Barulho: Beyoncé – Lemonade

Hey pessoas!! Como vão??

 

Se você esteve vivendo em uma caverna durante a última semana (ou ainda não leu o Barulho da semana passada, shame on you), então não está ciente de que a rainha Beyoncé lançou no sábado, dia 23 de abril, sua mais nova obra-prima intitulada de Lemonade.

O lacre foi tamanho que, enquanto este post aqui ainda acontecia só na minha cabeça, Queen Bey batia uma série de recordes com um trabalho que tem pouco mais do que uma semana de vida. Mas isso não é surpresa, afinal, rainha é rainha e conforme prometido semana passada, hoje vai ter faixa a faixa de Lemondade contando um pouco do que eu descobri sobre cada música e do que eu achei dela quanto fã apaixonada! 😉

 

 

Beyoncé – Lemonade
LEMONADE

Clique na imagem para ver o filme

Pray You Catch Me

prayyoucatchme

Em Pray You Catch Me, Beyoncé está desconfiada da traição do marido e está rezando para que um confronto enfim aconteça e as coisas fiquem às claras. A música de abertura do álbum é uma balada melancólica e cheia de significado, do tipo de música que você acaba se perdendo em pensamentos enquanto ouve.

Nothing else ever seems to hurt like the smile on your face
When it’s only in my memory
It don’t hit me quite the same
Maybe it’s a cause for concern

Hold Up

holdup

Em Hold Up eu senti um certo alívio. Pensei que a melancolia da primeira música fosse tomar conta do álbum mas tive uma grata surpresa ao me deparar com essa música contagiante e de letra ácida…

How did it come down to this?
Going through your call list
I don’t wanna lose my pride, but I’mma fuck me up a bitch
Know that I kept it sexy, and know I kept it fun
There’s something that I’m missing, maybe my head for one

Don’t Hurt Yourself

donthurtyourself

Beyoncé cantando rock! E não é um mero cover como os que a gente já viu em seus shows. Ela está furiosa e não existe jeito melhor de botar o ódio para fora do que  com um bom e velho rock-pé-na-porta… E para tanto, ainda conta com a ajuda de Jack White, do White Stripes.

Bad motherfucker, God complex
Motivate your ass call me Malcolm X
Yo operator, or innovator
Fuck you hater, you can’t recreate her no

Sorry

sorry

E temos um single! Essa foi uma das músicas que mais gerou polêmica até agora por causa do verso em que Beyoncé manda o boy ir procurar a “Becky do cabelo bom” o que deixou imprensa e fãs em polvorosa tentando decifrar quem é a tal Becky. Enquanto ninguém descobre, só nos resta fazer como a tenista Serena Williams faz no clipe e nos esbaldarmos dançando essa delícia de música…

“Middle fingers up, put them hands high
Wave it in his face, tell him, boy, bye
Tell him, boy, bye, middle fingers up
I ain’t thinking ‘bout you”

6 Inch

6inch

Essa foi uma das músicas que mais me chamou atenção enquanto eu assistia o filme que deu origem ao álbum. A sensação que eu tenho é que àquela altura dos acontecimentos, ela sentia que não tinha mais nada a perder. Além da letra carregada de amargura, a música ainda conta com a participação do The Weeknd, o que já a tornou minha favorita.

“Six inch heels, she walked in the club like nobody’s business
Goddamn, she murdered everybody and I was her witness”

Daddy Lessons

daddylessons

Tá aí uma coisa que eu jamais pensei que ia gostar: Beyoncé cantando country music. Para quem não sabe, ela nasceu em Houston, no Texas, onde este tipo de música é muito apreciado. Então, por que não resgatar suas raízes ao cantar uma música que, teoricamente, fala sobre seu pai? Eu disse “teoricamente” porque Bey não admitiu que a música trata de Matthew Knowles, mas quem sabe, sabe…

“Came into this world
Daddy’s little girl
And daddy made a soldier out of me
Daddy made me dance
And daddy held my hand
And daddy liked his whiskey with his tea”

Love Drought

lovedrought

Então, se continuarmos supondo que este álbum conta a história de um casal passando por uma crise depois de uma traição, acho que essa música seria aquela que fala de saudade e da vontade de voltar ao que era antes. Acho que foi uma forma de ela dizer que, apesar dos pesares, ainda acreditava na força do amor. Não é uma das minhas favoritas do álbum mas é bem bonita…

“Ten times out of nine, I know you’re lying
But nine times outta ten, I know you’re trying
So I’m trying to be fair
And you’re trying to be there and to care”

Sandcastles

sandcastles

Até aqui acompanhamos todas as fases de uma história sobre um coração partido pela traição. Passamos pela apatia, pela raiva e pela sede de vingança, até chegarmos à saudade e à esperança. O que falta, então? O perdão. Sandcastles é a música do recomeço, como podemos ver no vídeo simples e cheio de simbologia. Linda, mas também não é uma das minhas favoritas, mas isso é porque eu tenho antipatia por músicas muito lentas, hahaha…

“Dishes smashed on my counter from our last encounter
Pictures snatched out the frame
Bitch, I scratched out your name and your face
What is it about you that I can’t erase, baby?”

Forward

forward

Quando ouvi esta breve faixa do álbum, senti como se fosse tudo aquilo que o título significa: Beyoncé estava seguindo em frente. A música não é das mais marcantes mas as imagens emocionam por serem feitas de mulheres negras que perderam entes queridos vítimas da violência.

“Forward
Best foot first just in case
When we made our way ‘til now
It’s time to listen, it’s time to fight”

Freedom

freedom

Ah, uma das melhores músicas do álbum, com a mais absoluta certeza! Depois de “Forward” carregar toda a tristeza da violência que ainda cerca a vida da população negra, Freedom vem como um hino, um grito de força e liberdade. É tanto poder que essa música me arrepia todas as vezes que eu ouço! As imagens são belíssimas e traduzem toda a força da letra da música.

“I break chains all by myself
Won’t let my freedom rot in hell
Hey! I’ma keep running
Cause a winner don’t quit on themselves”

All Night

allnight

E estamos de volta à situação do casamento de Beyoncé e Jay Z! Caso alguém aí estivesse se perguntando, All Night vem para fechar as a lista de músicas que falam do relacionamento dizendo que, depois da tempestade, está tudo muito bem resolvido, obrigada, de nada… No vídeo, as imagens de casais apaixonados e imagens dos próprios Jay Z e Beyoncé estão mescladas a imagens dela cantando em uma paisagem bem mais iluminada do que o resto do vídeo, o que nos leva a crer que o amor venceu, no final das contas…

“Give you some time to prove that I can trust you again
I’m gonna kiss up and rub up and feel up
Kiss up and rub up and feel up on you
All night long”

Formation

formation

Siiiim, o lacre entrou para o álbum! Minha opinião sobre “Formation” você lê aqui.

Eita, post grande! Mas com Queen Bey não tinha como ser diferente, né?

Para ler mais sobre as referências visuais e curiosidades sobre o álbum, clique aqui. Para as letras completas das músicas, clique aqui.

Por hoje é tudo isso e keep exploring!

Assinaturas

Anúncios

2 comentários sobre “Barulho: Beyoncé – Lemonade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s