E agora, o que ler?

Hey People!!

 

Eu sei que vocês estão sem resenhas esses dias, por isso eu vim pedir a ajuda de vocês. Como boa viciada em livros que sou, eu vou comprando e comprando, e nunca vou lendo nada do que eu compro, por isso vocês que vão escolher a próxima resenha! 😀

Aí vocês vão me perguntar: Mas Pâmella, como a gente vai escolher sem nem saber do que se trata o livro? Calma, eu vou deixar tudo mastigadinho pra vocês, dá uma olhada nas sinopses aqui embaixo:

download (4)“Não se iluda! Este não é um manual que vai transformá-la em uma mulher bem resolvida da noite para o dia. Sinto muito se essa era a sua intenção. A ideia é fazer você perceber que existem outras maneiras de enxergar e vivenciar a vida, mais originais e divertidas. O fato de você estar louca para ler este livro também não a faz uma mulher mal resolvida, alguém que precisa de lições para aprender como lidar com as situações mais diversas. Principalmente porque, antes de tudo, somos mulheres, e mesmo as mais bem resolvidas têm seus momentos de dúvida e desilusão, não é mesmo? Este livro é um bate-papo sincero, que não pretende impor posições ou criar estereótipos. São apenas os pontos de vista de alguém que adora tagarelar sobre a alma feminina. Você pode concordar ou discordar como sempre acontece em uma roda de amigos…”

download (5)“Como se fosse uma irmã mais velha, Fran Guarnieri, dá dicas de tudo que você precisa saber para ter uma vida independente.” Sim, a sinopse é só isso ¬¬’

download (6)“Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras – são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.”

download (7)“As melhores receitas do I Could Kill for Dessert, o maior site de confeitaria do Brasil, agora em suas mãos. Conheça toda a delicadeza de Danielle Noce em mais de 170 deliciosas receitas. Explicadas de maneira muito simples, elas são acompanhadas de belissimas fotos que ajudarão voce a montar prefeitamente o prato.” Esse daqui é aqui livro ‘dois em um’. Vai ter resenha e vai ter receitas… 😉

download (8)“Meredith e Nina Whiston são tão diferentes quanto duas irmãs podem ser. Uma ficou em casa para cuidar dos filhos e da família. A outra seguiu seus sonhos e viajou o mundo para tornar-se uma fotojornalista famosa. No entanto, com a doença de seu amado pai, as irmãs encontram-se novamente, agora ao lado de sua fria mãe, Anya, que, mesmo nesta situação, não consegue oferecer qualquer conforto às filhas.
A verdade é que Anya tem um motivo muito forte para ser assim distante: uma comovente história de amor que se estende por mais de 65 anos entre a gelada Leningrado da Segunda Guerra e o não menos frio Alasca. Para cumprir uma promessa ao pai em seu leito de morte, as irmãs Whiston deverão se esforçar e fazer com que a mãe lhes conte esta extraordinária história.
Meredith e Nina vão, finalmente, conhecer o passado secreto de sua mãe e descobrir uma verdade tão terrível que abalará o alicerce de sua família… E mudará tudo o que elas pensam que são.

“Difícil não rir um tanto e chorar ainda mais com a história de mãe e filhas que se descobrem no último momento. –  Publishers Weekly

A história que sua mãe conta é como nenhuma outra já ouvida por elas antes — uma história de amor cativante e misteriosa que dura mais de sessenta anos e parte da Leningrad congelada e devastada pela guerra até o Alasca, nos dias atuais. A obessão de Nina por esconder a verdade as levará a uma inesperada jornada ao passado de sua mãe, onde descobrirão um segredo tão chocante, que abala a estrutura da família e muda quem elas acreditam ser.”

download (9)“Georgie Mccool sabe que seu casamento está estagnado. Tem sido assim por um bom tempo. Ela ainda ama seu marido, Neal, e ele também a ama, profundamente – mas o relacionamento entre eles parece estar em segundo plano a essa altura. 
Talvez sempre esteve em segundo plano.
Dois dias antes da tão planejada viagem para passar o Natal com a família do marido em Omaha, Georgie diz a ele que não poderá ir, por conta de uma proposta de trabalho irrecusável. Ela sabia que ele ficaria chateado – Neal está sempre um pouco chateado com Georgie –, mas não a ponto de fazer as malas e viajar sozinho com as crianças.
Então, quando Neal e as filhas partem para o aeroporto, ela começa a se perguntar se finalmente conseguiu. Se finalmente arruinou tudo.
Mas Georgie estava prestes a descobrir algo inacreditável: uma maneira de se comunicar com Neal no passado. Não se trata de uma viagem no tempo, não exatamente, mas ela sente como se isso fosse uma oportunidade única para consertar o seu casamento – antes mesmo de acontecer…
Será que é isso mesmo o que ela deve fazer?
Ou ambos estariam melhor se o seu casamento jamais tivesse acontecido?”

download (10)“Já toquei aquilo lá uma ou duas vezes, pele com pele, mas desisti. Fiquei com nojo. Fiquei com nojo de mim. Eu tinha medo daquela parte do meu corpo e, convenhamos, ela fica num lugar convenientemente ignorável. Se não explorasse a área, não seria obrigada a descobrir se havia algo errado – ou certo – com aquilo lá.

Filha de psicólogos californianos liberais – o pai, especializado em sexualidade –, a norte-americana Mara Altman, como tantas jovens mulheres de sua geração Sex and the City, perdeu a virgindade aos dezessete anos. Mas, aos 26, nunca tinha experimentado um orgasmo. O que podia se perpetuar como uma frustração, no entanto, foi transformado em uma longa jornada em busca do prazer…

Altman estabeleceu como meta atingir seu primeiro orgasmo, e passou quase um ano pesquisando (pesquisa de campo, é claro) e escrevendo sobre suas experiências. Suas investigações foram tão vastas quanto são as maneiras de o ser humano se relacionar com o prazer sexual: entrevistas com sexólogos e gurus variados, convenções sobre sexo, visitas a clubes de sadomasoquismo, acampamento de masturbação coletiva, templos do prazer, aulas de sexo tântrico etc. O resultado é um livro franco e bem-humorado, cheio de uma doce intimidade, que divertirá a todos aqueles interessados em conhecer melhor a si mesmo e as possibilidades da satisfação sexual.”

Já deu pra pensar, né? Tem pra todos os gostos, dá pra agradar todo mundo (ou quase). Eu vou lendo os livros de acordo com o resultado da votação, então pensem bastante e escolham bem… 🙂

Boa votação e na próxima quinta, sai o resultado pra vocês!! 😀

AssinaturaPamella

Anúncios

2 comentários sobre “E agora, o que ler?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s