Colorado, seu comportamento finalmente chamou a atenção dos seus pais – mas não do jeito que ela esperava. Sem acesso aos milhões que ela sempre deu como certos, e deixada sozinha para cuidar de si mesma, Ellie está cada vez mais fora de controle, cometendo um erro que ela não pode apagar. Como seu irmão gêmeo Taylor, Tyler Maddox é membro do grupo de elite de bombeiros Alpine, combatendo incêndios florestais na linha de frente. Tão arrogante quanto é charmoso, o estilo de vida nômade de Tyler torna fácil limitar suas relações a uma noite. Quando ele conhece Ellie em uma festa local durante a baixa temporada, sua personalidade extrema e atitude desdenhosa o fascinam no início, mas conforme seus sentimentos crescem, Tyler percebe que os demônios interiores da mulher que ele ama podem ser o inimigo mais forte que qualquer Maddox já enfrentou.”

 

Beautiful Funeral: Irmãos Maddox – Jamie McGuire
(ainda sem título em português)

abf-cover

” Onze anos após o dia em que fugiu com Abby para Vegas, o agente especial Travis Maddox oferece seu próprio jeito de fazer justiça ao chefe da máfia Benny Carlisi. A mais antiga e violenta família do crime de Vegas está agora preparando uma vingança, e toda a família Maddox está em perigo. O segredo que Thomas e Travis mantiveram por uma década será revelado ao resto da família, e pela primeira vez os Maddoxes vão estar em desacordo. Embora todos eles sejam familiarizados com à perda, a família cresceu, e o risco é maior do que nunca. Com irmãos contra irmãos e esposas tomando partido, cada membro vai fazer uma escolha — deixar o medo separá-los ou torná-los mais fortes.”

Essa série de livros é a continuação da Saga “Belo Desastre” (prometo falar mais sobre ele aqui antes de falar desses acima, até porque eu sou apaixonada pela família Maddox <3) e tem uma pitada erótica, não é nada comparado a 50 tons de cinza mas, tem seu toque de ousadia.

E é isso galerinha exploradora! Após a Bienal, eu venho correndo contar pra vocês quais foram os livros escolhidos, claro que esses são só alguns da minha pequena grande lista, mas são os que eu achei interessante e os que eu mais quero… ❤

Até a próxima! 😉

AssinaturaPamella

Série: Stranger Things #BEDA26

Hey people, aqui é a Pâmella!

 

Hoje vamos falar sobre a nova série da Netflix queridinha do momento: Stranger Things! Miga, aqui vai uma dica: se você não quer ficar completamente APAIXONADA por essa série, nem termina de ler esse post pois, ela é a coisa mais apaixonante e viciante desse nosso universo. ❤

 

PS: CONTEM SPOILERS!!!!!!! 

stranger-things-banner

Boa parte dos meus amigos estava falando e postando sobre a série nas redes sociais. Depois de muito falarem e me encherem a paciência pra assistir, lá fui eu me aventurar… Preciso dizer que logo no primeiro episódio eu já me apaixonei e maratonei a série em 4 dias (até porque ela é curtinha, tem só 8 episódios). Confesso que quando acabou essa primeira temporada eu fiquei tipo:
giphy

NÃO ACREDITO!!!! Como assim acabou? 

A série é recheada de referências dos anos 80, desde trilha sonora (que eu vou falar sobre ela daqui um minutinho), até pôsteres e cenas que tem um toque dos maiores sucessos da década. Toda trama ocorre por volta de 1983 então, tem muita coisa desse tempo pra prestar atenção. E se você, assim como eu, nasceu depois desse tempo, resta á nós ir atrás de conhecer esses clássicos para entender as referências e, muito provavelmente por conta de Stranger Things, começar a gostar delas.

As principais referências são Os Gonnies e Conta Comigo, mas também há cenas em que podemos ver claramente ET – O Extraterrestre A Chance, filme com o Tom Cruise que aparece em um dos letreiros do cinema. Temos também a Joyce chamando o Will para assistir Poltergeist- O Fenômeno e diversos pôsteres espalhados pelo cenário, como: O Enigma do Outro Mundo, Tubarão, e Evil Dead – A Morte Do Demônio.

Tem também Contatos Imediatos do Terceiro Grau, cuja referência está na trama durante todo o período em que Joyce é chamada de louca por achar que se comunica com o filho pelas luzes (WHAT?) e temos o demogorgon que lembra bastante o queridinho Alien. Como eu disse, o filme é cercado desses pequenos detalhes de outros sucessos e faz quem conhece a década ter uma pequena dose de nostalgia.

A história gira em torno do desaparecimento de Will. Depois de passar a noite jogando RPG junto com Dustin, Mike e Lucas, Will está a caminho de sua casa quando alguma coisa completamente de outro mundo o persegue e ele desaparece.

Mas é óbvio que as coisas não poderiam ser tão simples assim, óbvio! Will encontra um meio de se comunicar com sua mãe, meio que isso que faz com que todos achem que ela está louca com toda a situação. Ele resolve se comunicar com luzes de natal. Claro que antes disso ele ainda tenta usar o telefone mas acho que a conexão no mundo invertido não funciona muito bem.

Além do desaparecimento de Will, um outro personagem também desaparece de forma tão misteriosa quanto: Barbara some depois de ir a uma “festa” junto com Nancy (irmã mais velha de Mike). Nancy se desespera e sai em busca da amiga e conta com a ajuda da pessoa mais improvável possível: Jonathan (irmão mais velho de Will), que apesar de estar preocupado com a mãe achando que ela surtou de vez e desesperado com o desaparecimento do seu irmão, acaba ajudando-a.

Os outros amigos de Will também resolve sair à procura do amigo, mas acabam encontrando Eleven (ou Onze, se bem que Eleven é bem mais bacana), uma garota de cabeça raspada, um pouco perturbada e com super poderes. Quem não gostaria de ter uma amiga assim, não é?

tumblr_oazecff1Lp1s3sirmo2_540

“Ela é nossa amiga, e ela é louca!”  

O mais bacana de toda a série é que foca bastante no código de amizade que os meninos usam entre eles e o que acontece quando eles sentem que a amizade deles é ameaçada. Fora as maravilhas de descobrir o primeiro amor e ter o coração partido. Tudo junto e misturado.

O delegado que cuida do caso do desaparecimento também tem um papel bastante importante durante a trama e um passado bastante confuso que eu espero que seja explicado na próxima temporada. Sim minha gente, a Netflix já confirmou a próxima temporada, só não está muito claro quando ela vai ser lançada mas, ficamos ai no aguardo para descobrir mais coisas.

Eu não sei dizer se a série é terror, se é mistério, se é ficção, não tem como definir esse seriado. Ele é uma perfeita incógnita, assim como toda a sua trama. Você passa boa parte do tempo tentando adivinhar o que vai acontecer em seguida, o que eles vão descobrir, da onde vem a Eleven e qual será o segredo dela, ou como o Demogorgon conseguiu uma passagem para o mundo real… É muita coisa para se apaixonar, muita coisa para prestar atenção, é muita coisa para viver junto em tão poucos episódios.

Dêem uma olhada nos trailers da série e me contem se não da uma vontade louca de assisti-la:

 

 

E o que dizer dessa trilha sonora que eu mal conheço e já considero pakas? Puro amor ❤

Claro que a trilha sonoro seria recheada de sucessos dos anos 80, e se você não conhece nenhum, pode se preparar porque você vai passar a conhecer e a adorar essa década.

E essa é a música que não vai sair nunca da sua cabeça. Ladies and Gentleman, enjoy it!

 Ah! Vocês sabem quem elogiou essa série, ninguém menos que Stephen King! E se o rei do terror recomendou, está recomendado.

E se você teve paciência de ler esse post até aqui, vou indicar para vocês um outro site que descreve real todos os sentimentos de um viciado em Stranger Things, só clicar aqui e se divertir com essas reações.

E por falar em diversão, o marketing da série está de parabéns, da uma olhada nesse site aonde você pode criar sua própria frase nas luzes, só clicar aqui e se divertir com suas frases.

Se você ainda não foi ver essa série mais que perfeita, aqui vai um recadinho diretamente do mundo invertido para você:

stranger-things-3

Corre cambada! 

Por hoje é só, exploradores. Até a próxima :*

AssinaturaPamella

Livro: Delicia, Delicia (Cupcake Clube #1) – Donna Kauffman #BEDA25

Hey people, aqui é a Pâmella…

 

Para todos aqueles que não sabem, o sonho desta que vos fala sempre foi ser uma chef de cozinha. Eu amo cozinhar, tenho imenso prazer em ir pra cozinha, pegar um punhado de coisas aleatórias e transformar em uma refeição. E, não importa o meu estado de humor, cozinhar sempre foi uma terapia pra mim.

Então, imaginem vocês o quanto eu não fiquei encantada por essa capa? O quanto não aguçou a minha curiosidade em ler/ter o livro pra mim? Mesmo que eu não fosse ler imediatamente (porque a lista de livros não lidos na estante é enorme), eu queria porque queria esse livro. Então eu comprei! Simples assim.

Agora vem aquela parte que vocês amam nessa louca compulsiva por livros aqui, a resenha dessa coisinha mais fofa de todas… ❤

Ps: Para quem não gostava de romances, até que eu tô parecendo a versão feminina do Nicholas Sparks…

 

Delícia, Delícia

delicia valentina

“Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne (também conhecido como “Chef Hot Cakes”) o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária.
O problema é que ele escolheu filmar na Cakes By The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico — que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja –, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas. Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras…
Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor.
No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe.
Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa.
Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar.
É hora de praticar boloterapia!!!”

Agora vamos falar sobre essa história cheia de clichês, receitas e super fofinha…

Leilani Trusdale é uma famosa pâtisserie que, após seu pai ter um problema de saúde, resolve sair de Nova York e ficar na pacata cidadezinha de Sugarberry. Lá ela realiza o sonho de ter seu próprio negocio e abre a Cake by the Cup, sua própria confeitaria especializada em cupcakes. E quem não gosta de cupcakes, não é verdade?

Porém, a doença de seu pai não foi o único motivo que fez Lani resolver deixar NY… Seu ex chefe, Baxter Dunne, mais conhecido como Chef Hot Cakes, o chefe mais gostoso de todos os programas culinários e dono de um dos maiores restaurantes da cidade, também foi um dos motivos que a levaram a tomar essa decisão. Lani se viu trabalhando à frente do restaurante de um homem famoso e, por ser mulher, logo surgiram aquelas fofocas que geralmente surgem quando uma mulher obtém sucesso ao lado de um cara: todos os jornais da cidade diziam que ela tinha feito o teste do sofá para ser tão bem sucedida em tão pouco tempo.

Como se não bastassem as fofocas, Lani se apaixona por Baxter (of course!!) ou seja, a situação não podia ser pior e o momento mais oportuno para uma mudança.

Lani está lá, feliz da vida na sua confeitaria, ao lado do pai, vivendo a vida que sempre quis, tranquila e fazendo o que gosta na cidade mais parada do universo, até que em uma madrugada (sim minha gente, no meio da madrugada), Baxter surge de surpresa no meio da sua cozinha e faz a vida da garota virar de ponta cabeça.

Gif resenha delícia, del[icia

Agora vem a parte em que vocês estão pensando que ela fez de um tudo para ficar com ele, não é mesmo? Errado, caro leitor! Baxter chega todo cheio de amor para dar, se declarando e dizendo que só levou o seu programa pra estrada como pretexto de ficar mais perto da amada, mas Lani não se convence e fica naquela coisa de “Isso nunca vai dar certo”, “Ele tá louco, como um cara desses gostar de uma garota como eu?” e todas essas inseguranças bestas que nós, mulheres, às vezes temos perto do crush.

E o que você faz quando não sabe o que fazer? Exatamente, chama #azamiga e faz boloterapia. A melhor forma de pensar na vida e tentar resolver a situação. No meu caso, eu compro um pote de sorvete, sento na frente da televisão e assisto um monte de filmes tristes e que te fazem chorar do começo ao fim.

As melhores personagens do livro são, definitivamente, Charlotte e Alva. Charlotte por ser aquela best que, quando precisa, fala umas verdades (mesmo que para dizê-las ela precise estar levemente alterada) e Alva, por ser uma senhora de uns 80 anos que tem muita ousadia e é cheia de vida. Elas dão um sentido todo diferente à história e fazem ela ser bem mais divertida, fazendo com que valha a pena cada segundo que você ficou ali, com o livro na mão.
clube_do_cupcake_boton_redondo_5_08cm-r025a3f7280b64e1fa41df409e64962dc_x7j3i_8byvr_630

Agora, vamos aos pontos negativos:

Por que raios de motivos Lani precisava ficar a todo momento dizendo o quanto ela não ia dar certo com o Baxter? Miga, se joga!!  Ela podia ter aproveitado bem mais se não tivesse passado tanto tempo falando sobre a distância e o programa, a confeitaria, o pai, as diferenças e o quanto ele poderia tê-la defendido das fofocas e blábláblá.

A dinâmica do casal não funciona como esperado, não senti aquela química toda, sabe? Acho que foi mais pelo motivo anterior que acaba fazendo com que a gente fique com isso na cabeça.

O fato de haver uma cobrança em cima de Lani pra que ela largue a confeitaria, que volte pra NY só porque o boy quer, francamente… Gente, e daí que ela tem potencial para bem mais do que um simples cupcake? É o que ela gosta de fazer, é o que ela quer fazer. Por que ela deveria largar tudo isso? Só porque o boy quer? Só porque acham que ela não deveria passar o resto da vida fazendo cupcakes? Achei desnecessário isso, sem contar que ficou um pouco machista… Ninguém cobrou o Baxter para ele deixar o restaurante dele de lado, ou o programa, ou o título de chefe mais gostoso…

E só para finalizar, esses autores têm algum problema sério que faz com que eles não consigam fazer somente um livro. Fuçando na net pra ver se tinha mais algum livro da autora, descobri que isso é uma série: a Cupcake Club. Ou seja, ainda tem mais três livros a serem lançados… Tchau salário!!

Eis a sinopse das sequêcias…

Ps: tradução by Google Translator.

Sweet Stuff  

Riley Brown nunca imaginou que iria encontrar-se bem-aventurada na tranquila Sugarberry – Ilha da Geórgia – depois de anos de vida na cidade de Chicago. Com uma nova carreira e fantásticos novos amigos , ela tem tudo, exceto pretendentes. Mas um show de encenar uma casa de praia renovado oferece dois metros de olhos azuis deliciosos, escritor lindo e gostoso como uma deliciosa torta de pecan. Quinn Brannigan veio a Sugarberry para terminar o seu último romance em paz, e de repente Riley tem um gosto para o autor bad boy que nenhuma quantidade de mocha buttercream latte ou mousse de limão irá satisfazer … Os amigos de Riley estão torcendo por ela ceder a seus desejos e apimentar a sua vida, mas é Quinn quem precisa aprender o menu que a vida pode incluir no amor, em todas as suas decadências e sabores irresistíveis …

“BabyCakes

Chocolate Molten, canela apimentada, pão de Gengibre … Você não pode parar em apenas um.
Kit Bellamy foi criada em meio a tortas. Tortas de Amendoim da Mamãe Sue, para ser mais exato, a empresa familiar que seu intrigante cunhado fez ser vendida e levada por àgua a baixo. Agora Kit precisa de uma nova receita para a sua vida, e a sonolenta ilha de Sugarberry é o primeiro ingrediente. Correndo para conseguir novos pedidos de cupcake do Babycakes é uma chance para começar seu negócio de novo, até que ela conhece o alto, moreno e adorável advogado Morgan Westlake. Novo na ilha em que ele leva sua afilhada para viver, ele é tão delicioso como qualquer das criações de Kit. É apenas uma sorte que ele seja a semente do escritório de advocacia que muito ajudou a esmagar seus sonhos. Felizmente, os novos amigos de Kit pode garantir-lhe que Morgan não é um tipico Westlake e que mesmo os advogados, para não mencionar pais solteiros, precisam de romance. Se Kit pode apenas ser persuadida a seguir o seu apetite e definir um outro lugar para suas férias de mesa de seus sonhos mais doces apenas pôde vir a ser verdadeiro. (?)

“Honey Pie 

Chips de chocolate, caramelos, limonada com morango, manteiga de rum. Não existe culpa quando se está em outra deliciosa sessão de boloterapia com as mulheres do clube do cupcake.
Quando Mel D’ Amourvell herda a propriedade na pequena ilha de Sugarberry, ela está preparada para começar uma nova vida. Seu plano é simples: fazer uma casa, abrir uma loja, e talvez, finalmente, encontrar um lugar para pertencer. Mas o edifício que agora é dona é alugado a ninguém menos que a proprietária de Babycakes, o que significa seu lugar já está ocupado. Mel não é certeza de como criar raízes quando ela não tem espaço para plantar. Mas o sexy, mecânico de coração mole Dylan Ross parece determinado a ajudar. Ele é tudo o que ela nunca imaginou que iria encontrar em um homem, e cada beijo é mais convincente do que o último. Cedo demais, Mel se torna outro ingrediente importante no mix picante do Clube do Cupcake. Mas será que Dylan irá convencê-la que o que ela mais anseia é o seu amor?” 

Eu gostaria muito de saber qual o doce que tem em Sugarberry. Aparentemente todos os livros terão a pequena ilha como cenário. Agora, só nos resta aguardar e ver o que essas novas histórias nos reservam ou se, pelo menos, elas serão lançadas por aqui.

Apesar de ser bastante clichê e ter “continuação”, eu gostei do livro. Portanto, nosso nível de amor é esse:

4corações

Você pode comprar o seu clicando aqui.

AssinaturaPamella