Livro: Toda Sua +18

Hey people!

 

Vamos aproveitar que está todo mundo esperando pela estreia de 50 Tons de Cinza em Fevereiro deste ano e falar sobre livros eróticos? 50 Tons foi a porta de entrada pra esse mundo todo sadomasoquista e erótico e eu não imaginava a quantidade de mulheres que iriam se interessar por esse tipo de livro, inclusive euzinha aqui!

Acho normal ter curiosidade sobre algumas coisas e querer experimentar e, alguns livros explicam e, por que não, dão muitas idéias pra se praticar…

Sendo assim, depois de ler 50 Tons, eu comprei outra trilogia que parecia ser legal, mas só parecia mesmo…

Toda Sua 

todasua

“Gideon Cross entrou na minha vida como um relâmpago na escuridão… Ele era inteligente, bem-sucedido, rico e muito lindo. Fiquei obcecada por ele como nunca tinha ficado por ninguém, por nada. Ansiava por seu toque como uma droga, mesmo sabendo que aquilo acabaria me destruindo. Eu tinha meus problemas, e ele fez com que viessem à tona muito facilmente. Gideon sabia. Ele também tinha seus problemas. E nós acabaríamos sendo o espelho que refletia os traumas e os desejos mais secretos do outro. Seu amor me transformou, e eu rezava para que nosso passado não nos separasse.”

Primeiro de tudo, quem é que se chama GIDEON??? Que porcaria de nome é esse? Eu não conseguia ler as cenas eróticas do livro porque a Eva ficava gritando ‘GIDEON, GIDEON, GIDEON ‘ e eu broxava… Perdia toda e qualquer graça pra mim. Acho que por ser um livro erótico, o nome do cara tinha que ser melhorzinho, quem é que fica feliz gritando Gideon? É a mesma coisa que gritar KLEVERSON na hora do sexo… É broxante! É a ‘calcinha bege’ dos nomes… Eu tinha uma tática pra prosseguir com a leitura, toda vez que eu lia o nome dele eu, automaticamente, mudava pra Cross na minha mente. É melhor imaginar Cross do que Gideon, vamos combinar né?

Mas vamos ao livro, essa é uma versão muito esculachada de 50 Tons. O cara é rico, tem um império e tem uma garota que vai trabalhar pra ele e, adivinhem? Se apaixona! A diferença aqui nesse livro, é que a Eva é totalmente diferente da Ana (viram que até os nomes tem um ‘quê’ de cópia?). Eva é louca, biscate, adora fazer sexo e tem um passado meio barra pesada, ela mora com um melhor amigo que não sabe se é gay ou bissexual.

1

Sério, eu gostaria de poder dizer que eu apreciei a leitura, mas a cada página eu via alguma coisa MUITO parecida com 50 tons e isso me incomodava. Uma coisa é você se inspirar, outra é você pegar uma história, fazer algumas alterações e achar que tá bom. Para colega, não tá legal!

Tem umas partes que são legais, os dois são tarados e a menina não fica esperando uma atitude do mocinho. Tem um romance que é bem mais interessante que em 50 tons porque tem mais segredos do passado dos dois a serem desvendados e resolvidos, tem muito mais complicação e menos cu doce enrolação.

Preciso falar sobre a Eva, ow mulherzinha tarada essa!! Ela gosta de provocar, tá que mulher não gosta? Mas ela esculacha, ela manda umas mensagens pro celular do Cross que te deixa meio que de boca aberta, o que acaba levando a outras coisas, se é que me entende 😉 kkkkkkkkkkkkkk. Ela gosta de sexo, ela gosta da sensação de perigo, de estar fazendo a coisa errada, no lugar errado e não se importar. Ela também é meio louca, ciumenta, possessiva… Em um universo paralelo, acredito que Eva e Christian ficam juntos e a Ana acaba ficando com o Cross, porque a semelhança entre eles é alarmante.

 3

Enfim… O desenrolar dos livros é interessante, a historia vai mudando, o passado dos dois está sempre por perto para atormentá-los e uma reviravolta acontece, onde eles não sabem o que fazer e como vão conseguir resolver os problemas que agora eles tem. Sylvia Day lançou, no final do ano passado, o quarto volume da coleção Crossfire. Eu ainda não comprei mas, apesar de não ter gostado muito dos livros que li até agora, quero saber como vai acabar essa historia…

Você pode comprar os livros desta série clicando aqui.

AssinaturaPamella

Anúncios

Um comentário sobre “Livro: Toda Sua +18

  1. Desculpa, mas discordo TOTALMENTE. Toda sua é umas mil veses melhor q 50 tons, primeiramente pq E.L. James não tem repertorio e Day criou uma história COMPLETAMENTE cativante com o romance dos protagonistas, tudo bem q a Eva é um pouco ousada as veses mas isso só mostra q ela é uma mulher confiante nesse sentido(por mais q ela tenha seus problemas). E vamos lá existe homem mais lindo q Gideon Cross?! Ah, e acho q a questao do nome é só uma questão do gosto… Q por falr nisso não se discute, pq cada um tem o seu. Mas achei legal vc ter essa opinião e mesmo assim querer continuar lendo a série. Bjks

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s