Pense Nisso: #SeuCabeloSuaEscolha

Hey pessoas!! Como vão??

 

Que tal aproveitarmos hoje, dia internacional da mulher, para falarmos um pouco sobre nossa relação com uma das coisas que mais definem a nossa identidade: o nosso cabelo?

Toda mulher, vaidosa ou não, tem uma relação íntima com seu cabelo. É dele que é feita grande parte da nossa personalidade. É nele, ou até no desapego com ele, que está contida grande parte da nossa força. Então, já que nosso cabelo é tão importante para nós, por que deixamos que as outras pessoas decidam o que podemos ou não podemos fazer com ele?

Pensando nisso, e mais uma vez arrasando no marketing, a Dove lançou a campanha “Seu Cabelo, Sua Escolha”, que consiste em um vídeo onde mulheres contam como a sociedade pode ser cruel e como pessoas que não têm nada a ver com a sua vida se acham no direito de ditar regras de como seu cabelo deve ser.

Quer se identificar? Então assiste:

 

Se você tem cabelo cacheado, te falam para alisar.

Se você tem cabelo alisado, te falam para assumir os cachos.

Se você tinge os cabelos brancos, falam que fica artificial  te mandam parar.

Se você assume os cabelos brancos, te chamam de relaxada.

Se você ousa e usa os cabelos coloridos, te acham louca e rebelde.

Se você se você tem os cabelos de cor e corte comuns, te chamam de careta e mandam ousar mais.

Se você tem cabelo curto, você não é feminina.

Se ele é muito longo, você é apegada demais.

Negra não pode ter cabelo liso, japonesa não pode ser loira, negra loira, então…

seucabelosuaescola

Chega, chega, chega, CHE-GA!

Nunca, em meus 26 anos de vida eu entendi como alguém que não nasceu na minha pele, não mora dentro da minha cabeça e não vive a minha vida se acha no direito de me dizer como meu cabelo deve ser.

Pior: como a maneira que eu uso meu cabelo pode definir o quão qualificada eu sou para determinado trabalho ou função? O que uma coisa tem realmente a ver com a outra?

Quando eu dei inicio ao meu #ProjetoChegadeChapinha e decidi que era hora de assumir meu cabelo cacheado, recebi muito apoio da minha família e amigos. Mas é claro que houve quem torcesse o nariz porque meu cabelo natural é cheio de cachinhos e não faz o tipo que cresce para baixo e comportado. Ele cresce para cima e para os lados de um modo descontrolado… E eu estou adorando isso…

O que não significa, por exemplo, que eu não faria uma chapinha hoje se sentisse vontade, ou que eu não pudesse mudar de ideia e alisá-lo novamente.

Vejam bem, minha decisão de deixar meu cabelo natural está sendo apenas um experimento, estou testando se eu consigo me adaptar a ele, o que eu nem deveria ter de fazer, só que lá atrás quando eu era uma criança, lá veio a maldita sociedade e enfiou na minha cabeça que meu cabelo era ruim, aí eu alisei.

E o melhor é que você não precisa nem se intitular uma feminista para aderir a este movimento. Basta que você tenha consciência de que o corpo é seu e quem decide o que fazer com ele é você. Basta que você tenha consciência de que já é hora de mudar o poder que a opinião da sociedade exerce sobre a maneira que nos enxergamos. Basta tomar para si o controle da sua vida, a começar pela sua aparência.

O empoderamento começa quando você ama e respeita a mulher que vê todos os dias te encarando no espelho… 😉

Campanha-Dove-Seu-Cabelo-Sua-escolha-III

 

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2

 

Anúncios

9 comentários sobre “Pense Nisso: #SeuCabeloSuaEscolha

  1. Jubs, o que mais amei nesse post – e no vídeo da Dove – foi a liberdade!
    Em alguns momentos desse movimento de “se assumir”, vi meninas, conhecidas até, criando grupos que deveriam ser de apoio para quem queria assumir o cabelo natural mas que, na verdade, acabava sendo uma imposição de ideias. É quase como se quisessem tanto a liberdade que a virassem do avesso e começassem a limitar de novo, sem perceber. Entende? Por isso, fico bem feliz de ver um vídeo e um post tão simples, claros e diretos, defendendo a liberdade, liberdade 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  2. Bom dia!!! Lindo post , você disse a mais pura verdade.
    Eu por muitos anos alisava meu cabelo, eu acha ele horrível ao natural. Pois cresci ouvindo palavras desagradáveis em relação a ele. E quando eu demorava para alisar ele, me sentia feia.
    De quatros irmãs o meu cabelo é o mas afro, imagina isso na cabeça de uma criança? Sempre fui a mas tímida me sentia a mas feia e todos e muitas coisas contribuía com isso.
    Mas foi através do meu sonho de se tornar cabeleireira que minha vida mudou e junto meus pensamentos. Me formei faz 2 anos e desde então eu me sentia na obrigação de mudar radical. Pintei o cabelo, mas continuei alisando, faz 6 meses mudei radical… Parei de alisar meu cabelo e cortei para tirar toda química.

    Nossa!!!! Me libertei na real, hoje eu me sinto muito mas segura. Eu me acho muito mas bonita e hoje eu realmente me aceito com eu sou. E na real…não penso em alisar mas meu cabelo, pois essa sou eu de verdade rsrsrsrs. Aprendir a me amar essa é a palavra.
    Devermos fazer o que nos faz felizes e nada mas.
    Beijos!!!
    Tenha um lindo dia e parabéns pelo blog.
    Fica com Deus🙏

    Curtido por 1 pessoa

    • E o pior é que a essa história que você contou sobre seu cabelo é semelhante à minha e à de milhares de cacheadas por aí, que crescem ouvindo que seu cabelo é “ruim”.
      É como diz uma música do Emicida: “Ruim pra quem? Ruim pra quê?”
      Ainda bem que os tempos estão mudando e cada vez mais mulheres estão despertando para a verdade de que cada uma de nós é dona de nossos corpos e podemos fazer o que quisermos com eles! 😉
      Beijos e que você curta cada vez mais esse seu cabelo lindo! ❤

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s