Livros: Halloween

Hey people, aqui é a Pâmella!

 

Aproveitando todo esse clima de Halloween e terror no ar, o L’Explorateur vai listar pra vocês os melhores livros de terror para quem curte essa vibe. Eu particularmente, não amo de paixão livros e filmes de terror mas confesso que eles me atraem e quando eu começo a ler, por mais que me dê um pouquinho de medo, eu não consigo parar, eu fico ansiosa e quero saber o que vai acontecer, qual vai ser o próximo acontecimento suspeito, qual vai ser a próxima morte, a próxima possessão. Eu acabo me empolgando. 😀

Então, aproveitando que eu estou empolgada com um livro que eu estou lendo (em breve tem resenha pra vocês), aqui vai uma lista com os 5 melhores livros de terror na minha humilde opinião. Confere aí:

 

1 – Stephen King – A Coisa

It_OK

“Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e… do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry.
Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em It : A Coisa, clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.”

Esse cara é o mestre do terror, todos os livros dele fazem o maior sucesso e ele consegue ser realmente assustador.

 

2 – Willian Peter Blatty – O Exorcista

Uma obra que mudou a cultura pop para sempre, O Exorcista é o livro que deu origem ao maior filme de terror do século XX. Quatro décadas após chocar o mundo inteiro, a obra-prima de William Peter Blatty permanece uma metáfora moderna para o combate entre a fé e o profano em forma de um dos romances mais macabros já escritos.

Não tem muito o que dizer sobre esse livro, clássico é clássico! ❤

3 – Neil Gaiman – Coraline

CORALINE

Coraline (e NÃO “Caroline”, como ela mesmo diz inflexivelmente) acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, consegue abrir uma porta na sala de visitas de casa que sempre estivera trancada e descobre um caminho para um misterioso apartamento “vazio” no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” completo mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.”

Por mais que seja um livro infantil de terror, eu sou apaixonada por essa história e o filme é a coisa mais fofa do mundo. Tá, eu sei que é um filme de terror mas é fofo! ❤

4- Sarah Lotz – Os Três

Os-Tres

“Quinta feira negra. O dia que nunca sera esquecido. O dia em que quatro aviões caem, quase no mesmo instante, em quatro pontos diferentes do mundo. Ha apenas quatro sobreviventes. Três são criancas. Elas emergem dos destroços aparentemente ilesas, mas sofreram uma transformação. A quarta sobrevivente é Pamela May Donald, que só vive tempo suficiente para deixar um alerta em seu celular que mudará completamente o mundo:
Eles estão aqui. O menino. O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas… Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. Pastor Len, avise a eles que o menino, não é para ele … ”

Esse livro se tornou uma paixão, super me apaixonei por ele, e já falei dele aqui.

5- André Vianco – Os Sete

4

“Uma caravela portuguesa de cinco séculos é resgatada de um naufrágio no litoral brasileiro. Dentro dela, uma misteriosa caixa de prata esconde um segredo: sete cadáveres aprisionados, acusados de bruxaria. Apesar das advertências grafadas no objeto de prata, a equipe do Departamento de História da Universidade Soares de Porto Alegre decide violar a caixa para estudar os corpos. Afinal, que perigo poderiam oferecer aqueles sete cadáveres? Nenhum. Mas depois que o primeiro deles acorda…”

Quem foi que disse que autor brasileiro não consegue fazer terror? Imaginem vocês estar lendo uma história com vampiros e mortes assustadores e mudanças climáticas inexplicáveis tudo acontecendo aqui, em São Paulo? Você conhece as ruas que são citadas no livro, você se sente realmente parte da história e, sabe o mais legal? André Vianco conversa com você, caro leitor, no meio do livro. O que te faz ficar cada vez mais envolvido… ❤

É isso people, bora começar a ler um pouco de terror para comemorar esse Dias das Bruxas. 😉

ibt7vgif terror

AssinaturaPamella

Barulho: Adele – Hello

Hey people, aqui é a Pâmella!

 

Antes de começar, eu queria só dizer uma coisinha sobre essa nova música e essa maravilha de cantora: ABAIXA QUE É TIRO!!!!!!!

Eu sou super apaixonada por Adele, acho ela a Diva da bad, Lana Del Rey que me perdoe mas, Adele é Adele né, querida? Depois de esperar o que me pareceu ser uma eternidade, eis que ela surge com essa música super destruidora, com o mesmo jeito suave de cantar e encantar. Adele escreveu uma carta aberta super fofa no seu twitter nos últimos dias, dá uma olhada:

Carta Adele
” Quando eu tinha 7 anos, eu queria ter 8. Quando eu tinha 8, queria ter 12. Quando eu completei 12, queria ter 18. Após isso, eu parei de querer ficar mais velha. Agora digo que tenho entre 16 e 24 só para ver se passo despercebida! Eu sinto que passei minha vida inteira até agora desejando algumas coisas. Sempre desejando ficar mais velha, desejando estar em outro lugar, desejando lembrar e desejando esquecer também. Eu sinto que passei minha vida toda até agora querendo isso. Sempre desejando que eu fosse mais velha, desejando que eu estivesse em algum lugar, desejando poder lembrar e poder esquecer também. Desejando que eu não tivesse arruinado tantas coisas boas porque eu estava assustada e entediada. Desejando que eu não fosse tão certinha toda hora. Desejando que eu tivesse conhecido melhor minha bisavó, e querendo que eu não me conhecesse tão bem, porque isso significa que eu sempre vou saber o que vai acontecer. Desejando não ter cortado meu cabelo, querendo ter 1,70m. Desejando que eu tivesse esperado e desejando que eu tivesse me apressado também. Meu último CD foi um sobre término e se eu tivesse que definir esse seria sobre reconciliar. Eu estou fazendo as pazes comigo mesma. Recuperando o tempo perdido. Compensando tudo o que eu fiz e o que eu não fiz. Mas eu não tive tempo para me agarrar ao passado como eu fazia antes. O que está feito, está feito. Completar 25 anos foi um ponto de transformação para mim, bem no meio dos meus 20 anos. Oscilando entre o final da minha velha adolescência e da minha vida completamente adulta. Eu tomei a decisão de ser quem eu serei para sempre, sem encher um caminhão de mudanças com as minhas antiguidades. Eu sinto falta de tudo sobre meu passado, as coisas boas e as ruins, mas só porque elas não irão voltar. Quando eu estava lá, eu queria sair. Tão típico! É sobre ser uma adolescente, saindo por aí e falando merda, sem ligar para o futuro porque isso não importava tanto quanto importa agora. A habilidade de ser irreverente sobre tudo e não ter consequência. Até mesmo seguir ou quebrar as regras… Que é bem melhor que fazê-las.

’25′ é sobre conhecer quem eu me tornei sem nem me tocar disso. E me desculpem ter demorado tanto tempo, mas sabe, acontece.
Com amor, Adele.”

Tudo bem, Adele querida, a gente te desculpa. Pelo menos eu te desculpo!

Depois dessa carta, começaram a surgir especulações sobre quando o novo cd seria lançado e como seria até que veio a data, anotem na agenda ai, galerinha: 25 de Novembro de 2015. E, para nos dar um gostinho do que vem por aí, na última sexta-feira, no meio da madrugada (coisa que todos aprenderam com a Sra. Beyoncé Knowles-Carter), ela lançou o novo single com clipe: Hello.

10632015_1681670148724352_289568084_a

Olha o lacre que tá essa capa *-*

Adele também divulgou o tracklist do seu novo cd:

1. Hello
2. Send My Love (To Your New Lover)
3. I Miss You
4. When We Were Young
5. Remedy
6. Water Under The Bridge
7. River Lea
8. Love In The Dark
9. Million Years Ago
10. All I Ask
11. Sweetest Devotion

Agora, sem mais delongas, ouçam o lacre que é Hello:

Olá

“Olá, sou eu/Eu estava me perguntando se depois de todos esses anos/Você gostaria de encontrar, para falarmos sobre tudo/Eles dizem que o tempo deveria te curar/Mas eu não me curei nem um pouco

Olá, você pode me ouvir?/Estou na Califórnia sonhando sobre quem costumávamos ser/Quando éramos mais jovens e livres/Eu esqueci como era antes do mundo cair aos nossos pés

Há uma diferença entre nós/E um milhão de milhas

Olá do outro lado mundo/Eu devo ter ligado mil vezes para te falar/Me desculpe por tudo que eu fiz/Mas quando eu ligo parece que você nunca está em casa

Olá do outro lado da linha/Pelo menos eu posso dizer que eu tentei te dizer/Me desculpe por partir seu coração/Mas não importa, claramente isso não te machuca mais

Olá, como vai?/É tão típico de mim falar sobre mim mesma/Me desculpe, espero que esteja bem/Você conseguiu sair daquela cidade
Onde nada nunca acontecia?

Não é segredo/Que nós dois estamos ficando sem tempo

Olá do outro lado do mundo/Eu devo ter ligado mil vezes para te falar/Me desculpe por tudo que eu fiz/Mas quando eu ligo parece que você nunca está em casa

Olá do outro lado da linha/Pelo menos eu posso dizer que eu tentei te dizer/Me desculpe por partir seu coração/Mas não importa, claramente isso não te machuca mais

Olá do outro lado do mundo/Eu devo ter ligado mil vezes para te falar/Me desculpe por tudo que eu fiz/Mas quando eu ligo parece que você nunca está em casa

Olá do outro lado da linha/Pelo menos eu posso dizer que eu tentei te dizer/Me desculpe por partir seu coração/Mas não importa, claramente isso não te machuca mais”

CRn3WlqUkAA36WF

Já estou esperando ansiosamente a bad bater quando esse cd for lançado, já consigo até me ver ouvindo a música no último volume, uma garrafa de vinho e várias lagrimas. kkkkkkkkk

A senhora está de parabéns Senhora Adele!

giphy (1)

AssinaturaPamella

Inspiração: Decoração para Halloween

Hey pessoas!! Como vão??

 

Seguindo nossa semana especial do Halloween, hoje eu trouxe para vocês algumas ideias bem legais de decoração que eu encontrei no Pinterest para quem vai entrar no clima dessa data tão divertida (para aqueles que tem humor, lógico).

 

Decoração para Halloween

halloween01

Essa luminária é hiper fácil de fazer e muito fofa, né? Encontrei neste pin aqui que te direciona para um site em inglês, mas não precisa ser fluente no idioma para entender como faz. É só pegar aquele pisca-pisca que só iria ser usado no Natal e fazer “fantasminhas” com copos descartáveis e aqueles olhinhos que se encontra em lojas de artesanato. Se não encontrar os olhinhos, você pode tentar desenhá-los nos copos usando um marcador permanente. 😉

 

halloween02

Ainda usando um marcador permanente, você pode desenhar monstros e fantasmas em bexigas e espalhá-las pela casa como neste pin aqui. Você pode ainda desenhar um par de asas de morcego em uma cartolina preta e prendê-la em uma bexiga também preta para complementar sua decoração…

 

halloween03

Morceguinhos feitos de rolo de papel!!!!!!! Muito fofos, né? Basta pintar os rolos de preto, fazer as asinhas com cartolina preta e colar olhinhos… A ideia veio deste pin aqui.

 

halloween04

Congelando água em uma luva de borracha você tem esse gelo em forma de mão que, além de ser uma ideia criativa, ainda mantém sua bebida gelada! Deste pin aqui.

 

halloween05

E para que serve uma bela decoração de Halloween se você não fizer uma festa para chamar os amigos? Se for fazer isso, experimente servir essa mousse de fantasminhas que eu achei neste pin. Garantia de sucesso! 😉

 

halloween06

E usando cartolina preta, velas e arame, como eu aprendi neste pin aqui, você consegue essas sombras sinistras para decorar sua festa! De arrepiar!

 

halloween07

Se você mora em São Paulo, pode dar um pulinho na 25 de Março e encontrar essas aranhas para colar pelas paredes da sua casa e espalhar pela mesa da sua festa.

 

halloween08

Teias de aranha feitas com saco de lixo! Apenas genial! Encontrado neste pin aqui.

 

halloween09

E para encerrar, o meu pin favorito: 33 dicas do Buzzfeed para fazer uma festa de Halloween com o tema “Harry Potter”, não é o máximo? Clique aqui para ver este pin.

 

Pronto, acho que a partir dessas inspirações dá pra ter umas ideias bem maneiras e fazer uma festa de Halloween de arrepiar, né?

 

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2

 

Top 5: Halloween

Hey pessoas!! Como vão??

 

Sábado comemoramos mais um Dia das Bruxas e para ajudar a entrar no clima, o L’Explorateur traz para vocês 5 clipes com o tema mais assustador do ano e que, de quebra, podem acabar te rendendo uma bela inspiração para sua fantasia, caso você tenha alguma festa para ir! 😉

E tem de tudo, dos clipes mais assustadores até os meio engraçados, isso claro, sem esquecer dos clássicos… Bora lá levar um sustinho??

 

1 – Michael Jackson – Thriller

 

2 – Backstreet Boys – Everybody

 

3 – Pitty – De Você

 

4 – Marylin Manson – This is Halloween

Essa música é a trilha sonora do filme “O Estranho Mundo de Jack” e foi regravada pelo Marilyn Manson, que conseguiu deixá-la mais sinistra!

 

5 – Blink 182 – I Miss You

Quem conhece a letra dessa música sabe que eles mencionam o filme “O Estranho Mundo de Jack”, sobre o qual falamos acima, na letra. Pra quem não conhece, é só clicar aqui e sair cantando.

 

Afff, na real, detesto coisas de terror e a sensação de medinho que elas deixam, mas devo confessar que adoro a estética dark do Halloween, hahaha!

E se você também curte Halloween, fique ligado nos posts dessa semana porque eles terão esse tema, beleza? Ah! Mais uma coisa! Nada de sair maltratando gatinhos pretos por aí nesse Dia das Bruxas, hein! Gatinhos pretos são lindos e não merecem ser associados a coisas ruins! Isso é crendice boba do povo!

 

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2

Livros: A Elite e Contos da Seleção

Hey pessoas!! Como vão??

 

Há duas semanas eu contei pra vocês (em um post enooorme) um pouco da minha recém-descoberta paixão pela saga A Seleção de Kiera Cass.

Hoje, em uma resenha dupla, vim falar sobre a sequência dessa história linda que encantou a mim e várias outras pessoas ao redor do mundo… O primeiro livro de que falaremos é A Elite, o segundo da saga, depois, conheceremos os Contos da Seleção, que é uma espécie de spin off que a Kiera criou para os fãs enquanto não lançava A Escolha, o aguardado desfecho da série.

 

A Elite

DSC02546

“A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda, ela sente que é nele que está o seu conforto. Porém, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher.”

Contos da Seleção

DSC02545

“Antes de America chegar ao palácio, já havia outra garota na vida do príncipe Maxon. O conto O príncipe não só proporciona um vislumbre das reflexões de Maxon nos dias que antecedem a Seleção, como também revela mais um pouco sobre a família real e as dinâmicas internas do palácio. Descobrimos como era a vida do príncipe antes da competição, suas expectativas e inseguranças, assim como suas primeiras impressões quando as trinta e cinco garotas chegam.
Para America, a vida antes da Seleção também era muito diferente. A começar pelo fato de que ela estava completamente apaixonada por um garoto chamado Aspen Leger. Criado como um Seis, ele nunca imaginou que acabaria se tornando membro da guarda do palácio. Em O guarda, acompanhamos Aspen a partir do momento que o grupo de trinta e cinco garotas da Seleção é reduzido para a Elite, conhecemos sua rotina dentro das paredes da casa da família real – e as verdades sobre esse mundo que America nunca chegou a conhecer. “

Quando comecei a ler A Elite, meu maior medo era que o livro fosse chato e a história ficasse numa enrolação para poder chegar logo ao final, quando Maxon iria escolher com qual das garotas que sobraram ele iria ficar. Só que a Kiera amarrou essa história de uma maneira tão incrível que A Elite acabou sendo tão envolvente que me fez devorar o livro ainda mais rápido do que o primeiro.

Nesta parte da história, sabemos que America começou a sentir algo mais do que apenas amizade pelo príncipe Maxon, só que, com a chegada de Aspen (seu antigo namorado) ao palácio para trabalhar como guarda, as coisas começam a ficar mais confusas do que já estavam. America está mais dividida do que nunca e, para ajudar a completar a confusão, o príncipe parece estar se interessando por outras garotas da Elite, o que desperta ciúmes e insegurança em America.

Enquanto isso, Aspen está sempre por perto, tentando provar que ainda merece o amor de America a cada oportunidade que surge e Maxon dá umas pisadas de bola que põem em dúvida seu caráter e se vale a pena America abdicar de sua vida e tudo o que conhece para ficar com ele e virar princesa. Esse livro poderia ser só uma ponte para chegarmos ao final da história, mas tem uns babados tão fortes que, sério, é quase impossível parar de ler. E para completar, Kiera aproveita o livro para no dar mais detalhes políticos sobre a história das castas em Iléa e mostrar uma face, até então, oculta do rei Clarkson.

DSC02547

Já em Contos da Seleção, temos dois contos que mostram uma outra perspectiva da história. No conto O Príncipe, vemos um pouco da história o primeiro livro pela perspectiva de Maxon e descobrimos que ele não está mais confortável com a Seleção do que as garotas que passam por ela, afinal, ele é quem vai ter que escolher a vencedora. Descobrimos também, que havia outra pessoa na vida do príncipe antes de America e que a vida no palácio, assim como a relação dele com seu pai, não é nada daquilo que parece.

Em O Guarda, temos parte da história de A Elite contada através da perspectiva de Aspen e acabamos descobrindo o que se passa na cabeça dele, enquanto tem que ver America todos os dias no palácio se aproximando cada vez mais do príncipe. Descobrimos também o que ele sentiu quando teve que abrir mão dela para que ela fosse para a Seleção e conhecemos um pouco mais da personalidade dele, que é um dos personagens mais importantes da trama, mas que eu sinto que foi um pouco negligenciado pela Kiera.

O livro também conta com extras como uma entrevista com a autora, a árvore genealógica de America, Maxon e Aspen, uma lista completa das castas, os três primeiros capítulos de A Escolha e duas playlists: uma para o primeiro e outra para o segundo livro. Ou seja, para os fãs da série como eu, é um prato fartíssimo para mergulhar de cabeça nesse universo. 😉

E, antes que eu me estenda mais falando sobre essa história incrível, vou parando por aqui. E, como já é de praxe, vejam abaixo o meu nível de amor por esses livros:

5corações

Apenas muito amor!! ❤

Para comprar A Elite, clique aqui.

Para comprar Contos da Seleção, clique aqui.

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2

Top 5: Na Escola

Hey pessoas !! Como vão??

 

Semana passada tivemos um Top 5 em homenagem ao dia das crianças e na mesma semana, comemoramos também o dia do professor. Aí foi facinho ligar uma coisa à outra e hoje, em uma homenagem atrasada, porém sincera, à profissão mais importante do mundo, pois dá origem às outras profissões, temos pra vocês um Top 5 com clipes bem bacaninhas que se passam na escola!!

Então bora lá, que o sinal já tocou!!

 

1 – Britney Spears – Baby One More Time

Cláááássico dos clássicos pra abrir com chave de ouro nossa singela homenagem ao dia dos professores…

 

2 – Jessie J – Who’s Laughing Now?

Bullying é parte da vida de muita gente durante os anos da escola. Aqui, a Jessie J conta um pouco do que sofreu durante a infância e como deu a volta por cima! 😉

 

3 – Paramore – Misery Bussiness

Hayley ❤

 

4 – P!nk – Don’t Let Me Get Me

Amo muito essa música!! E o mais irônico é que ela me lembra justamente os meus tempos de escola…

 

5 – blink 182 – Josie

Banda dos meus tempos de escola + clipe na escola = sucesso!!

 

Gente! Foi muito difícil chegar nesses 5 clipes porque tinha tantos outros legais para por nessa playlist! Alguém aí lembra de mais algum?

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2

Barulho: Anitta – Bang

Hey pessoas!! Como vão??

 

Não. Vocês não estão lendo errado. O Barulho de hoje é com ela sim, a amada e odiada, a meiga e abusada Anitta!!

Eu vou começar esse post deixando duas coisas bem claras aqui: primeiro, depois que “Show das Poderosas” estourou, pelo simples fato de a música não ter nada a ver comigo (e porque eu gosto de ser do contra 🙂 ) eu não procurei ouvir nada da Anitta porque nada que ela lançava nunca me chamava a atenção. Em segundo lugar, eu gosto muito de música e sei dar o braço a torcer e reconhecer quando um artista que eu não curto faz um bom trabalho…

Dito isso, vocês já ouviram a música nova da Anitta?

 

 

Toda trabalhada na art pop e quadrinhos, posso dizer que fiquei um pouco impressionada com o fato de ter curtido…

A coreografia tá legal, o figurino e a estética do clipe também. A música é legalzinha e fácil de aprender, depois de 5 segundos que ouvi, já estava cantarolando. Mas, pra mim, o ponto alto mesmo foi o fato de ela ter evoluído um pouco e se encontrado em um pop que em nada lembra a Anitta de 2013/2014…

Acho super válido um artista que se reinventa e ousa sair da sua zona de conforto. Gostei de ver um clipe brasileiro com efeitos que não deixam nada a desejar com relação aos clipes gringos. Já vi muito clipe de artistas como Ariana Grande com efeitinhos bem bosta e gostei porque o da Anitta foi bem feito sim!

Fora que, não sei se vocês conseguiram identificar umas referências na coreografia…

anitta1

 

bey1

Oooopa… Acho que alguém já fez isso…

Não quero dizer com isso que agora amo a Anitta de paixão e virei fã, mas, acho importante abrir a cabeça e saber reconhecer um bom trabalho quando vejo um, então, posso dizer com toda a certeza que a respeito um pouco mais agora…

Tanto que, fiquei sabendo que o álbum novo vazou. Aí vou dar uma ouvida e, se for bacana, quem sabe, falar sobre ele por aqui??

E vocês, o que acharam do clipe novo? Já se surpreenderam ao se pegarem gostando de algo que nunca imaginaram gostar?

 

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2