Filme: Deadpool [+16]

Hey people, aqui é a Pâmella.

 

Esse filme  não é recomendado para menores de 16 anos.

Há exatamente um mês atrás foi a estreia, mais do que recordista, do filme do anti-herói mais perfeito do mundo e, como não podia deixar de ser, nosso blog foi lá conferir esse sucesso.

 

Deadpool

deadpool-fox-anuncio-segundo-trailer-04

“Ex-militar e mercenário, Wade Wilson (Ryan Reynolds) é diagnosticado com câncer em estado terminal, porém encontra uma possibilidade de cura em uma sinistra experiência científica. Recuperado, com poderes e um incomum senso de humor, ele torna-se Deadpool e busca vingança contra o homem que destruiu sua vida.”

Já começo dizendo que, eu não fazia ideia desse filme ou da existência do Deadpool, até uma colega de trabalho ficar contando os dias e as horas pra estreia, portanto, podem esperar um post despretensioso sob a visão de uma “não fã”.

Bom, se você já conhece Deadpool, sabe que o filme é divertidíssimo. Você dá risada desde os créditos de abertura até as cenas pós créditos, porém,  se você não gosta muito de sacanagem, palavrões e frases de duplo sentido, acho melhor nem ir ao cinema, pois,  o filme é recheado de ambos.

O filme conta a história de Wade Wilson, um mercenário de coração “quase bom” (é tipo aquela música do 1%, só que ao contrário. Wade é 99% vagabundo mesmo…) que se apaixona por uma prostituta chamada Vanessa Carlysle. Ao ser diagnosticado com um câncer em estado avançado, o que lhe deixa com pouco tempo de vida, recebe uma proposta para participar de um experimento que promete uma cura milagrosa para sua doença.

Acontece que nem tudo são flores e o tratamento tem efeitos colaterais. Além disso, por conta de seu senso de humor sarcástico, que lhe rende a antipatia justamente do cara que comanda o experimento, o resultado que acontece com Wade acaba passando um pouco longe do esperado.

Então, curado do câncer, mas dotado de poderes sobre-humanos e com o rosto desfigurado, Wade decide ir atrás do cara responsável pelo resultado um tanto quanto insatisfatório do experimento. E no meio disso tudo, porque ele é 1% #muitoamor, Wade se sente inseguro com sua aparência e decide se fingir de morto para sua namorada.

O combo vingança justificada+amor impossível+sarcasmo+cenas incríveis de luta fez de Deadpool uma gratíssima surpresa.

Deadpool interage com o público durante boa parte do tempo, sempre com algum comentário sarcástico ou perguntas que te fazem ter vontade de responder mais do que imediatamente.

 

giphy

As cenas de ação são caprichadas, com direito a câmera lenta e detalhes bem sórdidos. E o Ryan Reynolds foi outra surpresa, já que eu nunca gostei da atuação dele (que é basicamente a mesma em todos os filmes). Ele deu vida ao Deadpool no sentido menos clichê possível da palavra.

O roteiro é outro ponto positivo, uma vez que, ao fazer piada de tudo e de todos, inclusive do próprio Ryan, e não ter medo nenhum de ser politicamente incorreto e nem de rir de si mesmo, te faz entrar de cabeça na brincadeira e amar Deadpool de cara. Não estranhe se achar que a história, que é contada através de flashbacks e sem seguir uma linha de raciocínio, é um pouco previsível, porque eu acho que esse filme funciona mais como uma apresentação do personagem do que qualquer outra coisa. O que alimenta ainda mais os rumores de um possível “Deadpool 2″…

Sabe aquele amigo que zoa todo mundo mas que ninguém fica com raiva porque ele sabe zoar direito? É o Deadpool, conhecido no mundo geek/nerd como o “mercenário tagarela” por sua atitude totalmente #semfiltro.

Se você também não conhece o Deadpool e está a fim de um filme que é 100% diversão, corre para o cinema! Mas não sem antes assistir o trailer…

 

peideiesai

 

AssinaturaPamella

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s