Musicais para Assistir Esse Final de Semana

Hey people!

 

Hoje eu vou fazer uma coisa diferente, não vou falar sobre livros, vou falar sobre filmes. Ou melhor, musicais! Sei que tem muita gente que acha chato de assistir ou babaquice, mas musicais têm sua beleza e eu tenho alguns preferidos.

Pra vocês, os seis musicais que você deve assistir antes de morrer. 😉

 

Os Miseráveis 

Adaptação de musical da Broadway, que por sua vez foi inspirado em clássica obra do escritor Victor Hugo. A história se passa em plena Revolução Francesa do século XIX. Jean Valjean (Hugh Jackman) rouba um pão para alimentar a irmã mais nova e acaba sendo preso por isso. Solto tempos depois, ele tentará recomeçar sua vida e se redimir. Ao mesmo tempo em que tenta fugir da perseguição do inspetor Javert (Russell Crowe).

Entendam que existem musicais que são INTEIROS cantados e outros que tem algumas músicas em certos momentos do filme, esse é um dos que são cantados do começo ao fim. A historia é perfeita e triste ao mesmo tempo. O filme é um drama e não tem como não se emocionar.

Esse filme pode ser cansativo, é muita música mas, pela historia, efeitos e a impecável atuação da Anne Hathaway (que ganhou o Oscar por esse filme), vale a pena conferir.

large” Aqui vai uma coisa sobre igualdade. Todo mundo é igual quando estão mortos! ” 

Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

Benjamin Barker (Johnny Depp) passou 15 anos afastado de Londres, após ser obrigado a deixar sua esposa e sua filha. Ele retorna à cidade ávido por vingança, agora usando a alcunha de Sweeney Todd. Logo ele decide ir à sua antiga barbearia, agora transformada em uma loja de fachada para vender as tortas feitas pela sra. Lovett (Helena Bonham Carter). Com o apoio dela, Todd volta a trabalhar como barbeiro, numa sala acima da loja. Porém o grande objetivo de Todd é se vingar do juiz Turpin (Alan Rickman), que o enviou para a Austrália sob falsas acusações para que pudesse roubar sua mulher Lucy (Laura Michelle Kelly) e sua filha.

Eu tenho um amor pelo Johnny Depp e tenho certeza de que não sou a única. Eu queria muito assistir esse filme e demorei quase uma vida pra fazer isso, até que eu assisti. Primeiramente, parece que todos os Comensais da Morte de Harry Potter estão nesse filme, temos uma verdadeira reunião com Alan Rickman (Severo Snape), Timothy Spall (Rabicho), Helena Bonham Carter (Bellatrix Lestrange), só faltou nosso amigo sem nariz, Tom Riddle. :’D :’D

O filme é meio triste, uma coisa que eu não entendo em musicais, por que tem que ser todos tristes? Não dá pra fazer um musical alegrinho não, produção?

Todo mundo sabe que o Tim Burton sempre coloca Helena Bonham e Johnny Depp juntos e nesse filme, eles estão espetaculares. O Johnny como cantor é ótimo, aliás, no que ele não é?

Sweeney-Todd-GIF-sweeney-todd-23094162-400-208‘ É Todd, agora. Sweeney Todd. E ele vai ter sua vingança ‘

 

Burlesque 

Ali (Christina Aguilera) deixou sua pequena cidade natal em busca do sucesso em Los Angeles. Logo ao chegar ela conhece a boate Burlesque, especializada em shows musicais de belas mulheres, que sempre se apresentam usando playback. O local é gerenciado por Tess (Cher), que nega uma chance a Ali. Ela insiste e consegue ser contratada como garçonete, graças à ajuda do balconista Jack (Cam Gigandet). Ali passa a acompanhar todos os shows, decorando as canções e coreografias. Quando Tess e seu braço-direito Sean (Stanley Tucci) realizam uma audição em busca de novas bailarinas, Ali aproveita a chance para mostrar do que é capaz.

Christina Aguilera e Cher, Cher e Christina Aguilera… O que dizer dessas duas? A forma como o filme foi feito, as musicas que foram escolhidas, o elenco, tudo é tão… Perfeito! Você se sente na historia e se põe no lugar da Ali afinal, quem nunca quis mudar de país, procurar algo melhor, sair em busca do “american dream”? Pois é, todo mundo!!

tumblr_mah3f7pxAK1r28yjno1_500

‘Eu sou uma boa garota’

É Christina, nós sabemos que você é uma boa garota… #SQN!

 

Show Bar (Coyote Ugly)

Violet Sanford (Piper Perabo), uma jovem de 21 anos, segue para Nova York com um sonho: tornar-se uma grande compositora de sucesso. Mas ela deixa suas aspirações profissionais de lado quando recebe uma proposta para trabalhar num show bar chamado Coyote Ugly, localizado em Manhattan. Até que, juntamente com um grupo de jovens mulheres sensuais, irá atormentar os clientes do local, com suas artimanhas e brincadeiras.

Eu não classificaria esse filme como um musical, mas é um filme com música, bastante música. Ele é bem antigo e é bastante divertido. Se não me falha a memória, foi nesse filme que a cantora Lian Rhymes estourou. Eu adoro todas as músicas do filme, todas mesmo. E esse é um filme alegrinho, quase uma comédia, quase!

O filme é tão bom que até a RiRi citou ele em uma das suas musicas: Cheers! 

‘ It’s getting Coyote Ugly up in here, no Tyra ‘ ♪

‘ Aqui está parecendo “Show Bar”, mas sem a Tyra ‘ ♫

 

Dream Girls – Em Busca de Um sonho 

Detroit, década de 60. Curtis Taylor Jr. (Jamie Foxx) é um vendedor de carros, que sonha em deixar seu nome marcado no mundo da música. Ele deseja abrir sua própria gravadora, mas ainda não tem o formato e o produto certo para vender ao público. Curtis encontra o que procura ao conhecer o grupo The Dreamettes, formado pelas cantoras Deena Jones (Beyoncé Knowles), Lorrell Robinson (Anika Noni Rose) e Effie White (Jennifer Hudson). Elas se apresentam em um show de talentos local, usando perucas baratas e vestidos feitos em casa. Suas vidas mudam quando Curtis, já seu agente, consegue que elas façam o backup do show de James “Thunder” Early (Eddie Murphy), o pioneiro de um novo som em Detroit. Posteriormente o grupo alça vôo solo, mudando de nome para The Dreams. Porém Curtis sabe que para alcançar o sucesso o grupo precisará apostar na beleza provocante e tímida de Deena, mesmo que tenha que deixar de lado a voz potente de Effie.

Esse filme, o que dizer sobre esse filme? Não tem explicação! O elenco é perfeito, as músicas são perfeitas, a história é F***! Isso sim é um músical estilo Broadway (tanto que é um musical da Broadway). Esse filme não é tão³ triste e mostra todo o lado negro da indústria musical, é bom pra pensar um pouco sobre tudo que acontece e ao que alguns cantores se sujeitam a fazer pra alcançar o sucesso.

tumblr_miqrnduaPV1qbshgko1_400

‘ Tudo que você tem que fazer é sonhar ‘ 

Moulin Rouge – Amor em Vermelho 

Christian (Ewan McGregor) é um jovem escritor que possui um dom para a poesia e que enfrenta seu pai para poder se mudar para o bairro boêmio de Montmartre, em Paris. Lá ele recebe o apoio de Henri de Toulouse-Latrec (John Leguizamo), que o ajuda a participar da vida social e cultural do local, que gira em torno do Moulin Rouge, uma boate que possui um mundo próprio de sexo, drogas, adrenalina e Can-Can. Ao visitar o local, Christian logo se apaixona por Satine (Nicole Kidman), a mais bela cortesã de Paris e estrela maior do Moulin Rouge. 

Eu sei todas as falas, todas as músicas, todas as cenas e até os erros de sequência de cór! Eu AMO esse filme, eu dou risada, eu choro, eu canto, eu vivo a história! Ela é linda e o universo deveria conhecer esse filme. A atuação da Nicole Kidman nesse filme tá de tirar o fôlego, mas a mulher é f*** em qualquer filme que faz mesmo e, ver ela cantando e atuando e sendo perfeita, tá demais. Só se preparem pra chorar, e muiiito com ele. Pegue a tua caixinha de lenços e boa sessão! 😀

tumblr_larmjcemgq1qchk4mo1_500

‘ Tudo que você precisa é amor ‘ 

Eu aprendi a gostar de tango por causa desse filme, necessariamente por causa dessa musica…

ROXANNEE !!!!! ♪♫

Preparem a pipoca e bom filme !

AssinaturaPamella

Livro: Eleanor e Park

Hey people…

 

Eu não sou do tipo que tem autor, banda ou seriado favorito… Eu vou lendo, ouvindo, assistindo e vou gostando. Simples assim!

Mas a Rainbow Rowell tá ganhando um espacinho lindo na minha estante.
O primeiro livro que eu li dela foi FanGirl (clique aqui pra saber sobre esse livro) e eu gostei muiiiiitoooo mesmo, com Eleanor e Park não foi diferente. Se eu pudesse descrever esse livro com uma música, com certeza seria O que é que tem – Jorge e Mateus, não tem forma melhor de descrever esse livro do que com essa música.

“E quando o sol chegar/A gente ama de novo/A gente liga pro povo, fala que ta namorando/E casa semana que vem. Deixa  o povo falar, o que é que tem?/Eu quero ser lembrado com você/Isso não é problema de ninguém…”

Eu sei que vocês querem saber mais sobre o livro, então…

 Eleanor & Park

71LkLmxqgjL

” Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.”

Gente, esse livro é lindo, triste e aborda alguns assuntos bem complicados, ele fala sobre o primeiro amor, bullying, drogas e violência doméstica. Pesado, né?

No finalzinho dele, eu senti uma pegada de John Green, onde o final foi totalmente inesperado. Na real, foi um final sem final, mas vamos à resenha!

eleanor_and_park_by_candy8496-d6uzxjp

 

Eleanor é uma menina ruiva, com sardas pelo corpo inteiro e gordinha que está começando numa nova escola, onde todos se conhecem há tempos e onde toda e qualquer pessoa diferente sofre algum tipo de preconceito. Ela vive com sua mãe, seus 4 irmãos e o padrasto (um péssimo padrasto) em condições deploráveis, sem comida, sem escovas de dente, sem roupas do seu próprio tamanho, sem privacidade (além de dividir o quarto com os irmãos, a casa onde eles vivem não tem porta no banheiro), sem ajuda de ninguém, o que faz com que ela se torne bastante distante e indiferente com o resto do mundo.

Sabe quando todo mundo pensa que seria ótimo que as escolas daqui fossem iguais as dos EUA? Eu só imagino a m**** que seria, porque os adolescentes daqui já são maldosos, se existissem armários, trocas de roupa pra educação física, bailes diversos, eu fico imaginando quantas pessoas iriam restar nos colégios!!

Park é um garoto mestiço, meio nerd, sossegado com a vida, praticante de artes marciais, meio rockeiro e diferente de todos os outros garotos da sua escola. Tem pais amorosos e um irmão mais novo, ele é meio que viciado em gibis e gravar musicas favoritas em fita cassete (saudades dessa época) e ele é capaz de mudar o mundo, ou pelo menos, tentar mudar o mundo!!

O livro é escrito de uma forma bem divertida, sabe aqueles livros em que cada capitulo é uma pessoa que conta sua parte da história? Esse livro é parecido, a diferença é que em um capitulo tem a opinião dos dois sobre o que está acontecendo no momento. É bem legal ver o ponto de vista dos dois personagens em um mesmo momento e o mais legal é quando a autora vai intercalando as sequências, dá um toque todo diferenciado à historia!

tumblr_ni7cxfCb1Y1qmxeato1_1280

 

A história fala da beleza do primeiro amor, de descobrir coisas e sentimentos novos, de querer aproveitar cada minuto com a outra pessoa, de fazer promessas, de viver como se o mundo girasse em torno do outro. Me fez lembrar como é se apaixonar, me fez lembrar do meu primeiro namorado e de como a gente achava que seria pra sempre e que o nosso amor não acabaria nunca.

Fala também sobre a violência doméstica e de como isso pode atingir toda uma família. O padrasto de Eleanor é um alcoólatra viciado em drogas e que adora espancar a esposa quando é contrariado, ele colocou ela pra fora de casa, e sua mãe deixou ela com os vizinhos durante UM ANO INTEIRO até poder aceitar ela de novo, sua mãe nunca pode comprar comida sem que seu marido deixe, fora os tapas que ela recebe no meio da noite e que faz com que todos os filhos queiram sumir ao ouvir os gritos da mãe. É um assunto complicado que somente quem vive esse tipo de coisa pode descrever como é ou porque da maioria não denunciar o agressor antes que seja tarde demais. O padrasto dela me faz pensar naquele filme “O Padrasto“. 

O livro é bem curtinho mas te faz viajar pra outra parte do universo, ou outra parte da tua vida e é gostoso de ler. Vale a pena ler esse livro e se divertir em poucas páginas.

“I’m the son and the heir…” ♪♫

Eu espero que essa música fique na tua cabeça da mesma forma que ficou na minha kkkkkkkk

Você pode comprar o livro clicando aqui.

AssinaturaPamella

Barulho: Clipe novo da Taylor Swift

Hey pessoas!! Como vão??

 

Ms. Taylor Swift lançou clipe novo há alguns dias atrás e após assisti-lo vim mostrar o clipe para aqueles que ainda não conheciam…

A música escolhida foi “Style” e eu confesso que fiquei meio decepcionada com a escolha, porque acho que existiam músicas melhores no álbum para ser single… Como a minha favorita “New Romantics”, por exemplo.

Anyway, Ms. Taylor escolheu “Style” e o resultado foi esse aqui:

Eu achei um belíssimo clipe, cheio de efeitos visuais bonitos e criativos e que foge do lugar comum do clipe com “historinha” que estamos acostumados a ver por aí.

A música é uma das que eu mais gosto do álbum e a letra e tradução você confere clicando aqui.

Dizem que ela escreveu para o Harry Styles do One Direction, sabiam? E eu não duvido…

E aí, gostaram do clipe?

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2

Etiqueta nas Redes Sociais

Hey pessoas!! Como vão??

 

Chegamos em um ponto da era moderna em que quase tudo é feito eletronicamente e todos estão conectados o tempo todo. Ter acesso à internet já não é mais tão difícil (mas ainda é caro) e cada vez mais as pessoas compartilham sua vida e seus momentos na rede, mas será que tem uma forma certa de fazer isso?

Para deixar bem claro, cada um é livre para fazer o que bem entender com seus perfis nas redes sociais, mas assim como na vida “real”, existem certas atitudes de boas maneiras que poderiam deixar tudo mais legal, né?

Outro ponto para se pensar é o “anonimato” que a internet oferece ou a falsa sensação de segurança, de que você pode simplesmente sair falando qualquer coisa para qualquer um e não vai haver consequência nenhuma. O que mais rola por aí, e todo mundo já viu isso, são pessoas ofendendo outras gratuitamente, seja por sua orientação sexual, opção política ou até mesmo uma foto não muito favorável. E você acha que esses agressores online se comportariam assim na vida real, gente? Claro que não, né! Mas como eles estão seguros atrás de uma tela de computador, acham que podem sair por aí impondo sua maneira de pensar ao resto do mundo.

Podem me chamar de chata, mas desde que as redes sociais surgiram, eu penso nelas como uma forma de manter contato com pessoas distantes, de compartilhar coisas legais que eu encontro por aí, coisas bonitas… E não penso nelas como “o show da Juliana”, sabe? Onde tudo é sobre mim, só se fala de mim e só há fotos minhas e é por isso que eu também não entendo aquelas pessoas que enchem nosso feed de selfies, porque, umas até podem estar bonitas, mas uma hora a gente cansa de só ver a cara da pessoa, né?

Ah, e o mais importante, galera: esse post não é sobre regras. É sobre sugestões de atitudes que poderiam deixar a internet mais legal para todos nós… Enfim, fiz uma pequena pesquisa e coloquei aqui algumas coisas que eu acho que deveriam ser senso comum na hora de lidar com as redes sociais, então vem ler e descobrir se você é um cyberchato

57130.78150-Redes-Sociais

  • Uma das coisas que mais me incomodam no Facebook é aquela pessoa que usa essa rede como muro das lamentações! Ok, a gente já entendeu, o bofe te largou. Mas que tal você postar falando sobre a linda viagem que você fez para superar ao invés de ficar postando frases depressivas e indiretas?
  • Tem também aquela pessoa insatisfeita com a política do país… Toda vez que eu vejo um post de alguém criticando o governo (não que eu esteja defendendo), eu penso: tá, mas o que você faz para melhorar? Ativistas de sofá são o ó! Legal mesmo é quem posta sugestões de soluções para os problemas do país, quem está fazendo de fato alguma coisa na vida real, tipo  trabalho voluntário…
  • Olha, eu amo meu cachorro! E amo outros animais também… Mas não é por isso que eu vou encher o feed dos meus amigos com fotos de bichos o tempo todo! Afinal de contas, você anda por aí nas ruas com o seu cachorro no colo falando para todo mundo “olha como ele é lindo”? O mesmo vale para fotos de crianças…
  • Muita calma na hora do check-in! Que tal você usar essa ferramenta para indicar lugares legais que você tenha visitado ao invés de marcar cada passo que você dá?
  • Eu preciso dizer o quanto é zoado curtir seu próprio post ou foto? Você se autoelogia na frente dos outros?
  • Que tipo de amigo é você, se só marca seus amigos caindo de bêbados na balada ou em fotos onde eles não saíram muito bem? Não faça com os outros o que você não gostaria que fizessem com você!
  • Sempre que puder, dê os parabéns pelo aniversário, nascimento de um filho ou formatura pelas redes sociais. Mas se o amigo for íntimo, o like ou comentário não substitui a necessidade de um telefonema, ou pelo menos uma mensagem privada mais caprichada!
  • Ainda na categoria “Ativistas de sofá”, não pago minha internet para ver você ficar postando fotos de pessoas mortas, animais mutilados ou cenas violentas! Se quer levantar bandeiras para essas causas, sai das redes sociais e vai fazer algo na vida real!
  • Então você é o beberrão, baladeiro da galera, é? Não está parecendo, visto que você mais posta sobre bebidas e baladas do que realmente sai para se divertir. Que tal chamar os amigos para sair, ao invés de ficar postando piadinhas bestas do tipo “fui tomar juízo mas só tinha vodka”, quando a gente sabe que você não aguenta nem xarope para tosse?

socialmedia2

  • #se#você#não#sabe#para#que#servem#as#hashtags#não#use! Eu vou explicar em um próximo post como fazer melhor uso dessa ferramenta mas, por ora, só vou dizer que é extremamente irritante quem usa hashtag desse jeito!
  • Uma boa parte das pessoas que te seguem sabem muito bem como é a sua cara… Então, que tal lembrar que o seu celular tem câmera traseira e não só frontal e tirar fotos de coisas interessantes que não sejam você, só pra variar?
  • Eu sou contra quem é contra postar fotos de comida! Hahahahaha!! Pode postar, galera! Mas não exagera e vê se dá uma produzidinha no prato, beleza?
  • Se for publicar uma foto que não é sua, dê o devido crédito! E se for compartilhar o status de alguém, curta antes, pois, também é uma forma de dar crédito…
  • Precisa falar o quanto é babaca a galera do “troco likes” e “sigo de volta”?
  • Comentários em fotos de amigos sobre pessoas que você não conhece também não é legal, ainda mais se for pra falar mal ou queimar o filme com coisas do tipo “é esse o cara de quem você está a fim, fulana?”
  • Todo mundo sabe que está chovendo, ou que está um calor infernal, ou que está um frio do caramba, ou que é sexta-feira, ou que é segunda-feira, não precisa ficar avisando, ok?
  • Eu tenho videogame em casa, então, não precisa se preocupar em me mandar solicitações de jogos, porque de tédio eu não morro, tá?
  • Ah, e por último, mas não menos importante, a vida não é uma competição para ver quem se diverte mais e tem mais coisas para postar. É ok todo mundo ter saído no final de semana enquanto você ficou de pijamas fazendo maratonas de séries. Experimenta fazer algo muito legal e não postar nada, guardar o momento na mente e no coração. 😉

socialmedia

E aí, tem alguma “regra” das redes sociais faltando?

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2

Top 5: Cantores

Hey pessoas!! Como vão??

 

Todo mundo recuperado do Carnaval?? Todo mundo já recuperou a dignidade perdida?? E a ressaca?? Passou??

Ótimo porque agora é back to business pra geral e para o L’Explorateur não seria diferente… Estamos de volta com conteúdo fresquinho! Só não prometo que será todos os dias porque meu notebook resolveu dar chilique e vai para a manutenção. E eu nem sei quando ele volta!!

Anyway, lembram que na semana anterior ao Carnaval vocês conheceram minhas 5 cantoras favoritas do momento? Então, dando continuidade ao tema, hoje vou compartilhar com vocês os 5 cantores que eu mais tenho escutado ultimamente ou escuto sempre. Bora lá?

 

1. Michael Jackson

Porque ele é eterno, porque ele foi vanguardista, criativo, talentoso, divo lacrador, voz de veludo, pé de valsa… Só por isso… MJ é MJ, #respect!

Ps: se vocês olharem minha foto aí ao lado vão ver que eu estou com uma caneca do MJ… 😉

 

2. Justin Timberlake

Se eu adoro o Michael Jackson, tenho que adorar o que ele tem de mais próximo de um substituto, né? Justin é lindo, simpático, talentoso e incrível… Morro de vontade de ver um show dele e morro de amores por essa “escorregadinha” do começo do clipe de “Suit & Tie”…

 

3. Bruno Mars

Olha… O que ele não tem de tamanho, compensa em voz… CANTA MUITO, BRASIL! E me ganhou de vez quando chamou o Red Hot Chili Peppers pra sua apresentação do Super bowl…

 

4. Tim Maia

Tim Maia é mito… Herança dos meus pais que eu acabei gostando mais do que eles, não só pela potência de sua voz, mas pela potência de sua personalidade…

 

5. Rob Thomas

O Rob me conquistou quando eu ainda era uma adolescente e ouvia pela primeira vez “Unwell” do Matchbox Twenty no rádio, depois veio “Smooth” com o Santana e eu caí de amores de uma vez…

 

Pronto!! Tenho que dizer que foi estranhamente mais fácil escolher 5 cantores do que foi escolher 5 cantoras e eu acabei percebendo que há mais vozes masculinas no meu ipod do que femininas… Vai entender, né?

E aí, quais são os cantores favoritos de vocês?

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2

Top 5: Se Joga na Folia!

Hey pessoas!! Como vão??

 

Ontem foi dia de Top 5 para quem estava fugindo da ferveção do Carnaval, só que como o L’Explorateur é um blog democrático, hoje, vamos listar 5 músicas para quem está a fim mesmo é de se jogar com força na folia!

As músicas a seguir vão servir para embalar desde seu churras com a galera até o esquenta para aquela balada top que você e sua gangue estão planejando para mais tarde!! Algumas são inspiradas nos ritmos do Carnaval, outras são para te botar para dançar e ajudar a suar todo o álcool que você vem ingerindo desde sexta-feira e outras apenas para curtir… 😉

E não importa se o seu negócio é trio, bloquinho ou balada, o importante é você lembrar que Carnaval é tempo de brincadeira e alegria, então, nada de sair por aí bebendo todas e arrumando confusão, transando sem camisinha com tudo o que aparecer pela frente e emporcalhando as ruas da cidade, combinado?

Então se joga!

 

1. Jorge Ben Jor – Taj Mahal

Tem coisa mais Carnaval do que o “teteretê” do refrão dessa música?? Não né??

 

2. Tim Maia – Não Quero Dinheiro (Só Quero Amar)

Duvido você não cantar essa daqui a plenos pulmões… Ainda mais se já tiver bebido umas e outras…

 

3. Forfun – Largo dos Leões

Nada mais carnavalesco do que uma música que lista na letra nomes de blocos de carnaval… E aí, no Largo dos Leões tá tendo bloco?

 

4. Mark Ronson feat. Bruno Mars – Uptown Funk

E se o seu negócio é badalar mas você está correndo de samba, te desafio a ficar parado enquanto ouve essa música… Fora que o próprio Bruno Mars parece estar se divertindo pra caramba no clipe…

 

5. Beyoncé – 7/11

“Don’t you drop that alchool!”, essa daqui vai servir de trilha sonora para a ferveção da balada.. 😉

 

E é isso… O feriado já está quase no fim mas ainda dá tempo de se divertir, né?

Por hoje é isso e happy Carnival!

balão2

Top 5: Anti-Carnaval

Hey pessoas!! Como vão??

 

E como diriam meus musos do Forfun, “céu na terra! Ih, é Carnaval”!!

Só que se você faz parte do time dos que acham que tem coisa muito melhor para se fazer em um feriado que acontece em pleno verão do que marchinhas e fantasias, se você detesta samba e axé e não quer passar nem perto de uma multidão de pessoas suadas e bêbadas festejando, essa playlist é para você…

A grande maioria da população do Brasil pode até estar pulando Carnaval, mas se o que você quer mesmo é aproveitar que é feriado para recarregar as energias e relaxar, as músicas a seguir vão servir perfeitamente como trilha sonora para o seu descanso, confere aí…

 

1. Bruno Mars – The Lazy Song

Preguiça, preguiça e mais preguiça!! Essa é para quem vai ficar em casa, jogado no sofá de buenas, sem culpa por não estar na ferveção… Hello feriado, aí vamos nós!!

 

2. Jack Johnson – Sitting, Waiting, Wishing

Essa daqui é para quem foi para o litoral mas se recusa a enfrentar a praia lotada e vai ficar aproveitando uma piscininha e uma rede de leve…

 

3. Cássia Eller – All Star

Fala sério, quer coisa mais relaxante do que a voz da Cássia Eller cantando assim docinho?

 

4. Forfun – Cósmica

Beira do mar (se a praia não estiver lotada), pôr do Sol e aquele amor de Carnaval que não passa da quarta-feira de cinzas… Dá o play nessa aqui e aproveita! 😉

 

5. Pitty  – Temporal

E para fechar com chave de ouro, essa linda música da Pitty para cantar junto, porque cantar também relaxa…

 

E é isso, post curtinho porque eu também quero aproveitar o feriado!

Por hoje é isso e keep exploring!

balão2